Governo de PE

08/11


2018

Parlamentares querem aumento

Após a aprovação do reajuste de 16% para ministros do Supremo Tribunal, ontem, pelo Senado, há uma movimentação no Congresso para aumentar salários de senadores e deputados e, consequentemente, do presidente da República e demais ministros. Nos bastidores, fala-se que a proposta será feita por várias mãos. Líderes de partidos pretendem assinar dois decretos legislativos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Joesley confirma depósito de U$D 150 Milhões para Dilma Jumenta. Assim é bom demais. E o Trabalhador assalariado como fica Jumenta corrupta?

Fernandes

QUERO VER SE O CAPITÃO JAIR FODÃO VAI TER CORAGEM DE VETAR O AUMENTO DE SALÁRIO DOS DOS JUÍZES COMO A PRESIDENTA DILMA FEZ


Governo de PE

Confira os últimos posts



23/05


2019

Danilo apresenta PL para proteger empresas

O deputado federal Danilo Cabral (PSB/PE) protocolou, ontem, um Projeto de Lei que tornará obrigatória a aprovação de lei para privatização da Eletrobrás, Petrobras, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Banco da Amazônia, Correios, Casa da Moeda, BNDES e suas respectivas subsidiárias.

Segundo o parlamentar, o objetivo é realizar um debate crítico sobre a privatização de empresas estratégicas e suas subsidiárias, incluindo-as na relação de empresas federais às quais não se aplicam os dispositivos da Lei nº 9.491/1997, que trata do Programa Nacional de Desestatização. “Entendemos ser igualmente decisivo para o debate público que a alienação de ativos que implique perda do controle direto ou indireto da União nas empresas mencionadas e em suas subsidiárias seja regulada em lei específica para cada empresa. Essas estatais são criadas com autorização do Legislativo para cumprir função necessária aos imperativos da segurança nacional ou a relevante interesse coletivo”, explica o parlamentar.

A partir do projeto de lei, tais empresas só poderão ser privatizadas por meio de leis que passem pela tramitação no Congresso Nacional, tanto na Câmara, quanto no Senado. “A discussão sobre empresas estatais no Brasil deve ser ampla e ter caráter estratégico. A avaliação das políticas públicas associadas à atuação estatal direta na economia deve ser feita no local apropriado, o Parlamento”, disse Danilo.

O PL, que foi apresentado hoje para entidades sindicais ligadas ao setor elétrico, também foi subscrito por outros parlamentares, como o deputado Henrique Fontana (PT/RS); Alessandro Molon (PSB/RJ); Tadeu Alencar (PSB/PE); João Campos (PSB/PE); Gervasio Maia (PSB/PB); Nelson Pellegrino (PT/BA), entre outros. Os parlamentares acreditam que a alienação de ativos que implique perda do controle direto ou indireto da União nessas empresas e suas subsidiárias deve ser regulada em lei específica para cada empresa, para resguardar o interesse público e a devida discussão no Parlamento sobre cada empresa estatal.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Congresso Nordestino de Educação Médica

23/05


2019

Paulo Câmara apresenta Pacto Pela Vida a Moro

Na manhã de hoje, o governador Paulo Câmara apresentou ao ministro da Justiça, Sergio Moro, no Recife, o funcionamento, as ações e resultados do Pacto Pela Vida (PPV), que registrou, em abril deste ano, o 17º mês consecutivo de redução de homicídios e o 20º na redução de roubos e furtos. O ministro se colocou à disposição para futuras parcerias na área e enalteceu o trabalho realizado em Pernambuco.

“O ministro teve a oportunidade de conhecer pessoalmente como funciona o Pacto Pela Vida. Ele já tinha conhecimento prévio dos resultados, mas agora ele viu o modo de funcionamento. E gostou do que viu. É uma política importante, e ele se colocou à disposição para possíveis parcerias. Nós vamos procurá-lo para conversar mais, porque a nossa preocupação em relação à segurança é permanente, não podemos descansar. Mesmo com os bons resultados alcançados, temos muito o que fazer ainda. Mas a expectativa é positiva, porque Pernambuco está numa trajetória descendente. São 17 meses de redução de homicídios”, destacou Paulo Câmara.

