Prefeitura do Cabo

09/02


2018

União de juízes quer Gilmar fora de ação contra voto impresso

A União Nacional de Juízes Federais (Unajuf) quer que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes se declare impedido de relatar a ação que pretende barrar o voto impresso. O caso foi redistribuído a Gilmar na quarta-feira, depois de o ministro Luiz Fux, recém empossado presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), se declarar suspeito.

Para justificar o pedido, a Unajuf cita um contrato de 2016 entre o tribunal e uma empresa para a compra de impressoras. À época, Gilmar Mendes era presidente do TSE e assinou o documento. O ministro do STF já se manifestou contrariamente à mudança, que terá alto custo aos cofres públicos: a implementação do voto impresso em todas as zonas eleitorais vai custar 2,7 bilhões de reais, segundo o TSE. Neste ano, 5% das urnas, no máximo, terão impressora acoplada.

Em nota, a entidade de juízes afirma que “poderá o Ministro, se acaso decidir em sentido contrário aos seus atos praticados na qualidade de gestor de contrato, ser responsabilizado para devolução das cifras pagas pela União”. As cifras, no caso do contrato, eram de 7 milhões de reais para a compra de novas impressoras de voto.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) protocolou uma ação direta de inconstitucionalidade contra a impressão do voto, alegando que representa risco “à confiabilidade do sistema eleitoral, fragilizando o nível de segurança e eficácia da expressão da soberania nacional por meio do sufrágio universal”.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Quentura

Cérebro de bolsoamebas fica no intestino, né, e ninguém pode negar.... ninguém pode negar....ninguém pode nega

marcos

Lula é Ladrão e ninguém pode negar.... ninguém pode negar....ninguém pode negar

Quentura

MARCO ANTÔNIO VILLA AFIRMA QUE JAIR BOLSONARO E SEUS ELEITORES SÃO NAZISTAS. Eita!

Quentura

Quem é mais Ladrão , Aécio, Maluf, Jucá, Temer ou Mordido do porco?

marcos

Quem é mais Ladrão Lula, Aécio, Maluf, Jucá, Temer ou Mordido do porco?

Quentura

O que será que passa na mente de um pobre de direita quando ver alguém distribuindo sopa a mendigos?

Quentura

Todos os comunistas no CU de sonia a velha de 64, só eu tenho 23 centimentro de piroca , vou rascar as pregas se ela ainda tiver, alcoólatra, carente vive caindo pelas calçadas. Quero desmoralizá-la essa direitista sem-vergonha, bandida.

Quentura

Esse ministro é arretado de bom!

sonia

Ótima notícia.


Ipojuca

Confira os últimos posts



16/10


2018

Ciro e França numa chapa em 2022?

Portal BR18

Um exercício de futurologia começou a ser feito hoje no Congresso. O governador de São Paulo, Márcio França, do PSB, se reelege para o cargo e se fortalece politicamente. Ciro Gomes, do PDT, decide se candidatar outra vez ao Planalto. PDT e PSB se aliam e formam uma chapa presidencial de centro-esquerda para 2022, com Ciro na cabeça e França na vice, esnobando o PT.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

O PT PODE TER TODOS OS DEFEITOS DO MUNDO, PORÉM NUNCA VOTOU CONTRA OS TRABALHADORES!

Fernandes

Pastor evangélico vê Bolsonaro como prévia do anticristo e alerta cristãos. O pastor Hermes Carvalho Fernandes, líder nacional da igreja Rhema Brasil, publicou em seu perfil pessoal nas redes sociais um texto de Rodolpho Medeiros, em que afirma que o candidato à presidência Bolsonaro (PSL) é uma espécie de prévia do anticristo, ilustrado na Bíblia no livro de apocalipse. O personagem será uma pessoa que se levantará para governar o mundo durante a chamada “grande tribulação”, no fim dos tempos. Com uma lábia fácil, ele convencerá as pessoas de que é bom, mas produzirá muitas mortes e destruição da fé e dos valores cristãos do amor.


Gravatá

16/10


2018

Ibope: PT tem 22% e PSL, 12% da preferência dos eleitores

Pesquisa Ibope para presidente divulgada ontem também levantou quais os partidos que têm maior preferência ou simpatia dos eleitores.

De acordo com os dados, o PT permanece em primeiro lugar na simpatia dos eleitores, tendo sido citado por 22%. Entretanto, considerando a pesquisa de 20 de agosto, houve uma queda de sete pontos percentuais neste quesito. Em outro item avaliado, a rejeição ao partido subiu 13 pontos, considerando a pesquisa de 4 de setembro, que mediu em quais partidos o eleitor não votaria.

Já o PSL passou do 1% da simpatia dos eleitores, registrado em 20 de agosto, para o percentual de 12% nesta pesquisa mais recente, na qual também apresenta 7% de rejeição. Veja abaixo a evolução dos cinco mais bem posicionados na simpatia dos eleitores e os dados da pesquisa atual:

Preferência ou simpatia

  • PT - 22%
  • PSL - 12%
  • PSDB - 4%
  • NOVO - 3%
  • MDB - 2%
  • PSOL - 2%
  • PDT - 1%
  • PSB - 1%
  • PTB - 1%
  • PV - 1%
  • SOLIDARIEDADE - 1%
  • REDE - 1%
  • Outros com menos de 1% - 4%
  • Nenhum/ Não tem preferência - 40%
  • Não sabe/ Não respondeu - 6%

Rejeição – não votaria

  • PT - 42%
  • PSDB - 7%
  • PSL - 7%
  • MDB - 3%
  • PSOL - 3%
  • PMB - 2%
  • DEM - 1%
  • PC do B -1%
  • PSB - 1%
  • Outros com menos de 1% - 5%
  • Poderia votar em todos (esp.) - 11%
  • Não sabe/ Não respondeu - 18%

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Entrevistados: 2506 eleitores em 176 municípios
  • Quando a pesquisa foi feita: 13 e 14 de outubro
  • Registro no TSE: BR-01112/2018
  • Nível de confiança: 95%
  • Contratantes da pesquisa: TV Globo e "O Estado de S.Paulo"
  • O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

PROPOSTAS DE BOLSONARO AGRAVAM A DESIGUALDADE, As medidas propostas pelo Bolsonaro e o (ministro da Fazenda dele) Paulo Guedes pioram uma situação que já tinha ficado ruim com a reforma trabalhista do governo Temer.

Fernandes

Ku Klux Klan com Bolsonaro. David Duke, ex-líder do grupo estadunidense Ku Klux Klan, elogiou os posicionamentos racistas do candidato Jair Bolsonaro (PSL). “Ele soa como nós”, disse o Duke em seu programa de rádio em que defende a supremacia branca. A Ku Klux Klan (KKK) é uma união movimentos reacionários e extremistas, como a supremacia branca, o nacionalismo branco, a anti-imigração. Atuam principalmente contra os negros, judeus e latinos. A KKK surgiu em 1865.

Fernandes

vocês são lixo mesmo, Neonazistas. Não esquecer neonazistas o PT tem a maior bancada na câmara, o bolsomito vai ter que negociar. Babacas.KKKK

ROGÉRIO ALVES

voces são lixo mesmo, querendo destorcer as informações, mesmo mudando a forma de informação pois o que interessa é Bolsonaro 59 Haddad 42

Fernandes

Haddad é melhor.

Amigo do Pajeú

Addad vai virar o jogo !


Camaragibe

16/10


2018

Senado vota projeto que regulamenta duplicata eletrônica para redução de juros e ampliação do crédito

O Plenário do Senado deve analisar e votar, hoje, em regime de urgência, projeto de lei que regulamenta a emissão de duplicata escritural ou eletrônica. A matéria, originária da Câmara dos Deputados e relatada temporariamente hoje pelo senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, institui a forma virtual do documento com o objetivo de modernizar e dar mais segurança ao uso da duplicata eletrônica em substituição aos títulos físicos ou cartulares.

“A adoção do meio virtual trará diferentes benefícios aos consumidores e comerciantes, como a redução das possibilidades de fraudes que podem ocorrer por meio da emissão de ‘duplicatas frias’; isto é, títulos falsos que não correspondem a uma obrigação real e que muitas vezes são levados a protesto sem o conhecimento do suposto devedor”, explicou Fernando Bezerra, durante a leitura do relatório produzido pelo senador Armando Monteiro (PTB-PE) ao Projeto de Lei da Câmara 73/2018.

Conforme reforçou Bezerra Coelho, a duplicata eletrônica representará maior segurança comercial e mais proteção aos cidadãos. “Poupa-se o dinheiro e o tempo gastos com ações judiciais que são abertas para se demonstrar a inexistência do crédito cobrado”, observou Fernando Bezerra, ao destacar que o documento virtual contribuirá para a desburocratização, extinguindo-se o Livro de Registro de Duplicatas e facilitando a negociação, cobrança e execução de dívidas.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Olinda Dia e Noite

16/10


2018

“A esquerda só é unida na cadeia”, diz Mourão sobre ataques de Cid ao PT

O general Hamilton Mourão, candidato a vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), disse, ao Blog da Andréia Sadi, hoje, que as declarações do senador eleito Cid Gomes (PDT-CE) sobre o PT são reflexo dos erros do partido adversário que insistiu "nesta coisa patética" de lançar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato e não criar outra liderança.

"Tem aquela frase antiga, de que a esquerda só é unida na cadeia, porque é obrigada a andar junta", disse o general ao blog.

Ontem, Cid disse, durante ato a favor do candidato à Presidência, Fernando Haddad, que o PT deveria fazer um "mea culpa". Cid Gomes disse, ainda, que o partido "criou" Bolsonaro e que o PT vai perder "feio" a eleição presidencial porque petistas fizeram "muita besteira".

O vice de Bolsonaro admite ao blog que, se o candidato fosse Ciro Gomes (PDT), seria mais competitivo, melhor para a esquerda do que Fernando Haddad, "que não tem tamanho nacional, uma certa timidez e não é unanimidade dentro do partido". Ciro Gomes ficou em terceiro lugar no primeiro turno com 13.344.366 votos, 12,47% do total.

"Perderam 4 meses nesta discussão patética de Lula candidato. Não produziram outra liderança. Se o PT tivesse fechado com Ciro, ele teria mais visibilidade", disse o general.

Repercussão

No comitê de Fernando Haddad, aliados do candidato viram na fala de Cid um ensaio para lançar Ciro candidato à Presidência em 2022.

Ouvida pelo blog, a vice de Ciro, senadora Katia Abreu, apoiou o irmão do presidenciável: "Coisa boa. Não voto nesse povo nunca mais. Votei em Dilma".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Esse é um tremendo tabacudo.

Roberto de Lima Barros

Se houver eleição em 2022?



16/10


2018

Jarbas retoma trabalhos na Câmara recebendo prefeitos

Nesta retomada dos trabalhos na Câmara dos Deputados, Jarbas Vasconcelos, senador eleito, recebeu prefeitos do Estado em seu gabinete. Tiveram reuniões os prefeitos de Orocó, Gueber (PT), de Cabrobó, Marcílio Cavalcanti (MDB) e a prefeita de Dormentes, Josimara Cavalcante (PTB). Na pauta, a busca por mais recursos e ajuda ao nosso povo, principalmente nas áreas de saúde, educação, agricultura e obras de infraestrutura.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Fake marcos neonazista, tu vai ficar sem 13º e bolsa família otário.

marcos

KitgayTuperdeuOtário.


Prefeitura de Carpina

16/10


2018

PSB de Pernambuco reafirma apoio a Haddad no 2º turno

A Executiva Estadual do Partido Socialista Brasileiro reafirmou, ontem, apoio ao candidato à presidente da República Fernando Haddad (PT) durante o segundo turno das eleições 2018. Durante reunião realizada no Recife Praia Hotel, que contou com a presença do governador e vice-presidente nacional do PSB Paulo Câmara, os membros da Executiva aprovaram, por unanimidade dos presentes, resolução indicando o apoio irrestrito ao petista. No encontro, também foi feita uma avaliação do resultado das eleições em Pernambuco. O senador reeleito Humberto Costa (PT) também esteve presente no ato.

Antes de iniciar a votação, o governador Paulo Câmara agradeceu a participação da militância nas eleições, que contribuiu para a eleição estadual no primeiro turno, e falou sobre a responsabilidade dos socialistas na disputa presidencial. “Temos pouco mais de 10 dias para o segundo turno. Temos uma responsabilidade grande. O cenário que se apresenta é difícil, mas é possível uma reversão. Temos que fazer o dever de casa, multiplicar a eleição de Fernando Haddad porque vamos precisar do governo de Haddad. O Brasil precisa de pessoa com ideias fundamentadas na democracia e no olhar para os mais pobres. E é essa mensagem que a gente precisa levar ao povo pernambucano”, destacou Paulo.

Vice-presidente nacional socialista, Paulo também destacou que o resultado das eleições mais uma vez mostrou a força da legenda no Estado e seu peso no PSB nacional. O governador foi o candidato majoritário em 149 municípios e ganhou em todas as regiões do Estado, além de ter o maior número de eleitos entre os diretórios estaduais. “Vamos seguir para 16 anos (na gestão), mostrando que estamos no caminho certo. Eu fiz questão de estar aqui hoje para agradecer a vocês, pedir empenho nesse segundo turno e nos colocar à disposição porque temos muito o que fazer. É importante a vitória de Haddad em Pernambuco e ajudá-lo a ganhar em nível federal também”, enfatizou Paulo.

O presidente estadual Sileno Guedes, por sua vez, mostrou o quadro do PSB em Pernambuco, que elegeu as maiores bancadas de deputados estaduais e federais, além de ter eleito os parlamentares mais votados do Estado. “O PSB se apresenta como uma força importante e o que a gente trouxe aqui ratifica o que foi discutido na Executiva nacional na semana passada. É importante estarmos unidos para reforçarmos o nosso irrestrito apoio à Haddad no segundo turno”, declarou. O dirigente também comunicou a realização de um encontro com prefeitos da Frente Popular na próxima sexta-feira (19), em Gravatá, em prol da candidatura de Fernando Haddad.

Acompanhado de Dilson Peixoto, o senador Humberto Costa agradeceu o empenho da Frente Popular no primeiro turno e falou sobre a necessidade de vencer o candidato da oposição no segundo turno presidencial. “Nossa vitória é fundamental para barrar caminho até a barbárie e para retomarmos um projeto que seja capaz de promover igualdade e inclusão para o povo brasileiro”, comentou.

Além da Executiva Estadual, o ato também contou com a participação de prefeitos da Região Metropolitana e da Mata Norte, além de deputados eleitos em 2018.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Não esquecer, neonazistas o PT tem a maior bancada.

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

kkkk. Vai ter de pedir a bênção ao Capitão. Os comunistas não vão mais receber recursos e fazerem o que querem. Tem de prestar contas. Tem de bater continência.

marcos

Olha que clima de Velório no PSB. AcabouBabaca

marcos

O 13 acabou, agora é só 17 Babaca

Fernandes

PERSPECTIVA DE PODER EMBRIAGA BOLSONARO E AS CONFUSÕES JÁ COMEÇAM. A vantagem provisória nas pesquisas de intenção de voto tem feito o candidato Jair Bolsonaro agir como se já fosse presidente, o que tem causado muita confusão até na virtual agenda internacional. O impacto econômico dos delírios do ex-militar já começam a causar problemas diplomáticos.

Fernandes

Fake marcos neonazista. O ministro do TSE Carlos Horbach determinou a remoção de vídeos no Facebook e Youtube nos quais Jair Bolsonaro inventa a existência de um inexistente kit gay que teria sido distribuído em escolas do país pelo MEC, acusando falsamente Fernando Haddad de ser o criador e distribuidor do tal kit; a decisão do TSE prova que nunca houve esse tal kit.


bm4 Marketing 4

16/10


2018

TSE manda remover da internet vídeos de Bolsonaro contra o kit gay

O ministro Carlos Horbach, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou a remoção de vídeos publicados no Facebook e Youtube nos quais o candidato a presidente pelo PSL, Jair Bolsonaro, aparece criticando a suposta distribuição pelo Ministério da Educação a escolas públicas de um livro, dentro do chamado “kit gay”.

O kit fazia parte do programa Escola Sem Homofobia, que Bolsonaro atribui ao adversário Fernando Haddad, candidato pelo PT e ex-ministro da Educação.

A decisão que mandou remover os vídeos da internet foi assinada ontem e atendeu a pedido da campanha de Haddad. A defesa do petista nega que houve distribuição do livro, segundo declarações do Ministério da Educação e da editora que o publicou.

Na decisão, o ministro concluiu que o vídeo "gera desinformação no período eleitoral, com prejuízo ao debate político". "É igualmente notório o fato de que o projeto 'Escola sem Homofobia' não chegou a ser executado pelo Ministério da Educação, do que se conclui que não ensejou, de fato, a distribuição do material didático a ele relacionado", escreveu na decisão.

No total, os advogados de Haddad pediram ao TSE a remoção de 42 links da internet relacionados ao tema, mas o ministro mandou retirar do ar apenas 6, nos quais Bolsonaro diz que o livro era distribuído. Disse que os demais não tiveram sua "veracidade posta em xeque".


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Deixem de papagaiadas neonazistas. Kit gay nunca existiu. Esses neonazistas gostam de gay. Sei não, sei não...

JOÃO FREIRE CORRÊA LIMA

Acontece que só não foi emplacado o Kit Gay por termos deputados e senadores que protestaram. Um deles, o mais aguerrido, foi o Bolsonaro. Não adianta, todos sabem, que o poste indicado pelo presidiário Lula ladrão, queria implantar o Kit. Bolsonaro 17 e PT saudações.

marcos

Cid para os Petistas: Tu perdeu a eleição Otário. kkk

Fernandes

PERSPECTIVA DE PODER EMBRIAGA BOLSONARO E AS CONFUSÕES JÁ COMEÇAM. A vantagem provisória nas pesquisas de intenção de voto tem feito o candidato Jair Bolsonaro agir como se já fosse presidente, o que tem causado muita confusão até na virtual agenda internacional. O impacto econômico dos delírios do ex-militar já começam a causar problemas diplomáticos.

Fernandes

Fake marcos neonazista. O ministro do TSE Carlos Horbach determinou a remoção de vídeos no Facebook e Youtube nos quais Jair Bolsonaro inventa a existência de um inexistente kit gay que teria sido distribuído em escolas do país pelo MEC, acusando falsamente Fernando Haddad de ser o criador e distribuidor do tal kit; a decisão do TSE prova que nunca houve esse tal kit.


BM4 Marketing

16/10


2018

Deputado organiza ato contra corte de recursos da Assistência Social

A Frente Parlamentar em Defesa do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) realiza, amanhã, às 14h, no Salão nobre da Câmara dos Deputados, um ato em defesa do Orçamento do SUAS em 2019.  O objetivo do evento é reforçar a importância do orçamento para a área e reforçar o posicionamento contra os constantes cortes promovidos pelo governo federal.
 
Para m 2019, a proposta orçamentária apresenta uma redução de R$ 30 bilhões, o que representa 50% do valor necessário para o pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) para pessoa idosa e pessoa com deficiência. Caso isso ocorra, mais de dois milhões de pessoas deixariam de receber o benefício previsto na Constituição. Só em Pernambuco, de acordo com a Frente Pernambucana em Defesa do SUAS, seriam afetados 160 mil beneficiários. 
 
Se a proposta for aprovada, também haverá cortes no Bolsa Família, estimados em mais de 575 mil famílias em Pernambuco. Atualmente, o programa atende 1,1 milhão de famílias no estado, representando cerca de 35% da população pernambucana.
 
O presidente da Frente Parlamentar em Defesa do SUAS, deputado Danilo Cabral (PSB-PE) defende que o orçamento na assistência social deve ser priorizado, visto que atende muitas famílias em situação de vulnerabilidade. “Mais uma vez podemos ver as consequências do teto dos gastos, que congelou o orçamento da educação, a saúde e assistência social. Vamos mostrar nosso descontentamento através desse ano na quarta-feira”, afirma o deputado.
 
Danilo Cabral também é autor da Proposta de Emenda à Constituição, a PEC 383/17, que visa fortalecer o SUAS, propondo que a União aplique, anualmente, nunca menos de 1% da Receita Corrente Líquida do respectivo exercício financeiro no financiamento do Sistema. “Seria uma forma de acabar com a instabilidade que ameaça o Sistema, estabelecendo uma vinculação na Constituição para acabar com a instabilidade que ameaça o Sistema”, explica.  
 
Além da Frente Parlamentar em Defesa do SUAS, o ato terá a participação de representantes do Conselho Nacional de Assistência Social; do Fórum Nacional de Secretários de Estado da Assistência Social; do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social; dos Fóruns Nacionais de Trabalhadores e Usuários do SUAS e de entidades e organizações de Assistência Social.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Asfaltos

16/10


2018

Guimarães: Cid nos tratou de forma desrespeitosa

O deputado federal José Guimarães (PT), coordenador da campanha de Fernando Haddad no Ceará, reagiu à explosão crítica contra o PT que o senador eleito Cid Gomes teve ontem à noite. Para Guimarães, a atitude de Cid, irmão de Ciro Gomes, “foi desrespeitosa”.

“Lamento profundamente a forma desrespeitosa como fomos tratados pelo senador Cid Gomes (o senador que o PT apoiou) ao criticar o PT em um momento inadequado e que só contribuiu para gerar desconfiança e incertezas da nossa vitória”, afirmou.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Não esquecer neonazistas o PT tem a maior bancada.

ROGÉRIO ALVES

melhor JAIR se acostumando.

marcos

DollarnaCuecaAcabouBabaca



16/10


2018

A charge do dia


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Não esquecer neonazistas o PT tem a maior bancada na câmara. Babacas.KKKK

marcos

O 13 Acabou, agora é só 17 Babaca

Fernandes

Fake marcos neonazista, vc vai ficar sem 13º e sem bolsa família. Babaca!

marcos

KitgayVocêPerdeuBabaca



16/10


2018

Aliados de Bolsonaro já disputam espaço e indicações

Grupo do Rio indica médico de SP para a Saúde em caso de vitória e é desautorizado pelo candidato; Agricultura é outro foco de atrito

Igor Gielow – Folha de S.Paulo

Grupos aliados de Jair Bolsonaro (PSL) estão se enfrentando pela primazia na indicação de nomes de seu ministério, criando atritos no entorno do presidenciável a menos de duas semanas do segundo turno da eleição.

O mais recente foco é o Ministério da Saúde. O grupo liderado pelo comando do partido de Bolsonaro fez circular na semana passada o nome de Henrique Prata, diretor do Hospital Amor (antigo Hospital do Câncer de Barretos).

Bolsonaro gosta do médico, mas divulgou um áudio no fim de semana a aliados negando o convite para o caso de vitória no segundo turno.

Na quinta (11), havia feito a mesma declaração à Rádio Jornal de Barretos. “Nunca conversamos sobre essa possibilidade. Não quero desmerecê-lo, quero restabelecer a verdade”, disse à emissora.

Prata é defendido pela dupla do Rio, como são conhecidos Gustavo Bebianno e Paulo Marinho, respectivamente presidente interino do PSL e suplente de Flávio, o filho de Bolsonaro eleito senador pelo partido no estado.

Marinho, empresário, tem ligações com a comunidade médica paulista.

É próximo do cardiologista Roberto Kalil, a quem pediu que enviasse uma equipe do Hospital Sírio-Libanês para atender Bolsonaro em Juiz de Fora logo após o atentado a faca que o candidato sofreu, em setembro.

Já o chamado grupo dos generais, formado por oficiais da reserva responsáveis pelo programa de governo do presidenciável, e o economista Paulo Guedes têm outro nome em mente.

Querem que a Saúde seja ocupada por médico Nelson Teich, presidente do centro de oncologia COI, do Rio.

Ele esteve na semana passada com Bolsonaro para deixar seus planos, que passam por um programa de racionalização de gestão —tema de seu mestrado na Universidade de York, no Reino Unido.

O grupo, contudo, não quer forçar o nome de Teich para evitar sinalizar publicamente suas desavenças com a dupla do Rio na reta final da campanha. Além disso, Bolsonaro é quem sempre tem a palavra final, de todo modo.

Faturas amargas passadas, contudo, tenderão a emergir após a campanha. Bebianno, por exemplo, travou ríspidas discussões com quase todos os grupos que orbitam a candidatura —e, na maioria das vezes, as venceu, deixando ressentimentos pelo caminho.

Outra aresta se encontra na escolha do nome para a nova pasta que submeterá o Meio Ambiente à Agricultura, caso o deputado vença o pleito.

O nome natural para os aliados mais antigos de Bolsonaro é o de Luiz Antonio Nabhan Garcia, presidente da União Democrática Ruralista e um dos primeiros apoiadores da candidatura do PSL.

Na quinta passada, 18 deputados da Frente Parlamentar da Agricultura foram reafirmar o apoio do grupo suprapartidário ao deputado, levando uma agenda com diversos pontos defendidos pelo setor.

Eles traziam também a sugestão de que o senador eleito Luiz Carlos Heinze (PP-RS) seria seu favorito.
Alertados por bolsonaristas de que isso seria lido como uma ofensa pelo presidenciável, que faz campanha montado na promessa de que não aceitará indicações políticas, não falaram nada. Mas o recado foi dado indiretamente.

 Como publicou o Painel da Folha nesta segunda, Nabhan não tem apoio na frente e na Confederação Nacional da Agropecuária, embora seja bem aceito pelo setor produtivo —que será o fator determinante para a escolha, segundo diz Bolsonaro.

A acomodação de forças no entorno de Bolsonaro também é vista entre a nova e emergente bancada do PSL.

Alguns campeões de voto do primeiro turno, como a deputada federal eleita Joice Hasselmann (SP) e a deputada estadual Janaina Paschoal (SP), têm enfrentado resistências.

Um episódio exemplar foi a tentativa de gravação de apoio do presidenciável ao candidato a governador João Doria (PSDB-SP), na sexta-feira.

Joice fez a intermediação com Bebianno e levou o tucano à casa de Marinho, no Rio. Bolsonaro, em acordo com o senador eleito Major Olímpio (SP), desafeto de Doria, deu o bolo no candidato.

Líder do PSL-SP, Olímpio já declarou voto no governador paulista, Márcio França (PSB).

Segundo amigos, Janaina vem se queixando do que considera falta de diretrizes unificadas na campanha —de resto, uma marca do modus operandi de Bolsonaro ao longo do ano. A Folha não conseguiu falar com ela sobre o tema.
 

OS PONTOS DE ATRITO

- Indicação de nomes para ministérios como Agricultura e Saúde

- Indefinição de prioridades da campanha no segundo turno

- Tentativa orquestrada por deputada do PSL em SP  de colar nome de Bolsonaro ao do candidato tucano João Doria


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Os neonazistas já comeram a brigar. Não esquecer neonazistas o PT tem a maior bancada na câmara. Babacas.KKKK

marcos

O 13 já acabou, agora é só 17 Babaca

Fernandes

Fake marcos neonazista, vc vai ficar sem 13º e sem bolsa família. Babaca!

marcos

FolhadeS.PauloVocêPerdeuBabaca



16/10


2018

Derrota do filho no Rio doeu muito

ex-governador do Rio Sérgio Cabral ficou abalado com a derrota de seu filho Marco Antonio, candidato a deputado federal pelo MDB.

O ex-governador, que está preso em Bangu 8, quase não saiu da cama no dia seguinte à eleição.

