ArcoVerde

08/11


2018

Parlamentares querem aumento

Após a aprovação do reajuste de 16% para ministros do Supremo Tribunal, ontem, pelo Senado, há uma movimentação no Congresso para aumentar salários de senadores e deputados e, consequentemente, do presidente da República e demais ministros. Nos bastidores, fala-se que a proposta será feita por várias mãos. Líderes de partidos pretendem assinar dois decretos legislativos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Joesley confirma depósito de U$D 150 Milhões para Dilma Jumenta. Assim é bom demais. E o Trabalhador assalariado como fica Jumenta corrupta?

Fernandes

QUERO VER SE O CAPITÃO JAIR FODÃO VAI TER CORAGEM DE VETAR O AUMENTO DE SALÁRIO DOS DOS JUÍZES COMO A PRESIDENTA DILMA FEZ


Asfaltos

Confira os últimos posts



21/02


2019

Pressão e compensação: Planalto oferece emendas e cargos

Os presidente da Câmara e do Senado vão conduzir a tramitação da reforma da Previdência

Amanda Almeida, Bruno Góes e Karla Gamba - O Globo

Pressionado por aliados em meio ao vácuo naarticulação política , o governo decidiu na quarta-feira acelerar a liberação de emendas parlamentares e atender a indicações políticas para cargos do segundo e terceiro escalões.

O recado sobre a “ansiedade de parlamentares pela participação no governo” foi levado ao presidenteJair Bolsonaro pelos presidentes do Senado, Davi Alcolumbre(DEM-AP), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em almoço com a participação do ministro Onyx Lorenrozi (Casa Civil) e do líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO).

Os dois reforçaram que o DEM está disposto a liderar a articulação pela aprovação da reforma da Previdência, mas que o governo precisa dar A pressão funcionou, e o DEM saiu com mais capital político.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/02


2019

Bezerra Coelho passa na sua tarefa no cargo

O novo líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), passou na sua primeira tarefa no cargo.

Ao lado de técnicos do ministro Sérgio Moro, aprovou por unanimidade o texto que trata do financiamento de organizações terroristas. Teve aval do PT.

Em mais uma demonstração do isolamento do líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo, coube ao presidente da Casa, Rodrigo Maia, adiar o café da manhã de Bolsonaro com líderes.

Insatisfeitos, líderes avisaram a Maia que não compareceriam à reunião. Um deles chegou a dizer: “Café pra depois ele tirar fotinha e falar que somos base aliada?”.

Com a bancada do PSL, Bolsonaro deu dicas aos novatos: estudem a pauta antes das votações.  (Estadão – Coluna)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/02


2019

Um alerta a Paulo Guedes

Apesar de reconhecerem as qualidades do texto de Paulo Guedes e a urgência da reforma, parlamentares que enfrentaram a batalha (perdida) da Previdência na gestão Michel Temer fazem um alerta ao ministro: se o governo tiver sacos de areia para soltar, é melhor não relutar muito em liberá-los.

Caso contrário, dará aço para a oposição tentar impedir o balão de subir na opinião pública. O prazo para os congressistas apresentarem suas alterações é de 40 sessões da Comissão Especial, tempo suficiente para o metal oposicionista virar uma bigorna.

Onde dói. Os parlamentares já dão como certo que as alterações da aposentadoria rural e a possibilidade de alterar a idade mínima sem mexer na Constituição são muito controversas para serem aprovadas.  (Coluna do Estadão)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/02


2019

Faca nos dentes

ex-ministro Gustavo Bebianno chegou a mostrar os áudios da conversa que teve com Jair Bolsonaro a ministros de tribunais superiores

 Que se espantaram com o tom do presidente.

O ministro da Justiça se reuniu com a vice-presidente global de políticas públicas do WhatsApp, Victoria Grant, na segunda (18). Foi uma primeira conversa para discutir questões relativas ao acesso a informações que possam subsidiar investigações.

Na terça (19), membros da pasta também se reuniram com a executiva e representantes do Facebook Brasil. Victoria ressaltou iniciativas da empresa para colaborar com a Justiça.  (Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/02


2019

Onix na boca do sapo: força com o capitão só com Heleno

Membros do centrão colocaram o nome de Onyx Lorenzoni (Casa Civil) na boca do sapo.

Dizem que hoje, no Planalto, só Augusto Heleno (GSI) parece ter autoridade para falar com Bolsonaro.