O governador pontuou ainda parcerias neste âmbito da segurança como necessárias e importantes para o restabelecimento da paz em Pernambuco e no Brasil. “Salvar vidas, buscar oferecer segurança à população, tem que ser feito diariamente, com a participação de todos. E o que vier de ajuda federal para esse tema, que precisa ter uma coordenação nacional, principalmente na questão do tráfico de drogas e de armas, é importante para Pernambuco”, cravou.

Para Moro, a participação do governador nas reuniões do Pacto Pela Vida simboliza o compromisso da gestão com a política de combate à violência. Ele afirmou que o programa é o caminho correto. “Fui convidado, gentilmente, pelo governador, para conhecer um pouco mais de perto o programa Pacto Pela Vida. Na minha opinião, é o caminho certo, esse trabalho com inteligência, com dados e com integração. Acho que é muito elogiável o fato de o governador participar dessas reuniões. Isso demonstra o envolvimento da mais alta autoridade do Estado nessa tarefa de redução da criminalidade. Acho que esse é o caminho, e nós temos que transformar isso em uma tendência permanente”, avaliou o ministro, ressaltando que o Governo Federal quer ser parceiro nessas atuações para buscar indicadores criminais melhores para o Brasil inteiro, inclusive em Pernambuco.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/05


2019

Inativos da PM querem retomada de negociações

Dezenas de policiais e bombeiros militares lotaram as galerias da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), ontem. Eles pediram apoio ao deputado Joel da Harpa para sensibilizar os parlamentares e o Governo do Estado quanto a retomada das negociações salariais e a recuperação de direitos como a integralidade e paridade devido a Lei 351/2017 que é inconstitucional. Desde então, eles sofrem sem aumento salarial.

Joel da Harpa relembrou que a Lei foi aprovada sem sua participação e ele, na época, alertou sobre a inconstitucionalidade da mesma. Vários artigos da Constituição garantem o direito aos aposentados e pensionistas e a nova proposta da Reforma da Previdência iguala militares federais e estaduais, concedendo o direito a integralidade e paridade. Portanto, nada mais justo do que o Governo retomar aa negociações e corrigir a injustiça.

“Esses militares que estão aqui hoje dedicaram a vida ao serviço policial e à defesa da sociedade. Como inativos, eles não podem progredir. Quando aconteceu o último aumento salarial, em dezembro de 2018, a grande maioria deles, com exceção dos coronéis e subtenentes, ficaram altamente prejudicados”, prosseguiu Joel.

Joel da Harpa pediu “sensibilidade” ao Governo do Estado para que considere a paridade nos reajustes futuros: “Queremos que o governador mande um novo projeto e garanta aos inativos o mesmo direito dos ativos. E que o mesmo aumento salarial seja dado do coronel ao soldado”, defende o parlamentar.

Da Assembleia Legislativa os policiais e bombeiros militares seguiram para o auditório do Círculo Católico onde, conversaram com o deputado Joel da Harpa sobre os próximos passos para a luta em busca da paridade e de novo aumento salarial. Vale destacar que uma equipe de advogados do deputado ingressou com ações para a garantia do direito na Justiça. Trataram também sobre a proposta da reforma da previdência. Dentre os presentes, lideranças da Associação de Praças de Pernambuco (ASPRA -PE) e da União dos Militares do Brasil (UMB).


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/05


2019

Sebastião quer evitar que Previdência atinja trabalhadores rurais

O deputado federal Sebastião Oliveira (PR) está focado em assegurar que a Reforma da Previdência não afete os trabalhadores rurais.  

Para isso, Sebastião caiu em campo e está visitando deputados de diversos partidos, visando colher as assinaturas necessárias que garantam que os trabalhadores rurais não sejam afetados pela Reforma proposta pelo Palácio do Planalto. 

“É preciso manter a situação atual. O trabalhador rural já é bastante prejudicado pela falta de políticas públicas que lhe beneficiem. Não podemos permitir que a Reforma da Previdência traga qualquer tipo de prejuízo. Não vamos medir esforços para garantir todos os direitos já conquistados”, justificou Sebastião Oliveira.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

ArcoVerde

23/05


2019

Raquel na frente das pesquisas em Caruaru

A pedido do Blog do Mário Flávio, o Instituto Simplex divulgou, ontem, a primeira  pesquisa de intenção de votos para prefeito na eleição de 2020, em Caruaru.

O Instituto apurou os percentuais de intenção de voto em dois cenários com candidatos diferentes, indicados pelos grupos liderados pelos deputados estaduais e ex-prefeitos da cidade, Tony Gel (MDB) e Zé Queiroz (PDT).

No primeiro cenário, os nomes de Tony e Zé foram colocados. Ambos nem confirmam que são candidatos e também não descartam a candidatura. Vamos então aos números, lembrando que nesse cenário, Tony e Zé são os candidatos.

Cenário com todos os possíveis candidatos

No primeiro cenário, com a situação estimulada (quando o eleitor é induzido), ambos são possíveis candidatos e a pesquisa apontou o seguinte resultado:

Raquel Lyra (PSDB): 24,06%

Tony Gel (MDB): 21,30%

Zé Queiroz (PDT): 16,57%

Delegado Lessa (PP): 10,17%

Fernando Rodolfo (PR): 3,37%

Raffiê Dellon (PSD): 0,80%

Silvio Nascimento (PSL): 0,55%

Douglas Cintra (PTB): 0,32%

Branco/nulos: 12,27%

Não sabe/não respondeu: 10,57%

Tonynho e Alberes

Existe a possibilidade de o empresário Tonynho Rodrigues, filho do ex-prefeito Tony Gel, ser o candidato do grupo e do secretário Alberes Lopes (PSC) ser o nome apoiado por Zé Queiroz (PDT). Em razão dessas probabilidades, o Simplex pesquisou outro cenário, com Tonynho na vaga de Tony e Alberes no lugar de Zé. Nesse cenário, o resultado seria com uma ampliação de vantagem da prefeita Raquel Lyra, vamos então aos números:

Raquel Lyra (PSDB): 26,90%

Tonynho Rodrigues (SD): 16,81%

Delegado Lessa (PP): 14,85%

Fernando Rodolfo (PR): 5,48%

Alberes Lopes (PSC): 3,46%

Raffiê Dellon (PSD): 0,88%

Silvio Nascimento (PSL): 0,56%

Douglas Cintra (PTB): 0,49%

Branco/nulos: 16,34% Não sabe/não respondeu: 14,23%

Espontânea

Na modalidade espontânea da pesquisa (na qual o pesquisador somente pergunta ao entrevistado em quem pretende votar, sem apresentar a ele um cartão com os nomes dos candidatos), mais uma vez existe a polarização e um empate no limite da margem de erro entre a atual prefeita Raquel Lyra e o deputado estadual Tony Gel. Vamos aos números na modalidade espontânea:

Raquel Lyra (PSDB): 18,82%

Tony Gel (MDB): 12,56%

Zé Queiroz (PDT): 7,80%

Delegado Lessa (PP): 1,72%

Fernando Rodolfo (PR): 0,56%

Raffiê Dellon (PSD): 0,50%

Silvio Nascimento (PSL): 0,27%

Indecisos: 43,53%

Ninguém: 6,70%

NR: 4,01%

Nenhum: 3,12%

Nulos: 0,12%


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

23/05


2019

Deputado diz não ter esquecido Zé Queiroz

Prezado amigo Magno, 

Acabo de ler em sua coluna uma nota à respeito da sessão solene em homenagem ao aniversário de Caruaru. Quero dizer que o deputado estadual Zé Queiroz, assim como os outros 48 da Alepe, foram convidados para a sessão, mas não confirmou presença ainda.

Wolney também foi convidado oficialmente pelo cerimonial da Câmara, mas, da mesma forma, não confirmou presença, de maneira que não houve indelicadeza de minha parte.

As presenças de Zé e Wolney irão abrilhantar ainda mais a homenagem a Caruaru. Minha torcida é pra que eles atendam ao convite feito e compareçam.

Fernando Rodolfo, deputado federal pelo PR.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/05


2019

Branquinho será empossado no dia 3 de junho na Arpe

Ex-prefeito de Bezerros, Severino Otávio foi recebido, ontem, pelo governador Paulo Câmara, no Palácio do Campo das Princesas, para acertar detalhes da sua posse na presidência da Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe), cargo para o qual foi convidado pelo chefe do Executivo Estadual após ter renunciado ao restante do mandato como prefeito. Ele será empossado pelo governador no próximo dia 3 de junho, às 9h, na sede da Arpe, nos Aflitos.

Bacharel em direito e delegado especial da Polícia Civil aposentado, Severino Otávio governou a cidade de Bezerros em duas ocasiões (1973-1976 e 2013-2019). Antes, foi deputado estadual  por dois mandatos (1979-1982 e 1983-1986). Em junho de 1986 foi nomeado conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), órgão que presidiu em duas ocasiões.

Severino Otávio explicou que a reunião com Paulo Câmara serviu para acertar os detalhes e falar do seu entusiasmo com a perspectiva de aprimorar ainda mais o funcionamento da Arpe. "Fiquei honrado com o convite do governador, e me comprometi a atuar para que a Arpe, no seu papel de agência reguladora, atue como um ponto de equilíbrio entre os concessionários e os usuários de serviços", afirmou o novo presidente da agência.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 5

23/05


2019

Inteligência das Forças Armadas aponta tensão nas ruas

Generais da reserva ainda falam grosso.

Coluna do Estadão – Álvaro Bombig

A despeito de enxergarem algum êxito da agenda bolsonarista das ruas e redes sociais na aprovação da MP da Esplanada, militares de alta patente e da ativa avaliam que, neste momento, os protestos convocados para domingo não contribuem para a pacificação do País.

O alerta vem da área de inteligência das Forças. Nos grupos de caminhoneiros, por exemplo, a temperatura está bastante alta. Se os índices de desemprego se mantiverem elevados e a sensação de um Brasil estagnado persistir, o ambiente estará propício para radicalizações, alertam.

Nos grupos dos caminhoneiros, há muita reclamação relativa às condições de trabalho. Circulam vídeos mostrando motoristas drogados. “Olha o perigo que corremos”, diz uma das mensagens, com emojis raivosos.

Para um ex-ministro da Educação, a crise nas universidades ainda manterá potencial aglutinador. Segundo ele, paixão e falta de dinheiro põem as pessoas nas ruas, e o discurso do presidente em favor de cortes e contra os manifestantes é gasolina pura.

Pavio… Enquanto militares na ativa e de alta patente tentam manter certa distância das manifestações de domingo, generais da reserva ainda falam grosso.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/05


2019

Bezerra Coelho quer mais tempo para Senado votar MPs

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, comemorou a aprovação da MP das aéreas pelo plenário da Casa Legislativa. Mas fez uma ressalva.

“Hoje, o Senado é praticamente obrigado a homologar as decisões da Câmara”, reclamou.

Os deputados aprovaram a MP das aéreas na noite da última terça-feira, um dia antes da MP caducar, forçando o Senado a votar o texto sem nenhuma alteração. Isso faria o projeto voltar para a Câmara e caducar.

Dentre as medidas polêmicas que acabaram homologadas pelo Senado está a volta da franquia mínima de bagagens.

Rodrigo Maia prometeu colocar na pauta da próxima semana a PEC que aumenta o prazo para o Senado votar MPs. (Estadão – BR 18)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/05


2019

Marielle: delegado obstruía operação. Dodge cobra PF

Mônica  Bergamo – Folha de S.Paulo

A Polícia Federal já encaminhou o relatório sobre a investigação do assassinato da vereadora carioca Marielle Franco para Raquel Dodge, procuradora-geral da República.

Dodge exigiu que a PF apurasse a conduta de investigadores do caso, no ano passado, depois de várias evidências de irregularidades.

O então ministro da Segurança, Raul Jungmann, também defendeu a medida.

Um delegado da própria Polícia Federal estaria envolvido na tentativa de obstrução da operação, levando uma testemunha para dar falso testemunho e dificultar a solução do caso.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/05


2019

Bolsonaro e os nordestinos: momentos constrangedores

A reunião de Bolsonaro com a bancada do Nordeste, nesta quarta (21), teve momentos constrangedores. Como metade dos parlamentares não compareceu, Onyx Lorenzoni (Casa Civil) chamou para discursar, por mais de uma vez, deputados que não estavam presentes.

Nesta quarta, Onyx também cometeu uma gafe ao incluir na agenda oficial sua participação em uma “festa surpresa” no Planalto. Quase acabou com o evento organizado por servidores para Floriano Peixoto (Secretaria-Geral).

O governo foi aconselhado a não deixar de lado estados que estão com as finanças em dia, acenando apenas aos quebrados.

O gesto precisa ser ampliado, disseram congressistas, mesmo que isso signifique avalizar um volume de empréstimos acima dos R$ 40 bilhões inicialmente previstos.(Painel)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/05


2019

Atos pró-Bolsonaro: Planalto incentiva, sim

Apesar do discurso do Planalto de que os atos pró-Bolsonaro no domingo (26) serão fruto de mobilização espontânea, há forte trabalho de aliados do presidente nos bastidores.

Só o líder do PSL no Senado, Major Olímpio, gravou em um dia 80 áudios e vídeos chamando militantes de cidades de SP às ruas.  (FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/05


2019

PT dia 30: provar resistência popular a Bolsonaro.

Nós contra eles - Deputados do PT trabalham para ampliar protestos de estudantes e professores marcados para o dia 30. A ideia não é enaltecer bandeiras como o “Lula livre”, mas dar maior vazão à convocação.

A sigla vê esses atos como forma de mostrar que há, sim, resistência popular a Bolsonaro.

O novo teste de mobilização contra a política educacional do governo ganhou ainda mais peso após aliados do presidente convocarem marchas em defesa dele no domingo (26).      (Painel – FSP)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/05


2019

Crise faz PT debater rumos

‘Fora, Bolsonaro’ é descartado por desaguar em Mourão

Daniela Lima – Painel - Folha de S.Paulo

Fuga para adiante - A escalada da crise política fez com que dirigentes e líderes do PT promovessem, na terça (21), uma videoconferência para debater que rumo a sigla deve seguir. A data foi escolhida para contemplar a opinião de Lula, ouvido por um aliado em Curitiba.

O petista disse não ver sentido na defesa de um “Fora, Bolsonaro”, pois seria o mesmo que clamar pela ascensão de Hamilton Mourão. A tese do parlamentarismo também não tem guarida na sigla.

A saída, hoje, seria fazer “oposição propositiva”. 

Na avaliação do ex-presidente, para fazer um contraponto ao governo é preciso apresentar projetos alternativos e dar força amovimentos que questionam nas ruas as decisões da atual gestão. Após a conversa informal, o PT chamou reunião de sua executiva, na terça (28). Ela deve sacramentar o direcionamento da sigla.

Lembre do que escrevi - Lula disse a aliados que a legenda precisa abraçar o que propôs no programa de governo de Fernando Haddad para se contrapor a Bolsonaro no campo das ideias. O partido estuda apresentar uma proposta de reforma tributária.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


23/05


2019

Estadão: descompasso com o mundo

Trecho do editorial do Estadão desta quarta-feira, 22.

“Travado pela incerteza, o Brasil deve crescer apenas 1,4% neste ano e perder mais espaço na economia global, segundo as novas projeções da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

O desempenho poderá ser melhor em 2020, com expansão de 2,3%, se empresários, investidores e consumidores estiverem mais confiantes.

Mas isso dependerá de avanço na pauta de ajustes e reformas, com destaque para a mudança da Previdência. Ao acentuar a importância da agenda reformista, os técnicos da OCDE repetem e reforçam a análise dominante no País.

O crescimento agora estimado para a economia brasileira em 2019 é 0,5 ponto menor que o calculado em março.”

Trecho do editorial do Estadão desta quarta-feira, 22.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha