ArcoVerde

13/06


2018

Novo líder do PSB quer denúncia contra Temer

Ao contrário da bancada do PT na Câmara dos Deputados, o novo líder do PSB (que assumirá o cargo na semana que vem) afirmou que não vai dar sossego ao presidente Michel Temer.

O PT acha que Michel Temer tem que continuar no cargo para que haja mais desgaste ainda.

No entanto, Júlio Delgado (PSB-MG) afirmou que deve pressionar para que a terceira denúncia contra Temer chegue à Câmara.

Para ele, isso ajudará o governo a baixar a bola sobre a privatização da Eletrobras.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

Confira os últimos posts



15/12


2018

Flávio: explicação sem nexo; Major Olímpio cresce

Difícil de engolir: Interlocutor não entendeu explicação de Flavio Bolsonaro sobre assessor. Já Major Olímpio cresce no vácuo de Flávio Bolsonaro.

Ricardo Matsukawa/VEJA.com                                                                                                       Reprodução/Reprodução

Da Veja - Coluna Radar - Por Maurício Lima e Pedro Carvalho

 

O títular da Coluna, o jornalista Maurício Lima informa que Flávio Bolsonaro contou a um amigo a explicação que ouviu de Fabricio Queiroz para o 1,2 milhão de reais em suas contas. Mesmo com boa vontade, o interlocutor ficou sem entender nada.

Enquanto isso, o seu colega de coluna, o jornalista, Pedro Carvalho nos conta que nem todos os bolsonaristas ficaram tristes com o caso do motorista. Antes, Flávio era um dos favoritos ao posto de líder do governo no Senado. Agora crescem as chances do Major Olimpio.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Bolsonaro ficava com até 99% do salário dos assessores. É mito mesmo: enganou 57 milhões de trouxas.



15/12


2018

João de Deus entra para a lista da Interpol

João de Deus não se entrega e passa a ser considerado foragido. Médium poderá ser preso por qualquer autoridade brasileira ou pela Interpol, caso não se encontre no país.

Foto: Cristiano Mariz/VEJA/Dedoc

Da redação da Veja

 

João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, é considerado foragido pela força-tarefa que o investiga em Goiás. “Poderá ser preso por qualquer autoridade policial brasileira ou estrangeira, com auxílio da Interpol, caso saia do país”, diz nota divulgada pelo Ministério Público de Goiás neste sábado.

O MP afirma que a polícia não obteve sucesso ao tentar encontrar o médium em seus endereços e que “o comparecimento espontâneo não ocorreu nas 24 horas seguintes à ordem de prisão, a despeito das tentativas de negociação com a defesa”. A prisão preventiva de João de Deus foi decretada na sexta-feira (14).

Neste sábado, o advogado do líder espiritual, Alberto Toron, afirmou que ele iria se entregar espontaneamente. A defesa, porém, disse que não poderia comentar sobre quando isso se daria. Toron afirmou também que deve entrar com pedido de habeas corpus na segunda-feira.

O comunicado divulgado pelo MP também trata da afirmação dos advogados de defesa de que ainda não haviam tido acesso aos depoimentos das mais de 300 mulheres que dizem terem sido abusadas sexualmente por João de Deus. “Houve despacho deferindo o pedido, mas, até o momento, o requerente não procurou o Ministério Público para retirar cópia dos autos, não obstante tentativas de contato”, diz a nota.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/12


2018

Fernando Monteiro anuncia recursos para Itamaracá

O deputado federal, Fernando Monteiro anuncia recursos para avanços em Itamaracá.

Neste sábado, o deputado federal Fernando Monteiro (PP) esteve na Rádio Voz da Ilha FM, em Itamaracá, no Grande Recife, ao lado do prefeito Mosar Tato (PSB) e do deputado estadual eleito Guilherme Uchoa Junior (PSC), no programa “A Cidade em Foco”, sob o comando de Almir Reis. Na pauta, as propostas e projetos em andamento para a cidade. Na ocasião, Fernando Monteiro anunciou a garantia de recursos para aquisição de veículo para combate às endemias na ilha já a partir da próxima semana, além de verba de custeio de R$ 350 mil para a saúde, que viabilizará atendimentos para consultas e exames para os ilhéus.  

A requalificação da Estrada do Sossego foi outro ponto destacado na conversa. Os recursos para o início das obras já foram empenhados pela Caixa Econômica Federal. Após a liberação definitiva, que deve ocorrer anda este mês, o prefeito Mosar Tato vai abrir o processo de licitação. Fernando Monteiro antecipou que, entre março e abril do próximo ano, as obras serão iniciadas. O deputado federal se comprometeu a voltar à ilha para ver o início dos trabalhos. 

O parlamentar também destacou que está trabalhando, junto com prefeito Tato e o governador Paulo Câmara, pela realocação do presídio da ilha nos próximos quatro anos. “Defendo a vocação das cidades, e a de Itamaracá é o turismo. Apostando nesse segmento, vamos trazer mais turistas, gerando mais empregos e fazendo a economia local girar. No meu primeiro mandato trouxe mais de R$ 11 milhões para a cidade, mesmo sem votação expressiva na ilha. Não me envaideço por isso, apenas fiz o meu trabalho”, destacou, aproveitando para anunciar, também em primeira mão, que está trabalhando para a realização do Festival de Verão de Itamaracá.

Ainda na rádio, o prefeito Mosar Tato destacou a importância da renovação do quadro de deputados trabalhando pela cidade. Segundo o gestor, o resultado das urnas consolidou a esperança de mudanças com representantes eleitos que têm compromisso com a ilha. “Quando assumi, sempre disse que o projeto se consolidaria em 2018 com deputados empenhados com Itamaracá, a exemplo de Uchoa Junior, que vai dar continuidade aos projetos do pai Guilherme Uchoa, e de Fernando Monteiro, que sempre foi nosso parceiro, que não se prende a interesses pessoais. No começo da campanha, bem antes, Fernando Monteiro já trabalhava pela cidade. Essa dobradinha (Uchoa Junior e Fernando Monteiro) mostra que podemos almejar, daqui para a frente, uma parceria leal e transparente pela melhoria da qualidade de vida de Itamaracá”, enfatizou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/12


2018

Lula escreve a Dilma e pede: tenha “força” para atacar

Lula pede a Dilma que tenha “força” para atacar, em carta por seu aniversário.

Foto: Verde Vale FM

Estadão Conteúdo

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu à também ex-presidente Dilma Rousseff que tenha forças para “resistir atacando e não se defendendo” em carta pelo seu aniversário. No documento, postado pela própria Dilma em seu perfil no Twitter, Lula afirmou que está preparado para enfrentar o futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e sua condenação. Dilma completou ontem, dia 14, 71 anos.

“Querida Dilma, estou te escrevendo para te dar parabéns por mais um aniversário, que você tenha forças para resistir atacando e não se defendendo”, destacou Lula, em carta publicada hoje pela própria ex-presidente. Afirmou ainda que não vai trocar a sua “dignidade pela sua liberdade”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/12


2018

Dodge dá cotoveladas em Gilmar

Os presos de Gilmar

Foto: Ueslei Marcelino | Reuters                                                            foto: Brasil247

O Globo - Coluna de Lauro Jardim - Por Guilherme Amado

 

Ao defender no mérito por que o habeas corpus liminar de Orlando Diniz deve ser cassado, Raquel Dodge dá raras cotoveladas em Gilmar Mendes, relator do caso e autor da decisão que soltou Diniz provisoriamente. Dodge lembra que há uma súmula no STF que impede os ministros de monocraticamente soltar quem foi mantido preso por decisão de ministro do STJ — como foi o caso de Diniz.

Dodge aponta que, enquanto não seguiu a súmula no caso de Diniz, Gilmar a respeitou em outros. Por exemplo, quando manteve presos um acusado de ter 85,5 gramas de maconha, um suspeito de furtar R$ 140 reais em 2013 e um usuário preso por carregar 6,3 gramas de crack.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/12


2018

Laura destaca pioneirismo de Paulo Câmara com região

Laura Gomes destaca o pioneirismo do governador Paulo Câmara com a entrega do novo serviço de tratamento de câncer em Caruaru.

Foto: Pedro Neto/Laura Gomes destaca o pioneirismo do governador Paulo Câmara com entrega do novo serviço de tratamento de câncer em Caruaru.

A deputada Estadual Laura Gomes (PSB) participou, neste sábado, 15, da inauguração do serviço de Oncologia do Hospital Mestre Vitalino ao lado do governador Paulo Câmara e comitiva. Durante sua fala, Laura Gomes destacou a luta por  um serviço público de qualidade, a partir do ex-governador Miguel Arraes, que se vivo estivesse hoje completaria 102 anos.

Laura lembrou do empenho de Eduardo Campos para a entrega do Hospital Mestre Vitalino para Caruaru e região e ressaltou as ações do governador Paulo Câmara para Caruaru. “Com a nossa ajuda na Assembleia, o governador quebrou paradigmas e superou o tempo em Caruaru. Por mais de 54 anos a Capital do Forró esperou por um novo Batalhão de Polícia, até chegar o BIESP. A cidade também esperou longos 14 anos pela reabertura do Hospital São Sebastião,  que aconteceu este ano e aquela tradicional unidade de saúde já está funcionando a plena capacidade, ajudando a desafogar a emergência do Hospital Regional do Agreste. Agora, testemunhamos uma inauguração pioneira destinada a atender pacientes oncológicos durante muitos anos à frente, rompendo paradigmas no serviço público e no Sistema Único de Saúde no interior de Pernambuco”, afirmou Laura Gomes.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/12


2018

Pastor: negar pautas conservadoras é negar meu mandato

“Não posso negar pautas conservadoras como candidato”, diz integrante da bancada da bala e da bíblia, o delegado e pastor João Campos (PRB-GO), concorrente de Rodrigo Maia (DEM) à Presidência da Câmara dos Deputados.

O pastor e deputado federal João Campos (PRB-GO) Foto: Cleia Viana / Câmara dos Deputados

Da Época - Por Gabriel Hirabahasi

 

Rumo ao quinto mandato como deputado federal, o delegado e pastor João Campos (PRB-GO) tenta aproveitar a guinada conservadora com a eleição do presidente eleito, Jair Bolsonaro, para assumir a presidência da Câmara dos Deputados. "Se eu negasse isso agora como candidato à presidência da Câmara, seria uma negação ao meu mandato".

Campos diz ser favorável ao Estatuto do Nascituro, ao Escola Sem Partido e a uma pauta econômica alinhada à do futuro ministro da Economia: "A reforma da Previdência será prioridade". Integrante das bancadas da Bíblia e da Bala, Campos critica a segunda tentativa de Rodrigo Maia disputar a reeleição ao comando da Casa. Se for eleito, diz que acabará com a possibilidade de reeleição ao cargo. A seguir, trechos da entrevista de João Campos à revista ÉPOCA aqui: “Não posso negar pautas conservadoras como candidato”, diz deputado que quer substituir Maia


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

bm4 Marketing 4

15/12


2018

Concurso da Prefeitura de Caruaru será amanhã (16/12)

Provas do concurso da Prefeitura de Caruaru para provimento de 50 vagas para o cargo de Guarda Municípal serão aplicadas amanhã (16/12).: 

Foto: Blog Gran Cursos Online

As provas do concurso público da Prefeitura Municipal de Caruaru para provimento de 50 vagas para o cargo de Guarda Municipal acontecem amanhã (16/12) e serão aplicadas pela Comissão de Concursos do Instituto de Apoio a Universidade de Pernambuco (Conupe/Iaupe).

O Iaupe, instituição organizadora do concurso, informa que devido a um erro técnico o nome de dois dos 26 locais de provas foi divulgado erroneamente. 

Os candidatos lotados no prédio da Escola Municipal Prof. José Carlos Florêncio Neto devem considerar seu local de prova o prédio da Escola Municipal Prof. José Florêncio Neto, que fica localizado na Rua Olegário Bezerra, s/n – São Francisco – Caruaru. Já aqueles lotados na Escola Municipal Professora Joselia Flor devem se dirigir à Escola Municipal Professora Joselia Florêncio da Silveira, localizada na Rua Maria Helena Gonzaga, s/n – São João da Escócia - Caruaru.

A seleção será realizada em etapas. A primeira é composta de quatro fases, sendo a primeira fase constituída de prova de conhecimentos objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. A prova escrita será composta de 60 questões objetivas de múltipla escolha, realizada em turno único com duração de quatro horas. Os portões de acesso aos prédios onde serão aplicadas as provas serão abertos com uma hora de antecedência do seu início.