Cabral disse para outros detentos que ficou decepcionado com o fato de Eduardo Paes (DEM-RJ) também não ter conseguido se eleger governador do Rio no primeiro turno. Ele disputa o cargo com Wilson Witzel (PSC-RJ).(Mômica Bergamo – Folhasp)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Fake marcos neonazista, vc vai ficar sem 13º e sem bolsa família. Babaca!

marcos

HadadPerdeuBabaca



16/10


2018

Ministros: comissão do TSE contra fake news falhou

Magistrados acreditam que é tarde para providência efetiva contra as mentiras

Mônica Bergamo –Folha de S.Paulo

Ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) avaliam que a comissão criada pelo ex-presidente da Corte, Luiz Fux, para combater as fake news, falhou na missão de coibir as notícias falsas divulgadas na eleição. Outras medidas até agora também têm se mostrado inócuas.

Os magistrados acreditam que é tarde para uma providência efetiva contra as mentiras, já que o tribunal está “no meio do vendaval”, segundo um dos ministros.

Na segunda (15), a presidente do TSE, Rosa Weber, convocou as campanhas de Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) para uma reunião contra as fake news.

O candidato do PT, que já foi acusado até de distribuir mamadeiras eróticas, chegou a propor um acordo com o adversário. Bolsonaro o chamou de “canalha” e disse que também é vítima de mentiras —como a de que aumentará o imposto para os mais pobres.

O Ibope fez uma pesquisa sobre a campanha para o comando da OAB-SP —o novo presidente da entidade será eleito no fim de novembro. Marcos da Costa, que hoje ocupa o cargo, tem 35% das intenções de votos. O segundo colocado, Sergei Arbex, chega a 6%. Os indecisos ainda são muitos: 39%. 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Fake marcos neonazista, vc vai ficar sem 13º e sem bolsa família. Babaca!

marcos

OPTPerdeuBabaca



16/10


2018

Vaquinha que não dá leite em Minas

Embora alguns dos 52 deputados eleitos pelo PSLtenham milhões de seguidores na internet, apenas 12 conseguiram recursos por meio de vaquinhas virtuais. Arrecadaram R$ 135 mil, ou 1% das receitas declarad

Acusado na disputa eleitoral em Minas Gerais pela prática de preços abusivos na sua rede de postos de combustíveis, o grupo do candidato a governador Romeu Zema (Novo) afirma que seus franqueados têm autonomia para fixar preços e não há registro de problemas na rede.


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Fake marcos neonazista, vc vai ficar sem 13º e sem bolsa família. Babaca!

marcos

Fake _____ HadaPerdeuBabaca



16/10


2018

Um Exército evangélico ao lado de Bolsonaro

O novo líder da Sara Nossa Terra e presidente da Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil, o bispo Robson Rodovalho promete mobilizar 5.000 pessoas para pedir votos para Bolsonaro no próximo fim de semana.

Os atos terão como foco cidades em que o PT leva vantagem, especialmente no Nordeste. Os fieis serão orientados a ir às ruas para defender valores da família tradicional e a candidatura do capitão reformado.

Advogados que apoiam Bolsonaro lançaram manifesto em sua defesa, para se contrapor ao divulgado antes por colegas que preferem Fernando Haddad (PT), movimento que ficou conhecido como #EleNão Jurídico.

O documento rejeita “qualquer solução fora da Constituição de 1988, fora dos princípios básicos que regem o Estado Constitucional”.(Painel  - Folha de S.Paulo)


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Fake marcos neonazista, vc vai ficar sem 13º e sem bolsa família. Babaca!

marcos

.

marcos

LulaTáPresoBabaca

Fernandes

SERIA ESSE O TAL FALSO MESSIAS QUE A BÍBLIA DIZ QUE IRIA ENGANAR OS CRISTÃOS ??

Fernandes

Cristão que vota em Bolsonaro não conhece Jesus Cristo.

Fernandes

De toda a religião os evangélicos são os que mais decepcionam, onde já se viu crente apoiar torturador, ladrão de cofre, nazista, ditador!


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores