Governo de PE

08/11


2018

Temer tem interesse em embaixada, após mandato

No MDB, partido de Michel Temer, corre a informação de que o presidente teria interesse em ficar em alguma embaixada do Brasil, após deixar o Palácio do Planalto em 2019.

A embaixada desejada do emedebista seria a da Itália. Interlocutores de Michel Temer confirmaram ao blog a informação. No entanto, alguns integrantes do próprio partido dizem achar difícil a próxima legislatura do Senado aprovar o nome do presidente, já que ele é submetido a uma sabatina. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Luciano Hang, o Dono da Havan Que Gastou 12 Milhões nas Fake News de Bolsonaro no WhatsApp, Deve R$ 168 Milhões ao INSS!!!

marcos

UiUiUi, Na busca e apreensão realizada na Cobertura de Lula em São Bernardo, policiais federais encontraram notas fiscais de compras da obra do Sítio de Atibaia. Inclusive a nota fiscal da porta principal em nome do Engenheiro Frederico da odebrecht. Olha as PROVAS aparecendo!

Fernandes

QUERO VER SE O CAPITÃO JAIR FODÃO VAI TER CORAGEM DE VETAR O AUMENTO DE SALÁRIO DOS DOS JUÍZES COMO A PRESIDENTA DILMA FEZ

Fernandes

Já revirei o livro do Código Penal de cabo a rabo e não achei o artigo que diz que pedido de desculpas como fez Onix Lorenzetti anula crime Morotocracia

Fernandes

Apostando na imbecilização do brasileiro Bolsonaro, será internado dia 12, por lá fica, assume Mourão e o golpe militar estará dado


Governo de PE

Confira os últimos posts



13/11


2006

Enquete da OAB: Júlio lidera com 67% dos votos

Na primeira parcial da enquete, que trata da eleição para presidente da OBA-PE, o presidente e candidato à reeleição, Júlio Oliveira, sai na frente com 67% das intenções de voto, enquanto seu adversário Jaime Asfora tem 32%. Já votaram 167 leitores deste blog. Vamos votar, gente! A eleição será realizada na próxima quinta-feira.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

cidadão pernambucano

O Brasil não tem jeito mesmo não! De uma classe da qual se espera integridade, moralidade, respeito , culto à ética, não se sabe escolher seus representantes, que dirá do meu povo sofrido, que se encanta com o bolsa-família? O buraco está ficando cada vez mais fundo.

cidadão pernambucano

e é desse jeito, que ele irá se reeleger, admito. Revigora-se o Lobby, e a falta de compromisso com os advogados. Transparência? nem Pensar! A quem interessa isso? Daqui a quatro anos Julinho é deputado federal, mas já vai com pós-graduação em toda macaquice.

cidadão pernambucano

Tem funcionária na OAB que mata e morre pela Ordem. Mas não é por pouco. Ela ganha um salário de procurador do estado. Com direito a décimo quarto salário: R$6.000,00, é brincadeira? Lá não faz licitação pra nada, quem manda é o homem!

cidadão pernambucano

A turma de Julinho contrata e mobiliza pessoas só pra ficar participanndo dessa enquete, como eu soube a pouco. Assim fica fácil de ganhar. É desse jeito, mesquinho, que o presidante leva suas coisas. E uma classe onde a maioria não presta, ele tem legitimidade inquestionável.


Congresso Nordestino de Educação Médica

13/11


2006

Lula defende reeleição de Chávez na Venezuela

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira na Venezuela que o mesmo povo que o elegeu no Brasil irá reconduzir Hugo Chávez à Presidência daquele país. Lula participou hoje da inauguração da segunda Ponte sobre o rio Orinoco, na cidade de Guayana, ao lado de Chávez.

"O mesmo povo que me elegeu, elegeu [Néstor] Kirchner [na Argentina], elegeu Daniel Ortega [na Nicarágua] e elegeu Evo Morales [na Bolívia] e sem dúvida vai eleger o presidente da Venezuela", disse Lula na Venezuela.

Lula disse ainda que em seu segundo mandato vai trabalhar com muito "mais força" e com muito "mais ousadia" para consolidar a integração dos países da América Latina.

"Todos nós presidentes dos países da América do Sul e da América Latina precisamos trabalhar a integração como jamais trabalhamos. Temos que fazer uma interligação entre nossas estradas, temos de construir as ferrovias que precisam ser construídas, as empresas de petróleo de nossos países precisam trabalhar juntas, o Brasil precisa da Venezuela e a Venezuela precisa do Brasil", afirmou ele.

O brasileiro afirmou que manterá uma boa relação com Chávez em seu segundo mandato. "Não se incomode. De vez em quando tentam fazer intrigas entre nós, tentam criar divergências entre nós. Mas eu aprendi desde pequeno a conhecer as pessoas boas não apenas pelas palavras, mas pelos olhos e pelo coração, e eu acho que você, Chavéz, demonstrou ao povo da Venezuela de que é possível crescer economicamente fazendo justiça social, de que é possível desenvolver a economia de forma justa para que todos participem dela", finalizou.

O presidente brasileiro aproveitou o evento para fazer comparações entre a relação entre a mídia venezuelana com o governo e a brasileira. "Quando fui a Caracas e vi a televisão, voltei ao Brasil dizendo a mim mesmo que jamais havia visto meios de comunicação agredindo um presidente da República como você foi agredido. Jamais imaginei que isso poderia ocorrer no Brasil e ocorreu o mesmo, querido companheiro."

Repetindo a estratégia de sua campanha à reeleição no Brasil, Lula afirmou que "nunca houve um governo que se preocupasse tanto com os pobres" como Chávez. "Não tenho dúvida de que na Venezuela, há muitos e muitos anos, não havia um governo que se preocupasse tanto com os pobres como você se preocupa."

O petista afirmou ainda que Chávez é perseguido como ele pela elite. "Sei que aqui, como no Brasil, somos vítimas de pessoas que governaram o país durante séculos e séculos, e não aceitam que alguém que queira cuidar do povo e seja diferente". As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Raimundo Eleno dos Santos

Lula tem razão.Na imprensa, em qualquer parte do mundo, existem os mercenários das letras.Costmo dizer:SICÁRIO DAS LETRAS.Essa imprensa prega a discória, arma tricas e futricas.Não ama o país, ama o dinheiro.No sertão as pessoas dão o nome a esse gente de futuqué, enfuqueiro e ou embuaceiro.

Ricardo José Amorim Campos

Milton, o comentário foi tópico, em relacao ao politica externa para a AL. Chavez tem, inconteste, o poder aqui. MAnipula com todos, inclusive lula. Vou te pedir venia reiterar q lula é maniupaldo por chavez.

milton tenorio pinto junior

Ricardo,concordo com o perigo de uma ditadura,na Venezuela está mais proximo disso.Agora dizer que Lula é o bobo da corte,isso não é.Pergunte a Sergio Guerra,a Tasso e a Serra?!

renata lima

Essa refinaria é eleitoreira, só vai se falar nela de novo daqui há 2 anos quando estiver próximo das eleições para prefeito. Refinaria aposto como NÃO sai. Pobre Brasil e PE.

Ricardo José Amorim Campos

Ai meu Deus! Preparem-se: vem ai o Império Veremlho latino-americano. Chavez, o DD monarca e Lula, o bobo da corte.



13/11


2006

Joaquim: “Sou contra a expulsão de Geraldo Coelho”

O deputado federal Joaquim Francisco reafirmou hoje sua posição contrária à expulsão do deputado Gerado Coelho, como quer o presidente estadual do partido,  André de Paula, por ter o parlamentar petrolinense apoiado a candidatura de Eduardo Campos ao governo do Estado. Joaquim argumentou que episódios como esse ocorreram não só em Pernambuco, mas no Brasil inteiro, tendo havido muitas defecções, com muita gente do partido não apoiando Alckmin, e outros apoiando abertamente o presidente Lula.

 

Defendendo o instituto da fidelidade partidária, Joaquim observa que vai se votar uma reforma política, e aí sim, tem que se cumprir integralmente o que estabelecer o estatuto do partido. “Vamos votar uma reforma política, acredito que nos primeiros três meses do próximo ano, aí sim, fica patenteada a fidelidade partidária, e daí pra frente não se pode mais incorrer em infidelidade, hoje existente em todo o país, do Oiapoque ao Chuí”, disse o deputado, em entrevista a uma emissora de rádio hoje pela manhã.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

josé arnaldo amaral

... O PFL NÃO PODE SE REFUNDAR SE AFUNDANDO COM A EXPULSÃO DE GERALDO COELHO...É ERRO POLÍTICO... E MORAL... O PARTIDO É TOCA DOS COELHOS DESDE SEUS PRIMÓRDIOS... E A ELES DEVE O CRÉDITO POLÍTICO DA PUJANÇA DO VALE DO SÃO FRANCISCO, NO MÍNIMO. LEMBREM-SE DE NILO COELHO...E O RESPEITEM !!!

entrassem com Processo para vetar a aparição do Lula no guia do atraso, até agora estariam mostrando Lula, João Paulo, e Luciana. E agora querem falar de fidelidade, se orientem.

Os próprios Jarbas Mendonça, não foram fiés, pois a omissão de fazer campanha para Alckmin, JÁ configurou traição. O nome de Alckmin só veio para o guia quando a pressão foi grande, e certamente ele mandou dinheiro para ajudar a campanha em Pernambuco. Se os partidos que apoiavam o Lula não

Caro Joaquim Francisco, não temos afinidade ideológica partidária, porém acho que sua trajetória política é de respeito, entendo que abriu muito para Jarbas entrar no seu terreno, os Mendonças, sempre sinalisaram essa paixão, sabemos porque. Retome sua postura e dê a volta por cima.

milton tenorio pinto junior

Foi vítima,sim!Todos que foram para o PTB sairam porque Jarbas não dava espaço.E Mendonça perdeu a eleição tambem por essa falta de espaço.Pois o Rei não recebia ninguem no Palácio!E agora o troco veio a galope!



13/11


2006

Frente a Frente debate hoje com candidatos à OAB

No programa Frente a Frente, que o signatário deste blog apresenta na Net Recife, canal 14, os dois candidatos à Presidência da OAB-PE - Júlio Oliveira e Jaime Asfora - vão medir forças, hoje. O debate será ao vivo e começa pontualmente às 22 horas, com duração de uma hora. Veja a seguir as regras estabelecidas:

 

O Frente a Frente terá quatro blocos de 14 minutos. No primeiro, os dois candidatos se apresentam e respondem a perguntas feitas pelo âncora. No segundo bloco, os candidatos farão perguntas entre si, com direito à réplica e tréplica. Já no terceiro bloco, responderão a perguntas dos telespectadores.

 

No quarto e último, voltam a responder perguntas do âncora e farão suas considerações finais, cada um com direito ao mesmo tempo, algo em torno de dois minutos. Não perca. O programa pode ser quente!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

13/11


2006

Eduardo diz que Lula manterá presidente da Petrobras

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá manter o atual presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, no seu posto para o segundo mandato, segundo o governador eleito de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB). Aliado e ex-ministro de Ciência e Tecnologia, Campos integra a comitiva do presidente Lula em sua visita à Venezuela.

Conforme relatou, o forte sinal da permanência de Gabrielli surgiu de sua conversa, no último dia 31 de outubro, com o presidente Lula no Palácio do Planalto.

Na ocasião, Campos quis saber de Lula com quem deveria tratar sobre a Refinaria Abreu de Lima, um projeto de parceria entre a Petrobras e a Petróleos de Venezuela SA (PDVSA) que será construído em Pernambuco.

O próprio governador eleito perguntou a Lula se deveria conversar com a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, uma vez que ela é considerada indispensável no segundo mandato de Lula e que tem profundo conhecimento sobre essa parceria.

"Fale com o Gabrielli", determinou Lula. O próprio presidente telefonou a Gabrielli e pediu atenção especial às preocupações de Campos. Na semana passada, ligou para o governador eleito para saber como fora a conversa.

Para Campos, essa situação demonstra que o presidente tem confiança em Gabrielli e pretende mantê-lo no cargo, em oposição aos rumores de que o presidente da Petrobras seria escalado para um ministério na área econômica. As informações são da Agência Estado.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

milton tenorio pinto junior

Renata,vai sair sim! E quando sair,vai aparecer tanto padrinho,até Marco Maciel,Roberto Magalhães vão querer ser padrinhos.

renata lima

Essa refinaria é eleitoreira, só vai se falar nela de novo daqui há 2 anos quando estiver próximo das eleições para prefeito. Refinaria aposto como NÃO sai. Pobre Brasil e PE.


Asfaltos

13/11


2006

A nova enquete: quem ganha a eleição na OAB?

Quem vai ganhar a eleição para presidente da OAB em Pernambuco? Esta é a nova enquete do blog, postada há pouco. Ela vale, principalmente, para você, advogado, que tem direito a voto. Vote, participe. A eleição da OAB será no próximo dia 16. Concorrem, de um lado, o atual presidente Julio Oliveira, e de outro Jaimes Asfora, candidato da oposição.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

renata lima

Essa refinaria é eleitoreira, só vai se falar nela de novo daqui há 2 anos quando estiver próximo das eleições para prefeito. Refinaria aposto como NÃO sai. Pobre Brasil e PE.

roberto lima

Em entrevista hoje pela manha na tv(canal9) o dr jaime asfora disse que a contribuição para a OAB é de mais de 500 reais e que tem assessor do presidente ganhando cerca de 6 mil (é isso mesmo seis mil) reais. Por isso vai cortar GASTOS. A contribuição para o crea é de um pouco menos de 200 reais.!



13/11


2006

PT desunido: Humberto responde críticas a seu grupo

 Levando mais fogo à crise interna que começa a envolver o PT pernambucano, o ex-ministro Humberto Costa rechaçou, hoje, as criticas do presidente municipal do partido Oscar Barreto, à reunião secreta feita pelo grupo petista “Unidade na Luta” do qual faz parte Humberto, sexta-feira passada, reunião qualificada por Barreto de “desagregadora”. Até o prefeito João Paulo, criticou a reunião. Para o ex-ministro as críticas de Oscar Barreto foram “uma enorme precipitação, uma falta de consideração política alguém se manifestar sobre alguma coisa, sem antes saber o que de fato aconteceu”.

 

O prefeito João Paulo, que também criticou a reunião secreta, disse que “eles fizeram essa reunião para começar a falar em secretariado, mas não adianta isso, porque cabe a Eduardo Campos decidir quem vai ou não integrar o governo dele”. O secretário de governo da prefeitura, Múcio Magalhães, admite o direito de qualquer tendência discutir desde que isso não gere confusão entre o posicionamento da legenda e de alguns integrantes.

 

“Foi uma reunião de pessoas que têm uma proximidade dentro do PT, integrantes da Unidade da Luta. Do mesmo jeito que o grupo do presidente municipal do PT se reúne na hora que quer, e que o grupo do secretário Múcio Magalhães também se reúne quando bem quer, nós vamos ter que dar satisfação ao presidente municipal do PT sobre as reuniões que nós fazemos? Não faz sentido” afirma Humberto Costa em entrevista à Radio Folha hoje pela manhã.

 

O ex-ministro argumenta ainda que o próprio Oscar Barreto poderia ter ligado para ele e indagado o que se discutia na reunião. “É o mínimo que a gente esperaria de companheiros do mesmo partido”, diz Humberto, explicando ainda que a reunião teve o objetivo de discutir uma pauta específica, em torno do problema dos Sanguessugas e, ainda, avaliar os últimos informe do Diretório Nacional. “Fomos tratar de uma pauta que diz respeito a nós mesmos, embora pretendamos levar essa pauta ao Diretório Estadual”.

 

Nas críticas que fez à reunião liderada por Humberto Costa, o presidente municipal do PT disse que essa forma de atuar só gera divisões dentro do partido, acrescentando que “esses companheiros não jogam para agregar”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Eu sei que esse PT é um angu de caroço, agora, quando o Prefeito João Paulo, entendeu de lançar a candidatura de João da Costa, em plena campanha de Deputado, não sabia nem se seria eleito, o fez, agora querem criticar o Humberto por uma reunião do seu grupo? Reciclem-se por favor, se não...

milton tenorio pinto junior

João Paulo teve uma participação pífia nessa eleição. E isso vai pesar,ou já está pesando para Eduardo Campos.Com certeza,Humberto está com mais espaço no novo Gov. de PE.


bm4 Marketing 3

13/11


2006

Chapéu de Palha pode ser permanente, diz Aristides

O programa Chapéu de Palha, um dos símbolos do Governo Arraes, pode ser transformado numa ação permanente na gestão Eduardo Campos, estendendo-se às demais regiões de verdadeiros bolsões de miséria, como o Sertão. A sinalização é do economista Aristides Monteiro, coordenador do programa de Governo do então candidato do PSB, nome praticamente certo para assumir a Secretaria de Planejamento.

 

Segundo ele, a idéia do governador eleito é assegurar os recursos necessários para este tipo de ação social em organismos internacionais de financiamento, como o Banco Mundial. “Já estamos nos mobilizando nesse sentido. O Banco Mundial já financia um programa de combate à pobreza rural. Talvez o caminho seja por aí”, disse Monteiro.

No Governo Arraes, o Chapéu de Palha funcionou apenas no período da entressafra da cana de açúcar, quando milhares de cortadores de cana ficam desempregados, sem alternativas econômicas para manter o sustento do lar. “A determinação de Eduardo é no sentido de criar uma grande rede de proteção social. Programas como o Chapéu de Palha não podem funcionar apenas num determinado período”, afirmou Monteiro.

 

Técnico do IPEA, indicado pela economista Tânia Bacelar para coordenar o programa de Governo de Eduardo, Aristides Monteiro está em Brasília desde a semana passada, cuidando de assuntos ligados ao futuro governo. Aproveita o tempo que sobra para cuidar também de assuntos pessoais, entre os quais a sua transferência definitiva para Pernambuco, onde deve ocupar a Secretaria de Planejamento.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LULA E EDUARDO! É A FORÇA DO POVO!

Na entresafra, os camponeses merecem comer, merecem ter vida digna. E, se o Chapéu de Palha resgata esta dignidade, que seja mantido.

milton tenorio pinto junior

Aristides,não só foi indicado por Tânia,como foi colega de turma de Eduardo.E uma das virtudes de Eduardo,segundo seus amigos,ele não esquece de ninguem.Ao contrario do Sr. Jarbas, que abandonou tantos e tantos companheiros que o ajudou a formar o antigo MDB!

Ricardo José Amorim Campos

Com a futura secretaria da mulher nas manso se Bil Cavancalti, pode até ser que surja o "bolsa-modess". O problema será se surigr um mnesalinho tb.

roberto lima

Ninguém vai mais querer trabalhar, com essas "bolsas" que na realidade é um ticket - voto. Não me admiro se resolverem dar a BOLSA - VIAGRA

Ricardo José Amorim Campos

.. e eu que pensava que esse assitencialismo barato de arraes tinha se acabado com ele! Mas é assim mesmo, fazer caridade com o chapeu dos outros é facil mesmo!



13/11


2006

Eduardo cancela reunião com a bancada federal

O governador eleito de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), acaba de cancelar a reunião que teria, amanhã, em Brasília, com a bancada federal. Ele acatou sugestão do deputado José Chaves (PTB), em telefonema há pouco. Eduardo está na Venezuela acompanhando a visita do presidente Lula. Segundo o deputado José Chaves, o encontro com a bancada ficou transferido para a próxima terça-feira. O motivo do adiamento foi o esvaziamento do Congresso em razão do feriado desta quarta-feira.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Posição sensata esta a do governador Eduardo Campos, pois Brasília está às moscas e o quorum da reunião iria ser bem baixo.



13/11


2006

INSS: Ministro assina convênio para reduzir filas

Foi selado hoje pela manhã o convênio de cooperação entre o Ministério da Previdência Social, a Federação das Indústrias do Estado do Pernambuco (Fiepe) e a Federação do Comércio de Pernambuco (Fecomércio) para agendamento de exames médico-periciais pela internet. O ministro da Previdência, Nelson Machado, esteve no Recife para assinar o acordo com as duas entidades e comentou que o procedimento servirá para esclarecer, apoiar e divulgar o método de agendamento com o qual o Ministério espera dar fim às filas nos postos de atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

“Em média, as filas no Brasil reduziram 65%. A vitória maior é no Nordeste, que não há mais”, garantiu, completando que o trabalho tem que ser contínuo para evitar entraves. “Temos que continuar trabalhando. Isso é que nem capim: se não cuidar, ele cresce novamente”, afirmou o ministro.

Em funcionamento desde janeiro, mas só agora melhor estruturado, o processo de agendamento de exames médico-periciais pela internet vem para facilitar as solicitações dos segurados quanto ao benefício, por exemplo, do auxílio-doença. Segundo o presidente do INSS, Valdir Moysés Simão, apenas em Pernambuco, 8,9 mil pedidos foram realizados para solicitação de exame pericial no mês de outubro, representando uma fatia de 42% entre todos os benefícios requeridos ao Instituto. Informações da Agência Nordeste.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/11


2006

Lula critica a imprensa em discurso de apoio a Chávez

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comparou sua campanha eleitoral e seu primeiro mandato ao de Hugo Chávez, da Venezuela, especialmente em relação às críticas que disse ter sofrido da imprensa e de outros "setores preconceituosos da sociedade". "Conheço um pouco a trajetória política do presidente Chávez. Assim como você, Chávez, eu fui vítima de incompreensão e de preconceito das pessoas que governaram o Brasil por séculos e que não admitem que alguém que queira cuidar do povo seja eleito", afirmou Lula, em discurso durante inauguração de uma ponte rodoferroviária sobre o Rio Orinoco, na Venezuela, construída pela Odebrecht.

 

Durante seu discurso, Lula desempenhou o papel de cabo eleitoral de Chávez, que logo depois falou para uma platéia de cerca de 30 mil pessoas. O evento transformou-se em um eufórico comício, no qual a maioria das pessoas gritava slogans da campanha de Chávez e vestia camisetas e bonés vermelhos. Lula defendeu que os segundo mandato de ambos deverá levar em conta a prioridade das reivindicações do povo, que será mais exigente em relação a seus governos.

Durante sua fala, Lula foi especialmente ácido em relação à imprensa brasileira. Lembrou que em sua primeira visita à Venezuela, em 2003, saiu impressionado com o comportamento da imprensa venezuelana, que agredia abertamente o presidente da República. "Jamais imaginei que isso seria possível no Brasil. Mas aconteceu o mesmo, querido companheiro, o que me levou a consolidar a minha consciência de que estamos no caminho certo", disse. Lula não se limitou a mencionar sua aliança com Chávez.

 

Incorporou também ao mesmo grupo de presidentes, o argentino Néstor Kirchner, o uruguaio Tabaré Vazquez, a chilena Michelle Bachelet e o boliviano Evo Morales. Lula destacou que todos têm que trabalhar para a integração sul-americana, porque não há saída individual para os países da região. Informações do Portal G1.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Lulla culpa a imprensa por divulgar os escandalos do país e apóia os corruptos.

renata lima

Essa refinaria é eleitoreira, só vai se falar nela de novo daqui há 2 anos quando estiver próximo das eleições para prefeito. Refinaria aposto como NÃO sai. Pobre Brasil e PE.

Raimundo Eleno dos Santos

Tenho dito: Lula é o Condor das Américas.A história do continente tem um divisor de águas:Antes de Lula e Depois do Lula.É coisa pessoal.Não tem nada de partidarismo.Com Lula está se escrevendo uma nova ordem de desenvolvimento para América Latina.O futuro me dará razão.Não sou profeta,assim será.



13/11


2006

Morre secretário do Ministério do Desenvolvimento Social

O secretário-adjunto do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, João Domingos Fassarella, morreu neste domingo vítima de um infarto seguido de derrame.

Fassarella foi deputado federal e prefeito de Governador Valadares pelo PT. Ele estava internado havia 62 dias no hospital Vera Cruz, em Belo Horizonte, informou nota do partido.

O corpo do petista será velado na tarde de hoje na Câmara Municipal de Governador Valadares. De lá, seguirá para Castelinho, no Espírito Santo, terra natal e residência da família do ex-deputado. O enterro deve ocorrer às 11h desta terça-feira.

Sociólogo, Fassarella foi professor universitário, deputado federal por dois mandatos e prefeito de Governador Valadares de 2001 a 2004. Ele deixa mulher e cinco filhos. As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/11


2006

Meirelles não confirma permanência no BC

O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, evitou comentar nesta segunda-feira, mais uma vez, a questão da sua permanência à frente da instituição ou os rumores de que já teria sido confirmado no cargo. Perguntado sobre se permanece no BC, Meirelles limitou-se a responder: "Como banqueiro central uma das coisas que aprendi a fazer é tomar as decisões no momento adequado". Na semana passada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva havia dito que não encontrava razões para uma eventual saída de Meirelles da presidência do BC

Falando de sua atuação no BC, ele voltou a defender a política monetária implementada pela instituição e criticou a pressão exercida por alguns setores da sociedade para que se promova uma queda "artificial" da taxa de juros. Além disso, defendeu o regime de câmbio flutuante e ressaltou a importância de o governo não tomar qualquer medida que vise valorizar a moeda norte-americana no mercado interno. As informações são do Estadão.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


13/11


2006

Aldo defende "bom senso" para dar fim a guerra fiscal

O presidente em exercício, Aldo Rebelo (PC do B-SP), defendeu nesta segunda-feira que tanto o governo como a oposição devem ter bom senso para acabar com a guerra fiscal entre os Estados.

Segundo ele, o fim da disputa fiscal "é importante para São Paulo e para o Brasil e para a redução da carga tributária".

Em palestra na Fundação Mário Covas --com a presença de várias lideranças do PSDB--, Aldo afirmou que o fim da guerra fiscal passa por um pacto "justo" entre os Estados. "Só alcançaremos uma solução de equilíbrio pelo pacto federativo que dê a Cezar o que é de Cezar e a Deus o que é de Deus."

Questionado sobre a atitude da oposição, ele elogiou o PSDB, que, segundo ele, "teve um papel muito importante, muito construtivo na solução da guerra fiscal no Brasil". Ele deu como exemplo o fato de São Paulo --que foi administrado por tucanos e agora por pefelistas-- ter aceitado a mudança no critério de cobrança do ICMS reivindicado pelo Nordeste. As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

LULA E EDUARDO! É A FORÇA DO POVO!

E Dr. Arraes sempre se colocou de forma incisiva contra esta guerra fiscal. Ele afirmava, no alto da sua sabedoria, que a guerra fiscal iria levao estados à falência. E agora, todos estão vendo que o "Doutor" tinha total razão.



13/11


2006

Gushiken deixa o governo e Oliva Neto assume o cargo

O ex-ministro Luiz Gushiken oficializou nesta segunda-feira sua saída do NAE (Núcleo de Assuntos Estratégicos da Presidência). O cargo será ocupado interinamente por Oswaldo Oliva Neto.

Oliva Neto é o atual secretário-geral do NAE e coordenador dos trabalhos de planejamento estratégico consolidados no projeto ''Brasil 3 Tempos''.

Apesar de ser interino, Oliva Neto deve ficar no cargo até o final deste primeiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Agora, a preocupação do presidente é com a montagem da equipe que o acompanhará no segundo mandato. As informações são da Folha Online.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Paulin de Caruaru.

Será que dirá onde estão as cartilhas antes de ir embora?

Um dos grandes picaretas que o país já conheceu. Vai tarde e demonstra que o Lulla não tem peito de mandar embora. Só sai se pedir demissão.

José Rodrigues da Silva

Esse, já se vai tarde! Vão entrar no seu lugar os "new delfins", serão os que segundo presume o Luiz lhe sustentará o mandato! Como tudo neste país não se aceita o popular, quem sabe, que o mandato extarído dessa raiz também não seja!