A Comissão esclarece, para evitar transtorno no dia da prova, que os candidatos só terão acesso ao local de prova portando, exclusivamente, caneta esferográfica de tinta preta ou azul, fabricada em material transparente, o Cartão Informativo e documento de identificação original.

Não será permitido o acesso de candidatos aos prédios, ou às salas de aplicação das provas, portando armas, materiais de consulta ou de quaisquer outros equipamentos eletrônicos, inclusive telefone celular, smartphonessmartwatches, ainda que desligado e sem a respectiva bateria, mochilas, bolsas, pochete, ou qualquer tipo de bagagem, capacete, chapéu, boné, relógio ou óculos escuros, sob penade ELIMINAÇÃO do concurso.

A comunicação entre os candidatos, utilização de máquinas calculadoras ou similares, livros, anotações, impressos, ou qualquer outro material de consulta, inclusive consulta a códigos e à legislação também NÃO são permitidas.

O gabarito preliminar das provas será divulgado na Internet, no endereço eletrônico www.upenet.com.br, após a conclusão da aplicação das provas. A divulgação do resultado das provas de conhecimento está prevista para o dia 04/01/2019.

Outras informações podem ser obtidas no site do Conupe (www.upenet.com.br), no link: Prefeitura de Caruaru - Guarda Municipal - 2018, através do e-mail: [email protected] ou dos telefones: (81) 3033-7394 / 7397. Confira em anexo o edital completo e a concorrência do certame.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/12


2018

Na flechada

Ricardo Boechat – ISTOÉ

Surgiu o primeiro grupo disposto a realizar atos de protesto na cerimônia de posse de Jair Bolsonaro na Presidência da República.

Tratam-se de indígenas.

Alguns caciques estão mobilizando suas tribos a irem para Brasília em 1º de janeiro.

Pintados para guerra, eles devem gritar e dançar contra o que consideram descaso com as etnias e a Funai, autarquia ainda sem endereço no governo que se forma.

Finalmente chega ao fim o mandato do Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços Marcos Jorge. Em tempos de transição para o novo governo, ele tirou férias. Aliás, pouco teria a contribuir em um ano em que o PIB atingiu um crescimento pífio de 1,8%.

No novo Ministério da Agricultura, a quase extinta Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio será comandada pelo diplomata Orlando Leite Ribeiro, do Departamento de Promoção Comercial e de Investimentos do Itamaraty. Quando chefiou a Divisão de Produtos de Base, ele teve atritos com Kátia Abreu e Blairo Maggi.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Presidente fake.



15/12


2018

Projeto Educalibras encerra com mostra de língua de sinais

“Eu comecei o interesse pelo curso por causa da minha prima, ela é surda e eu via a dificuldade das pessoas se comunicarem com ela, então me apaixonei. E eu consigo enxergar que o trabalho que está sendo feito está proporcionando inclusão”, palavras de satisfação da aluna Acsa Raquel, do nível básico 1 do projeto Educalibras ao falar dos resultados conquistados através do curso, e essas conquistas puderam ser acompanhadas pelos visitantes do Paulista North Way Shopping, na III Mostra de Conhecimento em Libras, na tarde desta sexta-feira (14).

O evento foi marcado de muita aprendizagem e inclusão. Na ocasião, aproximadamente 400 alunos do nível básico 1 e 2, intermediário e avançado do curso, montaram barracas de conhecimento sobre a cultura de sinais. Os participantes do evento puderam interagir com os alunos, aprendendo conhecimentos em múltiplas áreas e de ações diárias como, nomes de frutas, expressões faciais, comprimentos, valores monetários entre outros. Durante todas as apresentações os alunos usavam a língua de sinais, enquanto outro estudante do curso fazia o papel de intérprete.

A emoção ficou por conta da abertura das apresentações, com a interpretação em sinais do hino de Pernambuco, pelo profissional José Gabriel Oliveira e pela professora Ana Carolina, com apoio da voz da intérprete Carla Barbosa.

A mostra marcou o encerramento do curso que duraram seis meses. A coordenadora da Educação Especial do Paulista, Bernadete Brandão, disse que esse evento faz parte da avaliação final do curso. “Eles estão mostrando para comunidade em geral tudo que apreenderam. Eles precisam desse contato com as pessoas para poder se comunicar. O que foi mostrado aqui é totalmente visual, para divulgar a língua de sinais, fazendo com que a população de Paulista venha aprender essa língua, que é muito importante”, ressaltou.