A exemplo do que já está sendo implantado no DF, deputados estaduais do PSL em São Paulo querem a militarização das escolas do estado. Há uma série de projetos sobre o assunto no forno. (FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/02


2019

Denúncias e Bolsonaro: “Está fora do governo”

O presidente indicou a aliados que, se as investigações do Ministério Público e da Polícia Federal endossarem as suspeitas de que o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, se beneficiou de uma rede de candidatas laranjas, como mostrou a Folha, ele “está fora do governo”.

Já a proposta que o DEM fez ao Planalto de entregar a articulação política no Congresso a Maia e ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), teve o aval de ao menos três partidos do centrão.

Dirigentes do PP, do PR e do PRB dizem não ver outros nomes habilitados para a tarefa. (FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/02


2019

Pau na reforma de Bolsonaro

A reforma de Bolsonaro vai receber uma enxurrada de emendas. Líderes da Câmara já articulam mudar o texto e desobrigar estados e municípios de adotarem as regras que forem aprovadas em Brasília. A equipe econômica atrelou o funcionalismo estadual para envolver os governadores na articulação do projeto.

A ideia é inserir dispositivo que repasse a responsabilidade às assembleias. Deputados dizem que não vão assumir também ônus que seriam dos legislativos locais.

Categorias até aqui afeitas ao governo também reagiram. O líder da bancada da bala, Capitão Augusto (PR-SP), diz que, inicialmente,policiais e bombeiros militares não se sentem contemplados. “Já demos nossa cota de sacrifícios”.  (Painel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Bm4 Marketing 7

21/02


2019

Cr$ 400: a Previdência e os miseráveis

Presidente do PSDB, o ex-governador Geraldo Alckmin adotou tom cauteloso ao comentar a reforma da Previdência.

Ele diz que a sigla vai se debruçar sobre o texto e debatê-lo com especialistas após o Carnaval, mas antecipou uma crítica.

Alckmin considera que é “desumano” fazer com que os idosos miseráveis só possam receber um salário mínimo integral após os 70 anos.

Pela proposta do governo, o pagamento, via Benefício de Prestação Continuada, começa com R$ 400.  (Folha)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/02


2019

Ganhou força: Centrão quer enquadrar Bolsonaro

Centrão quer bloquear tramitação da nova Previdência até mudar articulação política do Planalto

Daniela Lima – Folha de S.Paulo

De braços bem cruzados -  A chegada da reforma da Previdência ao Congresso aumentou o passe de partidos de centro e centro-direita que estão alijados das negociações com o Planalto. Na noite anterior à entrega da proposta, dirigentes dessas legendas acordaram que, até que o governo abra os ouvidos ao Parlamento, não há chance de a reforma avançar. Os mais insatisfeitos advogam que a Câmara só comece a debater o texto depois de Jair Bolsonaro expor o projeto que vai tratar da aposentadoria dos militares.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acertou com líderes de algumas siglas que, até o Carnaval, a Casa só vai tratar de projetos do Legislativo. A medida provisória que reestrutura a Esplanada nem sequer será lida, para evitar o trancamento da pauta.

Maia também só pretende definir os comandos das comissões depois do feriado. A montagem do colegiado que vai analisar a nova Previdência está incluída neste pacote.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


21/02


2019

Em telefonema "acidental", presidente pede a Onix acordo com Bebianno

iG São Paulo

Na conversa, Jair Bolsonaro afirma que teria que vender uma casa para pagar ex-ministro que o representa como advogado em processos judiciais

"Se ele (Bebianno) me cobrar individualmente o mínimo, eu to f... Tem que vender uma casa minha para poder pagar",

O presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) pediu para que o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS) procurasse o ex-ministro e advogado Gustavo Bebianno, demitido na segunda-feira (18) , para apaziguar as relações entre o governo e o ex-coordenador da campanha presidencial do PSL. O diálogo teria sido ouvido por meio de um telefonema do chefe da Casa Civil a um repórter do jornal

Na conversa, Bolsonaro demonstra preocupação com o pagamento por processos judiciais em que Gustavo Bebianno atuou como advogado do presidente. "Se ele (Bebianno) me cobrar individualmente o mínimo, eu to f... Tem que vender uma casa minha para poder pagar", diz o presidente.

O chefe da Casa Civil afirmou que conversaria com Bebianno sobre as ações. Onyx também disse que havia ficado sabendo, por meio de um intermediário, que o ex-ministro havia negado a possibilidade de novos ataques ao governo. Segundo Onyx, Bebianno teria prometido que não diria "mais nenhuma palavra" sobre seus desentendimentos com o Planalto e a família do presidente.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Três. fascistas

marcos

Se fosse Lula, mandava a Odebrecht pagar!



21/02


2019

DEM manda recado a Bolsonaro para mostrar quem manda

Helena Chagas

Nada mais simbólico da situação política de hoje do que a imagem de Jair Bolsonaro entrando agora de manhã a passos rápidos no Congresso, para entrega da PEC da Previdência, mais do que ladeado, colado aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, ambos do DEM. Ficou claro ali quem é que vai mandar. Acesse: PEC-6-2019 – Previdência

Poucas horas antes, Bolsonaro sofrera acachapantes derrotas nas duas Casas, como a convocação do ex-ministro Gustavo Bebianno para falar de sua polêmica demissão no Senado e a derrubada por goleada, na Câmara, do decreto que regulamentava a Lei do Acesso. Esta última foi articulada pelo próprio Maia com os líderes partidários na Casa, numa espécie de aviso aos navegantes do Planalto, no melhor estilo pefelista dos velhos tempos: você pode não gostar, mas não vive sem mim.

A soma da constrangedora crise provocada pela demissão de Gustavo Bebianno – que pode se prolongar em novos vazamentos de conversas – com o alto grau de desarticulação política dos novos ocupantes do Planalto deu o resultado esperado: Bolsonaro, apesar do discurso contrário ao toma-lá-dá-cá, está nas mãos da velha política e de seus métodos.

Na segunda fila do pelotão que entrou no Congresso com  Bolsonaro, de quem ganhou carinhoso abraço, a presença do senador emedebista Fernando Bezerra Coelho era um outro símbolo da nova-velha situação. Nomeado líder do governo no Senado na véspera, Fernando Bezerra foi ministro de Dilma Rousseff, líder de Michel Temer e investigado na Lava Jato de seu agora colega de governo Sérgio Moro.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/02


2019

Dois novos voos para Paulo Afonso aproximam o Sertão da Capital

As belezas do Sertão têm tudo para entrar de vez na rota turística de Pernambuco. O Governo do Estado celebra a conquista, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer (Setur) e da Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur), de duas novas frequências ligado o Recife à cidade baiana de Paulo Afonso, na divisa com o Estado. A rota promete colocar no circuito turístico cidades com grande potencial para o turismo de lazer e de aventura, a exemplo de Petrolândia, destino repleto de belas paisagens naturais, às margens do Lago de Itaparica, ou melhor, Lago Luiz Gonzaga.

“A região de Petrolândia, cidade que herdou o nome da visita feita por Pedro II à região, tem um potencial enorme para o turismo. É um destino que, sem dúvida, vai crescer muito com este voo da Azul. Temos uma oportunidade de abrir uma nova fronteira turística no Estado, despertar a atenção para as praias à beira do lago, para a história das cidades alagadas, que marca a vida de tantos pernambucanos. Esse é um primeiro grande passo para atrairmos a atenção do trade e de investidores para o Sertão, que é um dos principais focos do Governo do Estado atualmente”, destaca o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

A nova rota será iniciada no dia 2 de maio e deverá ser operada às segundas e sextas, saindo do Recife às 13h10 e aterrissando em Paulo Afonso às 14h30. Da cidade baiana, o voo decolará ás 15h, chegando ao Recife às 16h15. Os bilhetes para os voos estão disponíveis a partir de hoje em todos os canais oficiais de venda da companhia aérea.

Com o novo destino, que vai beneficiar ainda as cidades vizinhas de Floresta, Jatobá e Tacaratu, a Azul fortalece a conectividade de sua malha em Pernambuco, passando a servir a capital com 59 decolagens em dia-pico para 30 destinos. A aeronave a ser utilizada é a ATR 72-600, com capacidade para até 70 passageiros. 

A novidade chega em ótimo momento. Recentemente, Petrolândia passou a ser contemplada entre os destinos divulgados em ações promocionais do Estado. Ela foi acrescentada nos painéis que já exibem belas imagens do Recife, Olinda, Porto de Galinhas e Fernando de Noronha aos nossos visitantes, em ações como o receptivo oferecido no Terminal Marítimo de Passageiros aos cruzeiristas que desembarcam na capital até abril.

Petrolândia se caracteriza pelas belas paisagens naturais e tem como um dos principais locais de visitação a Igreja do Sagrado Coração de Jesus, submersa no Velho Chico. O local é muito usado em ensaios fotográficos e atrai mergulhadores. Outros pontos de destaque na região é a Ilha de Rarrá e a Praia do Sobrado, convidativas a um belo banho de rio no São Francisco. “A Ilha de Rarrá não perde para nenhum destino já consagrado. Carece apenas de atenção, promoção e incentivo à iniciativa privada para que vire um grande polo de turismo do Estado. Apostamos nisso como uma forma de aquecer a nossa economia e gerar empregos”, finaliza Rodrigo Novaes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/02


2019

João da Costa convoca audiência para discutir Reforma da Previdência

A Reforma da Previdência e os seus reflexos será tema de uma audiência pública a ser realizada na Câmara do Recife nas próximas semanas. Convocado pelo vereador João da Costa (PT), o encontro vai reunir os trabalhadores, movimentos sociais, centrais sindicais, entidades representativas de classe e especialistas. A reunião pretende ouvir a opinião dos recifenses sobre a Reforma, apresentada pelo Governo Federal hoje.

A expectativa é que a audiência pública ocorra no mês de março. Segundo João da Costa, a audiência servirá para que a população do Recife possa se manifestar em relação à proposta e coletar contribuições para amenizar os efeitos propostos pelo Governo Jair Bolsonaro.

As contribuições, de acordo com João da Costa, serão encaminhadas aos 25 deputados federais e três senadores de Pernambuco. A ideia é que a bancada federal pernambucana possa utilizar as sugestões dos recifenses para propor emendas à matéria. O texto da Reforma da Previdência começa a tramitar no Congresso Nacional nos próximos dias.

Para João da Costa, o Governo Bolsonaro apresentou um “pacote de maldades” com o texto da Reforma da Previdência. "Esse projeto tem um endereço certo: retirar dos pobres, dos trabalhadores, das pensionistas e demais brasileiros recursos necessários para garantir o pagamento da dívida pública e que os banqueiros não corram riscos, emprestando recursos ao governo federal", sacramentou. "Qual é o trabalhador que fica trabalhando 40 anos ininterruptos para poder contribuir com a Previdência Social?", questiona o petista, ressaltando as novas regras para ter acesso à aposentadoria, que são 62 anos para as mulheres e 65 anos para os homens.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

João da bosta vai arrumar uma lavagem de roupa!



20/02


2019

Detran promove encontro com coordenadores das Ciretrans

O coordenador de Articulação Municipal do Detran-PE, Carlos Veras, reuniu, hoje, no auditório do órgão, coordenadores das 24 Circunscrições Regionais de Trânsito – Ciretrans Especiais, para discutir as demandas nas unidades e nivelar as normas de atendimento, uma vez que as Ciretrans representam a sede do Detran nos municípios.

O diretor presidente do Detran, Roberto Fontelles, abriu o encontro lembrando que uma das prioridades do governador Paulo Câmara é o bom atendimento ao usuário. “Aqui serão definidas metas e estratégias de melhor atendimento, visando dar um serviço de qualidade aos nossos usuários, além de integrar a equipe, pois o Detran é muito dinâmico com demandas diferentes”, disse. 

Já Carlos Veras lembrou que, além das 24 Ciretrans Especiais, Pernambuco conta com 40 que são subordinadas e que o objetivo do encontro é sanar dúvidas e colocar em pauta sugestões, sempre tendo como meta um atendimento de qualidade.

Na oportunidade, o diretor de Atendimento, Cel. Felipe Nascimento, anunciou que sua diretoria está preparando uma série de ações para humanizar o serviço de atendimento da Autarquia, estendendo para as Ciretrans. Valorizando os servidores e, consequentemente, o aperfeiçoamento dos serviços prestados aos municípios, garantindo qualidade e celeridade.  

Estiveram presentes no encontro o corregedor Marcos Luís Lira, gerentes e assessores. Todos com o objetivo de tirar as dúvidas dos coordenadores das Ciretrans.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


20/02


2019

TJPE autoriza pagamento de auxílio-alimentação retroativo a 2011 para desembargadores e juízes

EXCLUSIVO

Por Arthur Cunha – especial para o blog

O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Alberto de Oliveira Melo, assina ato, publicado no Diário Oficial de hoje, autorizando o pagamento de auxílio-alimentação retroativo a 2011 para desembargadores e juízes. A decisão foi atendendo a um pedido da Associação de Magistrados de Pernambuco, que, por sua vez, se baseou em uma resolução do CNJ do mesmo ano, que valida o benefício. Os auxílios, ainda segundo o despacho, deverão ser pagos com correção monetária.

Em outro ato publicado no DO, o presidente do TJPE também autorizou o reajuste do auxílio-alimentação para desembargadores e juízes. O benefício passará a ser de R$ 1.561,80, com efeito retroativo ao mês de janeiro de 2019.

A reportagem procurou o TJPE para saber qual o impacto dos pagamentos nas contas do órgão. Por meio de sua assessoria, o tribunal informou apenas que “o levantamento está sendo realizado pelo Setor Financeiro, e o pagamento depende de dotação orçamentária”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha