FMO

12/09


2019

Coluna desta quinta na Folha

O pesadelo do fim das coligações

O fim das coligações nas eleições proporcionais do ano que vem tem tirado o sono não apenas dos vereadores que vão à reeleição, mas sobretudo candidatos a uma vaga nas câmaras municipais. Ainda existe uma nuvem de interrogações perturbando o segmento. Como se dará, por exemplo, o cálculo para emplacar um mandato?

Especialista em direito eleitoral, a advogada Yanne Teles irá tirar as dúvidas dos interessados num encontro no Recife, no dia 14 de outubro. Além do fim das coligações, a próxima eleição será o teste de fogo também para o primeiro financiamento público de campanhas. Quais partidos terão mais dinheiro para bancar candidatos no chamado fundo eleitoral e quais os critérios a serem adotados para tal?

As mudanças foram feitas pelo Congresso e os vereadores servirão de cobaias. Se não derem certo, custo acreditar que as excelências da Câmara e do Senado venham a provar desse fel em 2022.

Estranho no ninho – Não se sabe lá quais interesses, mas o apresentador global Luciano Huck apareceu, ontem, numa foto com governadores em Singapura participando de um evento bancado pela Fundação Lemann, do ricaço Jorge Paulo Lemann, voltada para investimentos na área de educação. Todas as despesas dos 13 convidados foram bancadas pela própria fundação Lemann.

Dosagem dupla – Diferentemente dos demais governadores convidados pela Fundação Lemann, o do Ceará, Camilo Santana (PT), levou a tiracolo a vice-governadora Izolda Cela (PDT), passando o cargo para o presidente da Assembleia. Também integram a comitiva os governadores de Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e os vices de São Paulo e Sergipe.

Joga a toalha – O que se diz em Brasília é que o ministro da Justiça, Sérgio Moro, cai fora do Governo se a banda podre da Polícia Federal derrubar o diretor-geral Maurício Valeixo. Moro deve então começar a arrumar as malas para trabalhar com João Dória, no Governo paulista, porque nem os aliados dele na PF acreditam mais na sobrevivência de Valeixo. Falta semancol a Moro.

No MDB – Com o comando do MDB em Petrolina, o líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, já tem onde abrigar o filho Miguel, prefeito do município: no próprio MDB. Mas quem tem prazo não tem pressa, como ensinou Marco Maciel, Miguel vai continuar sondando a maçaranduba do tempo.

Precatórios – Os professores que sonham em abocanhar parte dos 60% do valor dos precatórios liberados pela União aos municípios, ganharam um alento, ontem: o ministro Luiz Fux, do STF, deu 10 dias ao TCU para se manifestar, em resposta ao mandado de segurança do deputado Fernando Rodolfo (PL).

A SOCIEDADE COBRA – O líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB), sabe das dificuldades para o Governo aprovar uma nova CPMF, imposto sobre transações financeiras. “O que o Congresso está ávido é para votar propostas que estimulem a geração de empregos, porque a sociedade cobra”, adverte.

Perguntar não ofende: Qual vai ser o próximo a jogar a toalha depois do chefe da Receita Federal?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Bolsonaristas criticam Datena por ter dito que hospital que presidente está é da Rede D’or e não pegou fogo.

Fernandes

Lula é foda! Palavras dele ao final das eleições: O Brasil precisa passar por Bolsonaro, para entender a importância do PT

marcos

Lula é foda preso, solto ele está fundido.

Fernandes

Eu fico impressionado o tanto que o bolsonaro é azarado...O cara que deu uma facada nele, era coleguinha do clube de tiro do filho. O cara que matou Marielle é vizinho dele o miliciano que estocava armamento ilegal morava no mesmo condomínio dele. O chefe do laranjal era assessor dele. A senhora que vive no lixão porque tem problemas com álcool e drogas é sogra dele. O avião traficando cocaína é da frota do governo dele.

Fernandes

marluxo mamadeira de piroca de camaragibe. Dilma, convidada de honra, para a festa da humanidade em Paris, Lula na capa do Le Monde Bolsomions morram de inveja!


Prefeitura de Abreu e Lima

Confira as últimas colunas

15/11


2019

Coluna desta sexta na Folha

Trânsito no Recife vira pandemônio

Recife viveu uma manhã caótica, ontem, no trânsito. Por um lado, protesto dos motoristas de aplicativos e por outro o alagamento no Túnel da Abolição, ligando o bairro da Madalena com a Avenida Abdias de Carvalho. Ali, uma bomba de drenagem de água apresentou um problemão, tudo em consequência da tentativa de roubo da sua fiação.

Capital do Nordeste, como “vende” em seus comerciais de TV e rádio a Prefeitura, o Recife não sofre uma grande intervenção viária desde que concluiu a Via Mangue, em 2016. Basta chover ou ocorrer um mero incidente, como o do túnel, ontem, para a cidade mergulhar num verdadeiro caos.

Até nos finais de semana, que antigamente não apresentavam engarrafamentos, andar pelas principais vias de acesso nas zonas norte e sul se traduz num estresse enlouquecido. Diferente do Recife, Fortaleza, concorrente em turismo, fez, nos últimos anos, inteligentes intervenções em seu trânsito.

De cofres raspados – Em nome da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, o secretário Rubens Júnior (Governo) rebate o ex-prefeito José Queiroz (PDT), que disse ter passado para a tucana as contas da sua gestão em ordens. “Ele entregou com R$ 35 milhões em restos a pagar, a Previdência quebrada e apenas R$ 200 mil de saldo”, disse. Segundo ele, Queiroz tentou, ainda, sem sucesso, R$ 250 milhões com a CEF.

Acidental – O incêndio em Floresta, que reduziu a pó mais de dois mil hectares de caatinga, foi provocado, aleatoriamente, por um agricultor ao queimar um enxame de abelhas. Ele não percebeu que uma chama caiu sobre uma extensa área de palha seca na corrida que deu para não ser picado pelas abelhas. A versão não é oficial, mas confirmada por vários moradores.

Fraudes – Em Olinda, a eleição para escolha dos conselheiros tutelares acabou em CPI. O relatório parcial da investigação de que houve fraude e interferência política, divulgado ontem, já teve um desfecho ruim para o prefeito Lupércio (SD): o cancelamento do pleito. Foram constatadas fraudes na licitação, improbidade de agentes da Prefeitura e suposta interferência do prefeito.

Fake news – Especialista em legislação eleitoral digital, o advogado paulista Diogo Rais, presença garantida no Curso de Candidatos, na próxima segunda-feira, no Centro de Convenções, disse, ontem, no Frente a Frente, que apresentará o caminho para os candidatos identificar fake news.

Vazamentos – A Compesa dá a mão à palmatória e admite estrangulamento no abastecimento de água em Afogados da Ingazeira, mas atribui a problemas mecânicos no sistema Zé Dantas, que provocaram diminuição da velocidade na distribuição e vazamentos de grande porte na tubulação.

DRAMA – A problemática da falta de água aflige também as áreas altas de Arcoverde. Nas emissoras da cidade, a população reclama que só enxerga o líquido nas torneiras uma vez por mês. Só resta aos esquecidos da Compesa meter a mão no bolso para comprar água nos carros pipas.

Perguntar não ofende: A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal vai anular a sentença do então juiz Sérgio Moro, para permitir Lula disputar à Presidência em 2022?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Terça feira à noite Lula cheio de cana diz para Janja, companheira hoje o pau não sobe nem com azulzão! Kkk esse côrno é muito esgraçado!

marcos

MPF descobre conta de Lula em Singapura, é mole?

marcos

Paraná pesquisas coloca Lula ( o Ladrão) em terceiro lugar. Atrás de Dr Moro e do nosso Mito! Ui.

marcos

Lula o ladrão aonde passa é esculhambado, bem feito quem mandou Roubar cabra Safado!

marcos

Só lembrando, Lula o ladrão presidiário saqueou a Petrobras, quebrou o Brasil, deixou 13 milhões de Desempregados e mandou matar Celso Daniel!


Prefeitura de Paulista

14/11


2019

Coluna desta quinta na Folha

Falta coragem cívica a Henry

Não teve a repercussão esperada o ato de filiação do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, ao MDB, segunda-feira passada, naquela cidade sertaneja. Embora só tenha faltado o senador Jarbas Vasconcelos, estavam lá o presidente nacional Baleia Rossi (SP), o presidente estadual Raul Henry, o governador do DF, Ibaneis Rocha, e o senador anfitrião Fernando Bezerra Coelho, pai do prefeito.

FBC fez o discurso mais incisivo, colocando a bola na marca do pênalti para Henry fazer o gol, quando o lançou candidato à Prefeitura do Recife. O acanhamento, típico da personalidade dele (Henry), ou frouxura, impediram que a solenidade reverberasse. O deputado, de perfil urbano, identificado com as causas da capital, só não será candidato se não quiser.

Baleia Rossi disse que da parte da direção nacional não faltará oxigênio (apoio logístico, político e financeiro). Henry, entretanto, ainda não criou a chamada coragem cívica.

Briga em Araripina – O ex-prefeito de Araripina, Alexandre Arraes (PSB), diz que o prefeito Raimundo Pimentel (PTB) mente quando afirma que não assinou contrato com a CEF porque o adversário e antecessor deixou uma dívida de mais de R$ 1 milhão em empréstimos consignados. Pimentel, entretanto, enviou à coluna documentos que comprovam de fato o papagaio herdado do socialista.

Baixaria – Rasteja o nível da Câmara de Vereadores de Jaboatão, segundo maior colégio eleitoral do Estado. Na sessão de ontem, o vereador Nando Ceres (PDT), insuflado pelo colega Márcio do Curado (PTdoB), partiu para agressão no campo físico, sendo contido. Na semana passada, Toto (PP) trocou impropérios impublicáveis com o presidente da Casa, Adeildo da Igreja (PSDB).

Escuridão – A missa de sétimo dia da morte do ex-prefeito Fanão, de Santa Cruz da Baixa Verde, ao lado de Triunfo, no Sertão do Pajeú, assassinado na semana passada, está marcada para hoje sem que, até o momento, a polícia tenha esclarecido tratar-se de crime político, passional ou vingança. Ele foi alvejado por vários tiros no trecho da estrada entre Calumbi a Serra Talhada.

Caiu de pau – O sinal vermelho da Justiça ao empréstimo feito pela prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), à CEF, provocou a ira do ex-prefeito José Queiroz. “Deixei a Prefeitura arrumada do ponto de vista fiscal. A prefeita mostra incompetência até num pedido de empréstimo. Lamentável”, alfinetou.

Colapso – Depois que Roberto Tavares foi rifado da Compesa, a administração no Interior foi ao fundo do poço. Em Afogados da Ingazeira, o gerente foi mudado, mas a falta de água virou pandemônio para a população. Bairros inteiros ficam sem abastecimento por mais de uma semana. 

ADESÃO – Vice-líder do PRB na Câmara Federal, o deputado Silvio Costa Filho diz que o governador Paulo Câmara (PSB) se rendeu à política de Bolsonaro, ao enviar para apreciação da Assembleia Legislativa projetos para aderir ao Plano de Promoção do Equilíbrio Fiscal do ministro Paulo Guedes.

Perguntar não ofende: A suspensão do empréstimo da CEF tomado pela Prefeitura de Caruaru aponta para o desequilíbrio fiscal da tucana Raquel Lyra?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Frota denuncia práticas sexuais de bolsonaristas.

Fernandes

Testículo. Novo apelido do gado eleitor do Bolsonarco... participa mas não entra!

marcos

Atenção todos, Lula gosta de ser ovocionado. Aonde ele estiver podem jogar ovos nele!

Fernandes

Partidos cobram pagamento por aprovarem Previdência.

Fernandes

Testículo. Novo apelido do gado eleitor do Bolsonarco... participa mas não entra!


Prefeitura de Serra Talhada

13/11


2019

Coluna desta quarta na Folha

Na briga, o SUS paga o pato

Na ânsia de esvaziar os negócios do presidente do PSL, o deputado pernambucano Luciano Bivar, dono da Excelsior Seguros, o presidente Bolsonaro anunciou, ontem, a extinção do DPVAT – Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres. Criado em 1974, 45% do seu valor arrecado por ano se destinam a reforçar o caixa do SUS, o Serviço Único de Saúde.

Na prática, são R$ 2 bilhões que deixarão de serem injetados na melhoria dos hospitais públicos e na compra de remédios para distribuição gratuita nas farmácias. Donos de veículos podem até achar justa e comemorar a medida, mas no fundo acidentados ou aposentados por invalidez ficarão sem seguro, descobertos.

Não sabe ou ignora o presidente que os R$ 2 bilhões excluídos do SUS contribuirão ainda mais para deixar os serviços públicos de saúde do Brasil na liderança do ranking como um dos piores do mundo.

Mais uma maldade – Para a deputada Marília Arraes, pré-candidata do PT à Prefeitura do Recife, a extinção do DPVAT é mais uma medida do pacote de maldades de Bolsonaro com os brasileiros. “Pessoas acidentadas, com invalidez permanente ou famílias de pessoas mortas no trânsito, ficarão sem o auxílio do Estado. O fim das fraudes foi a desculpa esfarrapada do presidente”, afirmou.

Tristinho – Numa longa entrevista, ontem, ao site da revista Época, o presidente do PSL, Luciano Bivar, afirmou que não estava desapontado com o presidente da República. “A gente só fica entristecido e decepcionado com alguém que conhece, eu não conhecia Bolsonaro”, justificou. Irado com Bivar, o presidente pretende tirar mais de 20 deputados do PSL para seu novo partido.

Ligação histórica – A nova superintendente do Metrorec, Renta Tetti, segundo uma fonte consultada ontem, tem ligação histórica com o presidente da CBTU, José Marques, a quem assessorou por mais de três anos no Rio de Janeiro, embora com residência fixa no Recife. Já Marques não tem ligação com o deputado Eduardo da Fonte, mas sim com o alagoano Arthur Lira (PP).

Herança – O prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel (PSL), poderia ter assinado com a CEF, como outros prefeitos, a exemplo de Raquel Lyra (PSDB), de Caruaru, uma linha de crédito para investimentos no valor de R$ 50 milhões. Foi impedido, segundo ele confessou à coluna, pela herança maldita do ex-prefeito Alexandre Arraes, que deixou um papagaio de R$ 2 milhões de consignados.

Tiro no pé – Ninguém está entendendo o interesse do presidente da Câmara de Camaragibe, Toninho Oliveira (PP), em dificultar o andamento do processo de impeachment do prefeito afastado Demóstenes Meira (PTB), preso no Cotel. Manobra a favor de um grupo na contramão da história.

O REJEITADO – Em Salgueiro, o prefeito Clebel Cordeiro (MDB) continua misterioso em relação à sua disposição cívica de disputar a reeleição. Uma hora acena que topa, outra não. Há quem diga que não sai candidato devido ao altíssimo índice de rejeição da sua gestão e do seu estilo de governar.

Perguntar não ofende: Por que Raul Henry não quis assumir sua pré-candidatura no Recife ao discursar em Petrolina no ato de filiação do prefeito Miguel Coelho ao MDB?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Santistas fazem campanha para Bolsonaro não comparecer à Vila Belmiro.

Fernandes

GOLPISTAS. Que pessoal hipócrita! Eles não estão nem aí pra bíblia ou Deus, mas apostam todas as fichas na ignorância religiosa.

Fernandes

Estou pensando nos motoqueiros que votaram 17 não tem mais DPVAT, eu avisei Um conselho Faz arminha, faz?

Fernandes

Vendo cristãos bolsominions e bolivianos, tenho certeza de que se Cristo vivesse hoje ele não chegaria nem aos 33 anos de idade.

Fernandes

DEPUTADO FEDERAL PAULO PIMENTA-RS,EXPULSOU NO TAPA OS INVASORES DA EMBAIXADA DA VENEZUELA,ESSE É DE RESPEITO.



12/11


2019

Coluna desta terça na Folha

Inaldo amava a notícia e o Sertão

Tem uma máxima de Gabriel Garcia Márquez, autor do best-seller Cem anos de Solidão, que jornalismo é uma paixão insaciável. Inaldo Sampaio, colunista político que Deus abreviou, ontem, sua missão na terra, era como o escritor colombiano, mas com uma diferença: amava também a arte musical.

Quando o conheci, só soube que era saxofonista e pajeuzeiro como eu, informado por amigos. Tinha muitas coisas parecidas comigo, a maior delas o amor pelo Pajeú e sua gente simples. Inaldo deixava de curtir o carnaval com a família para soprar o seu sax numa orquestra de São José do Egito, vizinha de minha Afogados da Ingazeira, nas quatro noites de folia.

Enquanto tocava, colhia notícias, porque jornalismo, para ele, era tirar a venda dos olhos de quem não conhece a verdade. Inaldo deixa uma lacuna enorme na Imprensa nordestina. Para mim, seu ofício de bem informar era um fio, que ligava as pessoas aos fatos da política.

Apego ao torrão – Inaldo Sampaio era tão apegado ao seu torrão natal que, embora tenha feito cursos no Exterior, reclamava quando aparecia viagens, porque não gostava de quebrar a rotina na província. Em Brasília, o encontrei raramente. Mas mesmo assim, tinha faro para a notícia como o pastor Alemão em busca da caça. Deixa o legado da honestidade e da imparcialidade.

Mandachuva – A superintendente do Metrorec, Renata Peti, não é obra da imaginação criadora do deputado Eduardo da Fonte (PP), como desconfia a bancada federal. Servidora do quadro, sua escolha foi do presidente da CBTU, José Marques. O nome de Dudu é Marcela Campos, sua cunhada, que assumiu a diretoria Financeira. E dizem que é a mandachuva do pedaço.

Cintra na Sudene – Dado o start da nomeação do segundo escalão federal em Pernambuco, o ex-suplente de senador Douglas Cintra (PTB), que ocupou a vaga de Armando Monteiro por um curto período, da sua licença para disputar o Governo do Estado, está cotado para assumir o comando da Sudene. Cintra mergulhou em Caruaru e vive, hoje, dedicado à sua fazenda.

Multados – Os prefeitos de Timbaúba e Parnamirim, Ulisses Felinto (PSDB), e Tácio Carvalho (PSB), respectivamente, se ferraram pela contratação ilegal de servidores temporários. Relator da matéria, o conselheiro substituto Luiz Arcoverde Filho aplicou multas de R$ 11,748 mil.

Vingança – O presidente Bolsonaro dará adeus, hoje, ao PSL, partindo para criação de um novo partido. Além de sair atirando no presidente da legenda, Luciano Bivar, como tem feito nos últimos dias, anuncia arrastar em torno de 20 deputados, esvaziando o balão do pernambucano Bivar.

EXPECTATIVA – Com presença confirmada no Recife para o próximo domingo, num ato marcado na Praça do Carmo, o ex-presidente Lula deve se manifestar em relação à pré-candidatura de Marília Arraes à Prefeitura do Recife, mesmo num ambiente cercado por socialistas.

Perguntar não ofende: Será que o líder do Governo na Alepe, Isaltino Nascimento (PSB), vai dançar, novamente, amanhã, no plenário da Casa, na sessão em homenagem ao Bita?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Moro e bolsominions defendem a prisão em 2° instância só por causa do Lula mas não pedem a prisão do Queiroz nem na 1°

Fernandes

Denúncias de Alexandre Frota na CPI das Fake News pode levar a cassação da chapa de Bolsonaro.

Fernandes

Brasil é o país onde ao invés de se criar imposto sobre grandes fortunas, se cria imposto sobre grandes pobrezas...

Fernandes

Parabéns, bancários gado bolsominions! MP aumenta jornada de trabalho de bancários e permite abertura de agências aos sábados!

Fernandes

Paulo Guedes decidiu taxar os cachaceiros! Agora o Bozo cai!


Prefeitura de Limoeiro

11/11


2019

Coluna desta segunda na Folha

STF não limpou ficha suja de Lula

O lulismo-petismo se vestiu de vermelho e ganhou às ruas para comemorar a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) confundindo soltura com pré-candidatura presidencial. Que fique claro: o chefe da quadrilha dos escândalos do mensalão e do maior assalto aos cofres públicos da República – a quebradeira na Petrobras, operação que resultou na Lava Jato – é ficha suja, inelegível.

O ato insano do Supremo, que envergonhou a Nação, só interfere na retirada dele da cadeia. À luz do direito eleitoral, Lula continua fora de qualquer disputa, até que o processo ande e chegue ao veredito final aos olhos das excelências do Superior Tribunal Eleitoral. Diz a lei que condenado em segunda instância, como ele está, não pode disputar nem eleição para síndico.

Ressalte-se ainda que, pelas atrocidades cometidas pela “alma mais honesta do País”, para não dizer ao contrário, restam pela frente mais 11 processos em suas costas.

Falta a Lei Seca – O soco no estômago da sociedade dado sem piedade pelo STF me fez relembrar uma canção de Cazuza, feita há 30 anos: “Te chamam de ladrão, bicha, maconheiro, transformam o País inteiro num puteiro, pois assim se ganha mais dinheiro”. Só falta Lula ser flagrado dirigindo embriagado para sepultarem também a lei seca. O 6 X 5 causou mais vergonha do que o 7 X 1.

Deus livre o Brasil! – Em seu discurso inflamado ao sair da prisão, Lula insuflou o povo brasileiro a copiar o Chile, nas ruas em guerra civil, e ainda disse que iria ensinar seus adversários a governar. Se Bolsonaro se render à cartilha lulista de governar, o País vai se ferrar. Não haverá cofre público que resista. Só na Petrobras foram surrupiados R$ 48 bilhões.

Longe da política – Joana Maranhão, nadadora orgulho de Pernambuco, nega que tenha pretensão política. “Nunca disputei nem para representante de turma colegial. Estou em Belo Horizonte em licença maternidade”, disse, em nota enviada à coluna, na qual nega também que seu nome tenha sido ventilado para fechar a chapa de Túlio Gadelha como vice no Recife.

Start da campanha – Pré-candidato do PSB a prefeito de Olinda, Pedro Mendes recebeu homenagem dos amigos depois da sinalização do partido para entrar de vez na disputa, com diversos outdoors na cidade saudando o seu niver, sábado passado. Mendes é bom camarada!

Petrolina 1 – O ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lossio (PSD), nega que os últimos acontecimentos – a indisponibilidade dos seus bens e uma conta rejeitada da gestão passada – impeçam sua candidatura. Estranha também informações de um suposto acordo com Lucas Ramos.

Petrolina 2 – Deputado estadual, Lucas Ramos é o candidato do PSB e, num provável entendimento com Lossio, teria Andrea, esposa do ex-prefeito, na vice. “Nunca tive conversas nessa direção. Candidaturas múltiplas são inerentes para levarmos a eleição ao segundo turno”, revela Lossio.

Perguntar não ofende: Quando falar de eleição municipal, Lula vai pregar que o PT tenha candidatos próprios nas capitais?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

aloisio

Um grande homem, mesmo preso injustamente, enfrenta a injustiça de cabeça erguida. Já um sujeito fraco, mesmo empregado, com salário bom, casa, família, etc..., vive deprimido.

Fernandes

Bomba : Seu Jair mandou matar Marielle Franco!

Fernandes

Bolsonaro propõe trégua a Bivar e o convida para comer pizza de laranja.

Fernandes

Desespero total de Bolsonaro é sinal claro de que a situação é muito séria. Ele vai cair.

Fernandes

Dois milhões de Índios descem para La Paz. O sangue vai dá no meio da canela.


Capacitação de Candidatos

09/11


2019

Coluna deste sabadão na Folha

Confiança na justiça do Brasil foi pra lata do lixo

O Supremo Tribunal Federal se dividiu na interpretação da Constituição quanto à sustentação jurídica para amparar de vez a prisão em segunda instância. Foi preciso que o presidente Dias Toffoli saísse da posição confortável de não usar o seu poder de voto, para dar cabo ao julgamento, prova de que é muito confusa e de difícil interpretação a Carta Magna do País.

Independente disso, a leitura que ficou no inconsciente coletivo é a de que a corte máxima da justiça brasileira julgou o que lá atrás havia decidido o então juiz Sérgio Moro, da operação Lava Jato, apenas para soltar o ex-presidente Lula. Dar liberdade a quem montou e levou a efeito prático o maior assalto aos cofres públicos do tempo em que se constituiu a República é um soco no estômago da sociedade. É ratificar a velha e enfadonha máxima de que cadeia só existe para pobre, puta e negro.

Diante dos rios e mares de dinheiro roubado pela quadrilha de Lula, fico mais indignado ainda ao constatar que tem gente que acha que Lula é um santo, que não cometeu o sacrilégio de tirar da mesa o pão de milhares de pobres e abandonados, roubando o que a eles pertencia.

Foi vapt-vupt Lula não aceitou a prisão domiciliar quando já tinha direito, por ter cumprido um terço da pena, porque tinha certeza de que seria solto pelo Supremo. Tinha razão. Deixou de ver o sol nascer quadrado, ontem, dia seguinte ao Supremo julgar sua inocência na roubalheira da Lava Jato.

Vice de Túlio – A nadadora Joana Maranhão, estrela mundial da natação com DNA recifense, está ameaçada de ser picada pela mosca azul. Ainda sem filiação partidária, passou a ser especulada nos bastidores como provável candidata a vice na chapa do pedetista Túlio Gadelha.

Apoio de Jarbas – Ao saber que o senador Jarbas Vasconcelos desembarca em Petrolina, na próxima segunda-feira, para abonar a ficha de filiação do prefeito Miguel Coelho, o pré-candidato do PT a prefeito do município, Odacy Amorim, ficou enciumado. Disse que apoiou Jarbas para senador e merecia em 2020 tê-lo em seu palanque.

Área de risco – O prédio da Vice-Governadoria da Cruz Cabugá, assaltado e depenado, abrigava também a EPTI, empresa de transportes urbanos, que saiu de lá, há pouco, por causa da insegurança e da violência.

Com Lucas – Se o ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lossio (PSD), não disputar a Prefeitura ano que vem, por causa dos seus bens penhorados, tende a fazer uma composição com o pré-candidato do PSB, Lucas Ramos.

Impasse – Já se diz em Petrolina que Lossio indicaria o filho Julinho como vice na chapa de Lucas. Aliados de Lucas e ele próprio preferem, no entanto, Andreia, esposa de Lossio, candidata a estadual na eleição passada.

Perguntar não ofende: quando Marcola sairá da cadeia e dará também uma entrevista?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Bíblia se tornou arma de ladrão esperto... rouba e mata depois abre a bíblia diz aleluia e fica por isso mesmo.

Fernandes

jornal boliviano El Periódico denuncia que Brasil financiou golpe d estado na Bolívia em conluio com igrejas evangélicas brasileiras

Fernandes

Cadê o Queiroz Bolsonaro?

Fernandes

Evo Morales na Bolívia descobriu a maior reserva de gás do mundo. Lula descobriu o pré sal. Entendeu ou precisa desenhar?

marcos

Lula o alcoólatra foda que passou hum ano e sete meses preso. Kkkkkkkk


Magno coloca pimenta folha

08/11


2019

Coluna desta sexta na Folha

Modelo petista fracassa leilão

Economistas que acompanharam passo a passo o leilão do pré-sal, no Rio, que redundou numa arrecadação de R$ 70 bilhões, frustrando a expectativa de R$ 106 bilhões incialmente prevista, ouvidos pela coluna, contestam minha avaliação de ontem, atestando o retumbante fracasso à falta de confiança dos investidores no Brasil pelo clima de instabilidade política.

Segundo eles, os megainvestidores internacionais correram do leilão por conta do modelo incompreensível da cessão onerosa do pré-sal montada pelo PT. As regras antigas, que Bolsonaro se recusou a modificar, foram alicerçadas no lucro, no grande arremate de capitais, impraticáveis, na avaliação de quem mexe com o setor.

Os economistas podem ter lá suas razões, mas faltou ao Governo a capacidade de ousar, de ir direto ao investidor, para convencê-lo de que as camadas disponibilzadas do pré-sal seriam sinônimo de assegurado retorno econômico no futuro.

O come quieto – O secretário estadual da Casa Civil, José Neto, adotou a estratégia do bom mineiro, inspirado nas lições de Tancredo Neves, de trabalhar em silêncio, ouvir mais do que falar. E tem dado certo. Conseguiu a garantia do ex-prefeito itinerante Yves Ribeiro, de entrar na disputa em Paulista por um partido aliado às forças palacianas. Yves queria debandar para a oposição.

Impedimento – Nas sondagens qualitativas que o PSB tem feito para aferir o potencial do deputado João Campos, pré-candidato a prefeito do Recife, o que tem mais pesado como maior impedimento para o seu deslanche é a idade. O recifense o enxerga como fiel herdeiro do ex-governador Eduardo Campos, seu pai, mas acha que, por ser muito jovem, deve concluir seu mandato federal.

Alternativas – No caso de o PSB vier a rever a estratégia no Recife, dois nomes surgem potencialmente para substituir João Campos: o secretário estadual de Planejamento, Alexandre Rebelo, muito ligado ao prefeito Geraldo Júlio, e o deputado Felipe Carreras. Pesa contra Felipe o mal-estar causado com a sua indisciplina partidária ao votar a favor da reforma da Previdência.

Modes operandi – Já Marília Arraes está convencida de que a decisão de candidatura própria do PT no Recife passará pela executiva nacional, que tem se posicionado favorável à sua candidatura. “2020 nada tem a ver com 2018”, diz, referindo-se à rifada que levou na eleição passada.

Motivação – O assassinato do ex-prefeito Fanão (PL), de Santa Cruz da Baixa Verde, ontem, na estrada de Calumbi, no Pajeú, está sendo investigado pela polícia em duas vertentes: passional ou vingança familiar. Se for necessário, a apuração será feita por um delegado especial.

AÇÃO FEDERAL – Majoritário em Floresta, onde a caatinga se desmancha pelas labaredas de um grande incêndio, o deputado Sebastião Oliveira (PL) foi, ontem, ao Ministério da Defesa, em Brasília, pleitear uma ação mais eficaz de combate às chamas. É provável o envio de helicópteros.

Perguntar não ofende: O assassinato de Fanão, ex-prefeito de Santa Cruz da Baixa Verde, pode ter motivação política?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Qualquer pessoa que tenha o mínimo de dignidade sabe que lula foi preso para não ganhar a eleição!

Fernandes

Dias atrás o STF arquivou o processo do Flávio Bolsonaro e do Queiroz! Não vi essa revolta toda! Hipócritas!

Fernandes

Antes de sair por ai tacando o pau no Tofolli, não esqueça ele é o mesmo que suspendeu do Flavinho e Queiroz

Fernandes

Lula Tá Livre babaca!

marcos

É incrível, Lula continua a encantar burros.


Banner de Arcoverde

07/11


2019

Coluna desta quinta na Folha

Instabilidade política frustra leilão

A frustração do leilão do pré-sal, ontem, no Rio, resultando em 50% a menos do que previa o Governo em faturamento, me fez lembrar um velho ditado que ouvia do meu avô no Interior: nunca conte com o ovo no cu da galinha. O Governo Bolsonaro criou uma grande e tenebrosa expectativa no País.

Faltando mais de seis meses ainda para a realização do leilão, propagou que todos os lotes das camadas de pré-sal seriam disputados de forma arrenhida pelas empresas de exploração de petróleo no País e no Exterior. Petrobras, governadores e prefeitos já estavam com o ovo da galinha na barriga, tamanha a ansiedade da equipe econômica em criar um ambiente promissor de investimentos.

Não me ative atentamente as explicações de especialistas para o desapontamento, mas entendo que a falta de segurança jurídica e a instabilidade política que vive, hoje, o Brasil, afugentaram os principais investidores do leilão.

Brasil empobreceu mais – Um estudo divulgado, ontem, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que, em 2018, 25,3% da população brasileira se encontrava abaixo da linha da pobreza. Isso significa que um em cada quatro brasileiros viveu com menos de R$ 420 por mês ao longo do ano – menos da metade do salário mínimo vigente na época, que era de R$ 954. Que miserê!

Dialeto grego – O prefeito de Garanhuns, Izaias Régis (PTB), e o ex-senador Armando Monteiro Neto, aliado histórico no município, não falam a mesma linguagem quando tratam da escolha do candidato do grupo a prefeito. Régis já se definiu pelo vice Haroldo Vicente, enquanto Armando acha o ex-prefeito Silvino Duarte muito mais competitivo para enfrentar Sivaldo Albino (PSB).

Metrorec – A bancada federal pediu ao presidente Jair Bolsonaro que reveja o ato de nomeação da presidente do Metrorec, Renata Peti, apadrinhada pelo deputado Eduardo da Fonte (PP). O descontentamento se dá pelo fato de Da Fonte não ter votado a favor da reforma da Previdência e emplacado o maior orçamento do segundo escalão federal no Estado.

Debandou – Aos poucos, a deputada Marília Arraes, pré-candidata do PT à prefeita do Recife, vai conquistando o apoio de aliados do senador Humberto Costa, contrário a sua postulação. O mais novo entusiasta da sua candidatura é o deputado Carlos Veras, com base eleitoral no Sertão.

Noivo cobiçado – Fortíssimo na disputa pela Prefeitura de São Lourenço da Mata, o vice-prefeito Gabriel Neto, sem definição partidária, se afastou dos Ferreira e está sendo cortejado por muitos caciques de legendas no Estado. É o nome mais forte para impedir a reeleição de BrunoPereira (PTB).

VAI DE HENRY – O presidente da executiva nacional do MDB, Baleia Rossi, é, hoje, o maior entusiasta da candidatura do deputado Raul Henry a prefeito do Recife. Deve fazer uma sinalização de público nesse sentido na filiação do prefeito Miguel Coelho, em Petrolina, na próxima segunda-feira.

Perguntar não ofende: Faltou confiança no Brasil pelos investidores estrangeiros no frustrante leilão das camadas do pré-sal?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

DECIDIDO! VIVA A DEMOCRACIA! LULA LIVRE!

Fernandes

Lula Livre! Aceita dói menos.

marcos

Cadê o Queiroz? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

marcos

Porteiro afirma que Élcio Queiroz ( assessor de Lindbergh Farias PT ) matador de Marielle esteve no condomínio.

Fernandes

Guedes reconhece fracasso de leilão do pré-sal: vendemos de nós para nós mesmos.


Shopping Aragão

06/11


2019

Coluna desta quarta na Folha

Aprovado, Izaías pode eleger sucessor

Em tempos tão bicudos, prefeito bem avaliado é coisa raríssima neste Nordeste de desigualdades sociais gritantes. Garanhuns, um dos cartões postais do turismo, foge à regra. Ali, o trabalhista Izaías Régis, fechando a segunda gestão, tem incríveis 66,7% de aprovação, segundo pesquisa do Instituto Opinião.

Pelo levantamento, o vice-prefeito Haroldo Vicente (PTB), candidato apoiado pelo prefeito, já desponta em segundo lugar, com 16,3% das intenções de voto ante 22,7% do socialista Sivaldo Albino, das forças governistas no Estado lideradas pelo governador Paulo Câmara.

Transferir voto é uma barreira quase intransponível em colégios eleitorais urbanos como Garanhuns, mas a história mostra que prefeitos com avaliação positiva acima de 60% dificilmente deixam de emplacar seus sucessores. Se o julgamento em Garanhuns se der pelo Governo Izaías, Haroldo já pode preparar a beca da posse.

Delegado sai candidato – Picado pela mosca azul, o delegado Israel Rubis, transferido da Regional de Arcoverde para Vitória de Santo Antão, é candidatíssimo a prefeito da chamada porta do Sertão, pelo PP, do deputado Eduardo da Fonte. O respaldo vem do povo, que foi às ruas protestar contra a sua transferência, em ato baixado pelo governador Paulo Câmara. Mais um que troca a polícia pela política.

Poderoso – O deputado Alberto Feitosa (SD) não entendeu a ausência do governador e do prefeito do Recife na homenagem do Fórum Nordeste, na última segunda-feira, ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). “Maia manda, hoje, no País, por ele passa a pauta das reformas e dos altos interesses do Brasil, e, particularmente, do Nordeste”, desabafou, em tom de lamento.

Precavido – Por falar no sucesso da homenagem a Rodrigo Maia, que atraiu a Pernambuco representantes de todos os Estados nordestinos produtores de açúcar e álcool, o governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), estava de malas prontas para vir ao Recife, mas desistiu quando soube que Paulo Câmara não estaria presente. Na verdade, evitou roubar a cena.

Festejado – O PSB promoveu seminário sobre as eleições municipais, ontem, em Garanhuns, coincidentemente, no mesmo dia em que o meu blog postou a pesquisa do Opinião apontando o pré-candidato do partido, Sivaldo Albino, na frente. Acabou sendo festejadíssimo pela cúpula estadual.

João do Recife – O deputado Renildo Calheiros (PCdoB) acha que João Paulo, pré-candidato comunista em Olinda, só apareceu com 5% na pesquisa do Opinião, porque o eleitorado ainda não o associa o nome João Paulo ao ex-prefeito do Recife. “Quando isso estiver claro, ele dispara”, aposta.

GOVERNADORES – O derramamento de óleo cru nas praias do Nordeste entra na pauta do encontro de hoje dos nove governadores da região no Recife. Eles chegam ao Estado pela manhã, participam da Conferência do Clima e depois fazem mais uma reunião do Consórcio Regional.

Perguntar não ofende: O Nordeste teve algum motivo para celebrar, ontem, com sessão plenária na Câmara, o Dia dos Nordestinos?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

marcos

Cadê o Queiroz do PT Lindinho?

Fernandes

Pergunta sem resposta: Por que o porteiro registrou que a casa de Bolsonaro era o destino do matador.?

Fernandes

Ainda bem que o presidente está envolvido com duplo homicídio imagina se fosse com pedaladas fiscais

Fernandes

O leilão fracassou.

Fernandes

O leilão da Petrobrás foi um mega-fiasco Ninguém quer saber do BraZil do Bozo BraZil de Miliciano, nem de graça.



05/11


2019

Coluna desta terça na Folha

CPI do óleo na praia não vinga

Proposta pelo deputado João Campos (PSB), a CPI para investigar o derrame de óleo cru nas praias nordestinas subiu no telhado. Se depender do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), homenageado, ontem, no Recife, por empresários do setor energético do Nordeste, a ideia naufraga.

Por mais que o Governo vacile e se mostre impotente para chegar aos autores ou autor do desastre ecológico, não há clima no parlamento para se debruçar sobre a problemática.

Também o tempo é exíguo, o ano legislativo já se evaporou. Falando numa TV sábado passado, o presidente Bolsonaro alertou que vem mais derrame de óleo em direção às paradisíacas praias do litoral nordestino.

Deve ter, certamente, relatórios confidenciais da Marinha e da Polícia Federal. O leão (Bolsonaro) que está doido para estraçalhar a hiena (o STF), só não convenceu que está no caminho certo para punir os criminosos pelo atentado ao Nordeste.

Jogou pesado – Na sua fala, ontem, aos empresários do setor energético do Nordeste, Rodrigo Maia contou que, numa reunião em que a pauta do etanol foi posta à mesa de negociação com o Governo, chegou a perder as estribeiras. Adiantou que, diante da insistência do representante do Governo em não ceder na redução da cota importada, ameaçou derrubar o decreto em plenário, no voto.

Primeiro-ministro – Já o presidente do Grupo EQM, Eduardo Monteiro, foi enfático no papel cumprido por Maia e disse que se o sistema brasileiro fosse parlamentarista, o presidente da Câmara certamente estaria cumprindo muito bem o seu papel de primeiro-ministro. “O senhor é talhado para o diálogo num País em que assistimos a um processo de radicalização”, afirmou.

Silêncio – Maia não quis se manifestar sobre a prisão em segunda instância, julgamento a ser encerrado, amanhã, pelo STF. “Prefiro aguardar”, respondeu, secamente. Seu discurso foi extremamente equilibrado, fez a defesa das reformas administrativas e tributária e ainda deu uma cutucada em Eduardo Bolsonaro, defensor do AI-5, quando afirmou que não há clima no País para retrocesso.

Por que faltaram – Muita gente estranhou a ausência do governador Paulo Câmara e do prefeito Geraldo Júlio, ambos do PSB, ontem, no encontro do Fórum Energético do Nordeste, no Recife, com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. O primeiro alegou viagem inadiável a São Paulo e o segundo informou que não poderia abrir mão de um evento em Fortaleza.

Investida – Por incrível que possa parecer, o presidenciável Ciro Gomes trabalha para atrair para o PDT o passe da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, não confortável no PSDB. O problemão é que a tucana sem plumas virou arqui-inimiga de José e Wolney Queiroz, que controlam o PDT no Estado.

CAPACITAÇÃO – O presidente da Amupe, José Patriota (PSB), está convidando os prefeitos do Estado para o curso de capacitação com vistas às mudanças na legislação eleitoral para o pleito do ano que vem, no próximo dia 18. A inscrição pode ser feita num link disponibilizado no meu blog.

Perguntar não ofende: Por que o deputado Túlio Gadelha (PDT) nunca participa de eventos em favor do Estado em que a bancada federal adere 100%?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Enigmas Do Vivendas Da Barra: Álibis Se Desmontam? Ingresso de Élcio Vieira no Condomínio Vivendas da Barra alegando ir à casa 58, pertencente ao então deputado Jair Bolsonaro, várias dúvidas surgiram.

Fernandes

Bolsonaro se identificou com o príncipe árabe depois de saber que tinha assassinado um JORNALISTA.

Fernandes

O clã Bolsonaro está desesperado desse fantasma que os assustam pelos indícios e fatos que corroboram com esta suspeita.

Fernandes

Só lembrando: Fala de Julgman sobre envolvimento poderosos na morte de Marielle coincide com menção aos Bolsonaro

marcos

O presidiário Lula me ligou e disse: mate Celso Daniel diz Ronan Maria Pinto.



04/11


2019

Coluna desta segunda na Folha

Etanol dá homenagem a Maia

Na ânsia de agradar ao Governo americano, o presidente Bolsonaro autorizou o aumento da cota de etanol importado em 150 milhões de litros em plena produção de açúcar no País, prejudicando em cheio o setor sucroenergético do Nordeste.

A gritaria foi grande e diversas instituições, como a Associação de Produtores de Açúcar, Etanol e Bionergia (NovaBio) e os Sindicatos do Nordeste, com destaque para o pernambucano Sindaçúcar, sob o comando de Renato Cunha, compraram a briga amparados pela bancada nordestina no Congresso.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), teve papel fundamental para que o Ministério da Agricultura se curvasse à importação de volumes maiores de etanol somente na entressafra, deixando uma quantidade reduzida para ser adquirida do Exterior durante a safra de cana-de-açúcar. Por essa justa causa, Maia será homenageado, hoje, no Recife, em ato com empresários e políticos.

Gigante pela causa – O reconhecimento ao empenho de Rodrigo Maia e a bancada nordestina se dará durante almoço, ao meio dia, no bufê Arcádia, em Boa Viagem. “Tivemos grandes parceiros para evitar um dano econômico e social irreversível ao Nordeste, mas o presidente da Câmara foi um gigante”, reconhece Eduardo Monteiro, do Grupo EQM, produtor de álcool em Pernambuco e Alagoas.

Olho no social – Um aliado do prefeito Geraldo Júlio (PSB) olha enviesado para o grande investimento do prefeito ACM Neto (DEM), em fazer de Salvador “a capital nordestina do Natal”. “Num momento em que muita gente está desempregada e passando fome não dá para inverter prioridades, deixando em segundo plano o social”, comentou esse mesmo aliado.

Bomba – A prefeita de Arcoverde, Madalena Brito (PSB), está fazendo a cabeça do empresário Wellington Maciel, um dos maiores geradores de emprego e renda no município, com negócios diversos, como hotel, supermercados, móveis, eletrodomésticos e informática, para ser o candidato do seu grupo a prefeito. É a carta na manga para enfrentar o ex-prefeito Zeca Cavalcanti.

A verdade – Ainda sobre Arcoverde, não é verdade que Madalena tenha rifado o seu pré-candidato Wellington Araújo, atual vice-prefeito, por não ter decolado nas pesquisas. O que ela não conseguiu mover foi a resistência da família, que prefere Araújo se dedicando aos seus negócios.

Voos – Aliados do deputado Túlio Gadelha, pré-candidato do PDT a prefeito do Recife, explicam que não existe irregularidade no uso da sua cota de passagens no trecho Brasília-Rio, ao invés de Brasília-Recife. Há um decreto da mesa-diretora da Casa que autoriza o trecho voado para qualquer Estado, asseguram.

SAIA JUSTA – O deputado João Paulo (PCdoB) vive uma verdadeira lua de fel com o novo partido. O estopim foi a decisão da cúpula nacional comunista favorável ao acordo internacional para operação da base de Alcântara e instalação da usina nuclear em Itacuruba. Ele é contra.

Perguntar não ofende: Qual vai ser o placar no Supremo, esta semana, no julgamento que pode acabar na soltura de Lula?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Bandido bom é bandido que pega as provas antes da polícia.

Fernandes

Pergunta sem resposta: Por que o porteiro registrou que a casa de Bolsonaro era o destino do matador.?

marcos

Haddad fala que PT não pega em armas, aí perguntaram : Celso Daniel e as 7 testemunhas morreram de gripe foi?

marcos

Só lembrando, Lula saqueou a Petrobras, quebrou o Brasil, deixou 13 milhões de Desempregados e mandou matar Celso Daniel.

Fernandes

Carlos Bolsonaro divulgou voz de outro porteiro – e não do que ligou para a casa do pai, seu Jair.



02/11


2019

Coluna deste sabadão na Folha

Jarbas rompe silêncio sobre Recife

Principal liderança do MDB em Pernambuco, o senador Jarbas Vasconcelos rompeu o silêncio, ontem, sobre a sucessão no Recife. Mesmo sem dar entrevista, autorizou a coluna a informar que o Recife, em sua opinião, não está fora de cogitação para ter candidato próprio da legenda a prefeito.

A conversa ocorreu no restaurante Leite, onde o encontrei numa mesa bem descontraído ao lado do empresário Paulo Sérgio Macedo e assessores. “Estamos avaliando, mas candidatura própria no Recife não é uma alternativa fora de cogitação”, lembrou Jarbas. O nome do MDB mais competitivo é o presidente estadual da legenda, Raul Henry, que já manifestou, por diversas vezes, que pode entrar no páreo.

Se isso ocorrer de fato, vai abaixo, definitivamente, a velha aliança do partido com o PSB, que já escolheu como pré-candidato o deputado João Campos. O fim da aliança, consequentemente, exclui de imediato o MDB do Governo Câmara.

Impasse em triunfo – A caminho do Avante, o deputado Sebastião Oliveira anunciou, ontem, que o candidato do seu grupo a prefeito de Triunfo será o ex-prefeito Luciano Bonfim, que deixou o PR e ingressou na nova legenda. Também presente ao ato, o prefeito João Batista, com filiação marcada para o PSB, disse, entretanto, que a candidatura de Bonfim não é certa e só será colocada em discussão em março.

Cadê o crédito? – Os micro e pequenos empreendedores de Caruaru estão chiando. Há 15 dias, o governador Paulo Câmara lançou com pompa, na cidade, ao lado da prefeita Raquel Lyra e vários aliados, um programa de acesso fácil a uma linha de crédito bancário. Mas até agora, apesar de muita gente ter feito se cadastrado, ninguém viu um só centavo liberado.

Investimentos – Em entrevista ao Frente a Frente de ontem, o deputado Alberto Feitosa, principal liderança do SD da base governista, afirmou que a briga dos governadores do Nordeste com Bolsonaro só rende prejuízos à região e sugeriu, no caso do governador Paulo Câmara, seguir o exemplo de Eduardo Campos, deixando a política de lado para lutar por investimentos.

Indústria das multas – O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Caruaru, Eduardo Mendonça, denunciou, ontem, na Rádio Cultura, que os guardas de trânsito contratados pela Prefeitura, estranhamente, tenham que cumprir a meta de atingir 90 multas por mês.

Sem risco – Diante da queda no consumo de crustáceos e peixes no Estado, em função da contaminação das praias pelo petróleo cru, alguns restaurantes, como o japonês Kisu, no Riomar, emitiram notas esclarecedoras. “Nossos produtos são pescados em águas internacionais”, diz a nota.

MONTAGEM – Em Arcoverde, a vereadora Cibele Roa (Avante) também soltou uma nota para esclarecer que, em nenhum momento, se reuniu com a prefeita Madalena Brito (PSB) para discutir alianças eleitorais. “A foto usada numa matéria falsa é muito antiga e foi feita em público”, disse.

Perguntar não ofende: Qual vai ser a próxima polêmica gerada por Bolsonaro e seus filhos línguas soltas?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Bolsonaro mandou Queiroz destruir o celular. Além de obstruir as investigações sobre o caso Marielle Franco, Jair Bolsonaro também determinou que Fabrício Queiroz desse um sumiço no seu aparelho celular, segundo revela neste domingo o colunista Lauro Jardim

Fernandes

Pergunta sem resposta: Por que o porteiro registrou que a casa de Bolsonaro era o destino do matador.?

Fernandes

Bolsonaro tenta intimidar apuração do caso Marielle, dizem associações de delegados.

Fernandes

Se não tinha nada com a morte de Marielle por que Bolsonaro passou a mão nas provas?

marcos

Aliados de Lula desistem de Ciro Gomes, ................////////////////////......... Aliados de Lula e de Ciro Gomes desistiram da reconciliação dos dois, diz a Folha. O motivo: o tom das críticas do pedetista ao presidiário nos últimos dias. Na semana passada, Ciro disse que não tem “nenhum apreço político” pelo petista e que Lula é o grande responsável pela “tragédia econômica, social e política que o Brasil está vivendo”.



01/11


2019

Coluna desta sexta na Folha

Com AI-5, filho atira no pai

Os opositores de Bolsonaro estão dentro da sua própria casa. O filho Eduardo pregou, ontem, de forma insana, a reedição do AI-5, caso a oposição radicalize o confronto com o Governo do pai. Seria a volta da ditadura, tudo que, na verdade, ele deseja. Símbolo da repressão, decretado por Costa e Silva em 1968, o Ato Institucional Número 5 reprimiu até militares contrários.

Autorizou medidas de exceção, permitindo o fechamento do Congresso, a cassação de mandatos parlamentares, intervenções federais, prisões até então consideradas ilegais, e suspensão dos direitos políticos dos cidadãos. Presos foram obrigados a ficar nus dentro de celas pequenas, impedidos de ficarem de pé.

Torturadores colocavam a temperatura da cela tão alta, suficiente para enlouquecer os presos. Alto-falantes reproduziam sons extremamente irritantes. Presos passavam dias nas celas, sem água e comida e sangrando. Deus nos livre disso!

Delírio alucinante – Diante da reação extrema da oposição, Eduardo Bolsonaro disse que foi mal-entendido e que defendeu, na verdade, um plebiscito para a reedição do AI-5. Com ou sem consulta à população, a medida é típica de alguém que precisa, urgentemente, ser internado. Até o pai reprovou, afirmando que, quem quer que fale de AI-5, está sonhando. No caso do filho, isso é delírio.

Corte em massa – No dia seguinte ao ex-prefeito de Araripina, Emanuel Bringel (PSDB), romper com o prefeito Raimundo Pimentel (PTB), o Diário Oficial do Município sai recheado de demissões. Pimentel deu um chute no traseiro de todos os apadrinhados por Bringel, decretando guerra. Sinalizou, ao mesmo tempo, estar disposto a enfrentar a oposição usando a arma da sua caneta.

Calote – Já em Arcoverde, administrada pela socialista Madalena Brito, o som roco das ruas brada contra o atraso dos salários dos prestadores de serviços. Algumas categorias estão há três meses sem ver a cor do dinheiro a que têm direito, sem que a Prefeitura sinalize prazo para pagamento. E há indicativos de que a situação tende a se agravar pelo liseu dos cofres municipais.

Estrada do medo – Presidente da CDL em Ipubi, Daniel Torres reclama que a PE-630, ligando o município a Trindade, continua abandonada, sem nenhum sinal que entrará no plano de recuperação do Estado. “Estamos na rota do medo, perdi, há pouco, um pneu”, desabafou.

Usina – O debate sobre a polêmica que envolve a instalação de uma usina nuclear em Itacuruba, no Sertão de Itaparica, chega a Floresta, na próxima terça-feira, reunindo de um lado a Igreja e de outro os representantes de instituições favoráveis e contra. Na quarta, tem ato em Itacuruba.

OTIMISMO – O deputado estadual Alberto Feitosa (SD) saiu otimista de Brasília, ontem, após encontro com os ministros Luis Eduardo Ramos e o General Heleno. Ouviu que a inflação está controlada, os juros caindo, risco Brasil baixíssimo, indústrias em recuperação e aumento do emprego formal.

Perguntar não ofende: Bolsonaro não vai dar sequer um puxão de orelha no filho Eduardo?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Falando em bandido, Bolsonaro mandou matar Marielle Franco foi?

marcos

Ciro Gomes diz, Lula é um covarde mentiroso

Fernandes

Nassif: Não existe interfone no condomínio de Bolsonaro – quem liberou a entrada do assassino de Marielle foi mesmo o presidente

Fernandes

Bolsonaro diz que o PSL é uma Quadrilha. O PSL diz que Bolsonaro é um Bandido. E eu concordo com os dois!

Fernandes

Falando em bandido, Bolsonaro mandou matar Marielle Franco foi?



31/10


2019

Coluna desta quinta na Folha

Bolsonaro: “Globo é canalha”

Nunca na história republicana um presidente abriu uma frente tão beligerante ante a Rede Globo, o canal mais poderoso da mídia nacional. Contrariado com reportagem no JN, na qual um porteiro revela que o assassino da ex-vereadora Marielle Franco (PSol) contatou com o apartamento da sua família no mesmo dia em que matou a parlamentar, o presidente Bolsonaro gravou um vídeo bombardeando a Globo.

Chamou seus dirigentes de canalhas e classificou a linha editorial da emissora de “jornalismo podre”. Bolsonaro disse, ainda, que a Globo “mamava” bilhões das estatais nos governos de plantões e garantiu que, como presidente, não “tem dinheiro público para à emissora”.

Afirmou, ainda, que a Globo quer arrebentar com o País e concluiu: “Estava muito bom com o Governo do PT, porque vocês mamavam nas estatais. Acabou a teta, aguento a porrada. Eu sei o que vocês são – são canalhas”.

Reação global – O destempero verbal do presidente foi o fato mais comentado nas redes sociais de ontem. Imediatamente, a Globo se manifestou. Em nota, afirmou que não faz jornalismo com canalhice. “A Globo não fez patifaria nem canalhice. Fez, como sempre, jornalismo com seriedade e responsabilidade”, afirmou. Acrescentou que faz jornalismo com qualidade.

Defesa – Bolsonaro expôs, ainda, o governador do Rio, Wilson Witzel, acusando-o de ter vazado para a TV-Globo detalhes do processo de investigação da ex-vereadora Marielle, que corre em segredo de justiça. Witzel se sentiu injustiçado e afirmou: “Em meu governo, as instituições funcionam plenamente e temos como preceito básico o respeito às leis”.

Milícias – Já em depoimento, ontem, na CPI das Fake News da Câmara, o deputado Alexandre Frota (PSDB-RJ) reforçou a denúncia da ex-líder do Governo no Congresso, Joice Hasselamann (PSL-SP), de que assessores do presidente da República comandam milícias digitais e controlam perfis falsos em excesso. Acabou em bate-boca com Eduardo, filho de Bolsonaro.

Na liderança – O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), está ancho da vida. Pesquisa da consultoria nacional Macroplan apontou o município em primeiro lugar entre os 20 centros urbanos nordestinos, com população acima de 266 mil moradores, de melhor qualidade de vida.

Rabo da gata – A mesma pesquisa destaca Recife em 10º lugar, abaixo de outras cidades nordestinas como João Pessoa, Campina Grande, Natal, Mossoró (RN) e Vitória da Conquista (BA). De Pernambuco estão incluídas, ainda, no ranking, Jaboatão, Paulista, Olinda e Caruaru.

O PIOR – Em entrevista ao Frente a Frente de ontem, o ex-prefeito de Araripina, Alexandre Arraes (PSB), bateu sem piedade no prefeito Raimundo Pimentel. “Foi o pior que Araripina já teve”, afirmou. Em seguida declarou que apoiará a candidatura do tucano Emanuel Bringel.

Perguntar não ofende: Quem vai ganhar, a Globo ou Bolsonaro?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

Bolsonaro diz que o PSL é uma Quadrilha. O PSL diz que Bolsonaro é um Bandido. E eu concordo com os dois!

Fernandes

FROTA: BOLSONARO ADORA RIR DE SEUS CRIMES. Bolsonaro se orgulhava de mostrar sua milícia em ação.

Fernandes

Bolsonaro corta orçamento do Minha Casa, Bolsa Família e Fies em 2020

Fernandes

Entre o presidente da república e o porteiro, eu confio no porteiro.

Fernandes

Só tem credibilidade se o porteiro for do tríplex do Guarujá; se for do condomínio Vivendas da Barra, foi coagido.



30/10


2019

Coluna desta quarta na Folha

Óleo na praia afeta pescadores

Restaurantes e bares reclamam de uma perda da ordem de 86% no pedido de peixes e crustáceos por clientes apreensivos com as notícias de que o derramamento de óleo nas praias contamina as espécies nativas do mar. Pescadores de Brasília Teimosa e outras colônias espalhadas no litoral pernambucano já estão de braços cruzados, não têm mais a quem vender.

Há muita desinformação quanto ao real risco de contágio do pescado. O cenário faz lembrar a crise da doença da cólera no primeiro ano do Governo Joaquim, em 91. Criou-se um clima de pandemônio diante da boataria de que o embrião colérico irradiava perigo para o banho no mar ao mesmo tempo em que contaminava seus frutos.

Ninguém tomava banho nem comia peixes. Foi preciso Joaquim mergulhar no mar e degustar seus frutos num restaurante. Se a pesca estancar de vez, o Estado será obrigado a criar o seguro-defeso para 10 mil pescadores.

Minoria beneficiada – Dos 10 mil pescadores pernambucanos, apenas 400 recebem, hoje, por um período de 90 dias, o seguro-defeso do Governo Federal. O decreto presidencial, entretanto, só beneficia, com um salário mínimo por mês, os que pescam lagosta. O grande contingente dos que vão ao mar em busca do seu pão no dia a dia é de pescadores de peixe, universo que vai esperar ajuda do Estado.

Bateu, levou – O prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel (PSL), acusado pelo ex-prefeito Emanuel Bringel (PSDB) de ter beneficiado a esposa Socorro com um super salário, disse que não há ilegalidade nos benefícios da mulher e que Bringel tenta criar uma polêmica para confundir a população. “Bringel é ficha-suja e não pode ser candidato a prefeito”, desabafou.

Candidatíssima – O deputado Sebastião Oliveira (PL) disse, ontem, que a vereadora Cibelle Roan, a mais votada de Arcoverde, é candidata à prefeita pelo Avante, sem chances para composições, nem com o grupo da prefeita Madalena Brito (PSB) nem com o do ex-prefeito Zeca Cavalcanti (PTB). “Ela é candidatíssima pelo nosso grupo e será a futura prefeita”, afirmou.

Na geladeira – O núcleo do PDT, sob o comando do deputado Wolney Queiroz e do seu pai, o deputado José Queiroz, delegou poderes ao tesoureiro do partido, Wellington Batista, para estender o raio de ação dos diretórios no Interior, isolando o grupo do deputado Túlio Gadelha.

Transparência – Sobre o voto com ressalvas das contas de 2017, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), garante que investiu acima do percentual mínimo na saúde recomendado por lei. Quanto a mais transparências, diz que o portal do município saiu da 124ª posição para a 10ª melhor do País.

SEMPRE NO PP – A coluna andou trocando as bolas ao noticiar que o deputado caruaruense Erick Lessa havia feito a travessia do PR para o PP. Na verdade, não existe janela partidária para deputado este ano e ele está muito prestigiado pelo presidente da legenda, Eduardo da Fonte.

Perguntar não ofende: Por que a ONG Liberdade.PE não dá um pio sobre o polêmico e deturpado ranking para destacar prefeitos reprovados?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Fernandes

O Brasil quer saber: quem atendeu o interfone da casa 58 e autorizou a entrada do homem que está preso?

marcos

Cadê o nosso kit gay, quem ele está roubando agora?

marcos

Magno cadê a reportagem da sociedade do PT com o PCC?

marcos

Magno cadê a reportagem da delação de Palocci?

marcos

Só lembrando, Lula saqueou a Petrobras, quebrou o Brasil, deixou 13 milhões de Desempregados e mandou matar Celso Daniel.