Essa iniciativa veio a partir da Prefeitura do Paulista, através da Secretaria de Educação, que vem promovendo um curso permanente em Libras para população. O secretario-executivo de Educação, Emanuel Souto, ressaltou que o objetivo é criar uma politica de inclusão através do ensino. “São mais de 350 alunos atendidos diariamente. Além desse curso, são proporcionados atendimentos específicos aos alunos da rede municipal, que antes não dominavam a língua e hoje podem ser visto engajados. Isso é um sentimento de dever cumprido”, completou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/12


2018

Guerra entre forças do Estado

A opção do general na guerra entre investigadores do Caso Marielle

Andrei Meireles - Blog Os Divergentes

A vida de militar é estar sempre a postos para a troca de endereço. O general de brigada Richard Nunes está mais uma vez de mudança, transferido do Rio de Janeiro para Brasília. Além de trocar o emprego improvisado de secretário de Segurança do Rio pelo de chefe de gabinete do futuro comandante do Exército, general Edson Pujol, ele vai escapar do fogo cruzado entre autoridades de segurança federais e estaduais.

Trata-se de uma guerra entre forças do Estado sobre a condução das investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes, que, em nove meses, efetivamente ainda não chegaram a lugar algum. Em Brasília, é avaliação quase consensual no Ministério Público, Polícia Federal e em outras agências de inteligência e de segurança que uma das causas da elucidação do Caso Marielle não avançar é porque está sendo sabotada.

O general Richard Nunes é o atual secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, cargo-chave da intervenção federal no Estado. No seu dia-a-dia, ele chefia as polícias civil e militar, e está  no comando dos embates diários, em múltiplas frentes, com as mais variadas formas de criminalidade. Faz isso com um ouvido nos subordinados e outro nos parceiros federais. Quem acompanha de perto os bastidores do que rola na intervenção diz que, até agora, o general vinha se equilibrando em meio ao fogo cerrado entre as duas vertentes da investigação.

Para ler artigo na íntegra basta clicar ao lado: A opção do general na guerra entre investigadores do Caso Marielle..


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/12


2018

Ameaça a Freixo quase não chega ao seu conhecimento

Confusão na distribuição de relatório fez com que documento fosse parar na ouvidoria da Alerj

Antônio Werneck – O Globo

O atentado contra o deputado Marcelo Freixo, que estava sendo planejado por bandidos ligados a uma milícia da Zona Oeste , quase não chega ao conhecimento do parlamentar. Tudo por causa de uma trapalhada no trâmite do documento da Secretaria de Segurança que continha os detalhes do plano.

A confusão na circulação das informações chegou até a provocar uma situação inusitada: foi o próprio político que comunicou a existência do relatório ao general Richard Nunes, secretário de Segurança do Rio. Só após essa conversa, o militar determinou que a Polícia Civil investigasse o caso.

Segundo Freixo, as informações passadas ao Disque-Denúncia foram encaminhadas às 7h43m da última quarta-feira para a Assembleia Legislativa (Alerj), mas os dados foram parar no serviço de ouvidoria, o Alô Alerj, que recebe todas as demandas feitas aos deputados pela população.

De acordo com o protocolo que orienta a difusão de documentos sigilosos, o relatório deveria ter sido enviado à Coordenadoria de Segurança da Alerj.

Em nota ao GLOBO, a Secretaria de Segurança informou que “todos os protocolos foram seguidos na denúncia de ameaça ao deputado estadual Marcelo Freixo”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha


15/12


2018

Lava Jato: réveillon na cadeia

Foto/internet/IG

 IstoÉ -Ricardo Boechat

O ano começou e terminará sem que o ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque, consiga um acordo de delação premiada. Ele já prestou depoimentos e cooperou com investigações abertas em países como Noruega, Panamá e Itália. Porém, condenado a mais de 30 anos de reclusão, não ofereceu relatos que enchessem os olhos do MPF e que justificassem a sua pretensão de reduzir 2/3 da pena. As tratativas com a PF também amuaram. Enquanto isso, só com a confecção de carteiras para deputados federais a Câmara gastará R$ 122 mil. Os documentos terão capas em couro fino e conterão os dados pessoais dos parlamentares. Não se sabe quantos as ostentarão até 2022, quando terminarão os mandatos. Muitos caem pelo caminho, metidos em confusões. Ao preço de R$ 149,50 cada, o mais econômico seria usar a carteira de identidade, que serve até para entrar nos países do Mercosul.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

NÃO É O SUMIÇO DO MOTORISTA QUE É ESTRANHO, MAS O silêncio DO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL E FEDERAL E DO JUDICIÁRIO BRASILEIRO.



15/12


2018

Paulo Guedes prevenido contra pressão dos governadores

Ricardo Boechat

As articulações no Congresso para o Orçamento de 2019 ser votado até quinta-feira 19, na visão de alguns líderes partidários, já não interessam tanto ao futuro ministro Paulo Guedes.

Diante dos projetos diminuindo as receitas da União aprovados nos últimos dias pelo Legislativo, ele sinaliza preferir que o governo comece o ano limitado a gastar 1/12 do orçamento de 2018.

Assim, livre de mais pressões por dinheiro, sobretudo dos novos governadores, e com uma renovada bancada na Câmara e no Senado, a partir de fevereiro o Ministério da Economia conseguirá negociar um orçamento bem afinado às prioridades do novo governo.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Até quando a imprensa vai esconder o motorista e a mulher do presidente fake caixa 2?

Fernandes

É hora da igreja governar — de cima de um pé de goiaba — Damares Alves



15/12


2018

Intrigas palacianas: diplomatas se estranham

A verdade sobre a demissão do diplomata que cuidava da posse de Bolsonaro

Paulo Uchôa Filho foi desligado do cerimonial por discordar de Ernesto Araújo em relação a convites a Venezuela e Cuba

Bela Megale - OGlobo

A demissão de Paulo Uchôa Ribeiro Filho, diplomata que estava à frente do cerimonial da posse presidencial de Jair Bolsonaro, dominou nos últimos dias as rodas de conversas do Itamaraty. O burburinho era de que o futuro ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, demitiu Uchôa Filho, conceituado diplomata que está na carreira há cerca de duas décadas, porque ele havia curtido publicações críticas ao presidente eleito em redes sociais.

Os “likes”, porém, foram só uma justificativa para o desligamento de Uchôa Filho, que já tinha ganhado a confiança do presidente eleito e até havia sido convidado por ele para assumir o cerimonial do Palácio do Planalto. Os problemas do diplomata começaram quando ele questionou a ordem do chefe, Ernesto Araújo, de não convidar representantes de governos de Cuba e Venezuela para a posse no dia 1o. de janeiro.

Sem sucesso na tentativa de demover Araújo, o diplomata aproveitou a incipiente aproximação com o presidente eleito para falar com o próprio. Na conversa, conseguiu convencê-lo da importância de fazer o convite aos dois países que com frequência são alvos de críticas de Bolsonaro e seus aliados.    

Araújo soube da reunião e perdeu a cabeça. Sentiu-se traído pelo subordinado e imediatamente pediu que presidente o demitisse. Após a insistência do chanceler, a cabeça de Uchôa Filho foi cortada a três semanas da cerimônia de posse.     

Na onda de mudanças no Itamaraty, quem recebeu boa notícia pelos serviços prestados foi o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann. Nesta sexta-feira, o presidente Michel Temer assinou nomeação de Jungmann como representante permanente do Brasil na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que reúne nove países de língua portuguesa. O ministro está de malas prontas para se mudar para Lisboa, onde fica a sede do instituição.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

A academia onde a ex-assessora de Flávio Bolsonaro trabalhava pertence a Luciano Huck e foi a mesma onde Aécio lavou dinheiro.

Fernandes

NÃO É O SUMIÇO DO MOTORISTA QUE É ESTRANHO, MAS O silêncio DO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL E FEDERAL E DO JUDICIÁRIO BRASILEIRO.

Fernandes

O Governo que não assumiu virou uma Feira da Fruta: Tem laranja, goiaba e açaí…E eleitores bananas…

Fernandes

Crime de extorsão de funcionários e enriquecimento ilícito. E vão dar posse pra esse mafioso?

Fernandes

Não, o bolsonaro não te enganou o cara foi deputado do RJ por 30 anos e não fez NADA. A família enriqueceu 432% em 4 anos, o cara não fez o MÍNIMO: Não compareceu aos debates. 120% despreparado pra ser presidente, ele não te enganou, tu que é um jumento mesmo!


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores