Versão Agreste Central

11/01


2017

Coluna da quarta-feira

    Tiro no escuro para 2018

No Brasil, as disputas eleitorais começam cedo, no mínimo dois anos antes. Após o Carnaval, anote aí, já estará sendo dada a discussão da sucessão presidencial e dos governos estaduais em 2018. Alguém tem dúvida de que em Pernambuco a oposição bota o bloco na rua tão logo o Homem da Meia Noite deixe dormindo pelas ladeiras de Olinda o último folião ressacado da folia?

O senador Armando Monteiro Neto (PTB), principal liderança da oposição, é um político curtido pelo passar dos anos e, certamente, sabe que, leitor do Eclesiastes, o tempo ainda será outro para assumir a sua candidatura. Mas a vereadora Marília Arraes, alternativa do PT, segundo interlocutores, tende a assumir logo o projeto de uma pré-candidatura majoritária, para infernizar o PSB.

No plano nacional, o cenário é de uma obscuridade nunca vista. Réu já em cinco processos envolvendo três operações diferentes na operação Lava Jato, o ex-presidente Lula é um morto vivo. Se escapar das garras da justiça, o que parece impossível, passará a campanha dando explicações. Tancredo Neves dizia que quando o político começa a se explicar está cavando a sua própria sepultura. A profecia se aplica perfeitamente ao líder petista.

Na seara tucana, fala-se na candidatura do governador Geraldo Alckmin, fortalecido nas eleições municipais ao emplacar no primeiro turno o prefeito da capital, João Dória. Mas tem muito que explicar, também, sobre fraudes em seu governo e que atingem igualmente outros tucanos de alta plumagem, como José Serra, chuva de verão no Ministério das Relações Exteriores.

Aécio Neves, por sua vez, como Lula, vive o inferno astral de operações no Governo mineiro revelando as promiscuidades com as mesmas empreiteiras envolvidas na operação Lava jato. Quem sobra? Jair Bolsonaro? Pelo amor de Deus! Seria o pior retrocesso que este País poderia sofrer. Marina Silva, arrastada para a jaula dos leões pelas mentiras deslavadas na campanha passada, é matéria vencida.

Na verdade, o Brasil está sem lideranças, vácuo que pode ser preenchido por aventureiros, que vão surgir, inevitavelmente, da mesma forma que Bolsonaro desabrocha. Faltando menos de dois anos para o povo brasileiro eleger, democraticamente, o presidente que substituirá a presidenta cassada, sobram dúvidas, faltam candidatos.

CENTRÃO – O líder do PTB na Câmara, deputado Jovair Arantes (GO), lançou, ontem, sua candidatura à presidência da Casa em um ato organizado no Salão Nobre. A eleição está marcada para 2 de fevereiro. O lançamento da candidatura de Jovair se deu um dia após o líder do PSD, Rogério Rosso (DF), também oficializar a campanha dele ao cargo mais importante da Câmara. Jovair e Rosso são aliados do Palácio do Planalto e integram o chamado "Centrão". O bloco, informal, é composto por partidos de perfil conservador e foi criado a partir de uma articulação do então deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), atualmente cassado e preso.

Igual à seleção brasileiraExperiente marqueteiro e bem-sucedido no plano nacional, o pernambucano Marcelo Teixeira, da Makplan, tem uma resposta na ponta da língua às críticas ao modelo adotado pela nova prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), que exportou do Recife nove dos 13 secretários na montagem da sua equipe, provocando a ira dos caruaruenses. “Secretariado é como escalar a seleção brasileira: todo mundo tem o seu time preferido. Na prática, impossível agradar a gregos e troianos”, diz ele.

 

Violência em Salgadinho – A população de Salgadinho, cidade turística pelo atrativo das suas águas termais no Agreste Setentrional, a 85 km do Recife, enfrenta uma onda de violência nunca vista em toda a sua história. Também pudera: o município só conta com dois policiais por dia para proteger à população e a única viatura disponível está quebrada, sem uso há 30 dias. O mais grave ainda é que o secretário de Defesa, Ângelo Gioia, ignora completamente este quadro nefasto.

Amigos para sempre– Uma semana após fumarem o cachimbo da paz num ato em Serra Talhada ao lado da direção da companhia aérea Azul, que está abrindo voos comerciais para o município, o prefeito Luciano Duque (PT) e o secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, dois bicudos fenomenais, voltaram a se encontrar, ontem, no Recife. Em audiência formal, definiram os próximos passos para emplacar os recursos que serão utilizados no projeto que põe fim ao lixão aberto nas proximidades do aeroporto.

E haja parentes!Em Frei Miguelinho, no Agreste Setentrional, a prefeita Adriana Assunção (PSB) também vai entrar para o Livro dos Recordes na famigerada prática de nepotismo. O marido Rogério Barbosa foi nomeado chefe de gabinete, o irmão Gilmar Assunção, secretário de Obras; Adriano Assunção, também irmão, secretário de Administração; Tatiana Assunção, cunhada, secretária de Ação Social; Júnior de Nelson, primo, secretário de Saúde, e, por fim, Cibele França, esposa do vice-prefeito Lindonaldo França (PSB), secretária de Transportes. Desbancou, de longe, o prefeito de Bodocó.

CURTAS

CARA-DE-PAU- Campeão em nepotismo no Estado, o prefeito de Bodocó, Tulio Alves (DEM), disse que não descumpriu a lei quando nomeou o pai, a mãe e outros parentes de primeiro grau para o seu secretariado. Diz que a Constituição assegura esse direito. Mas o povo não o elegeu para fazer da sua gestão um gueto familiar.

SECRETARIADO – O prefeito de Toritama, Edilson Tavares (PMDB), convocou uma entrevista coletiva para hoje, às 9h30m, na Câmara de Vereadores, para anunciar o secretariado. Deve aproveitar para revelar o tamanho do buraco herdado do antecessor Odon Ferreira (PSB).

Perguntar não ofende: Depois de tantas advertências ouvidas, ontem, por técnicos do Tribunal de Contas, os prefeitos aprenderam as lições para não atropelar a Lei de Responsabilidade Fiscal? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias Fernandes Jaques

Cadê os paneleiros?

Nehemias Fernandes Jaques

Mais uma categoria enganada pela rede GLOBOSTA.

Nehemias Fernandes Jaques

Caminhoneiros desabafam e dizem que agora tá pior que tava com Dilma. Cadê as filas de carretas, que estavam desfilando com faixas, dizendo fora Dilma? E agora! Pediram ganharam, tá aí a coisa.


Versão Sertão do Araripe

Confira as últimas colunas

23/09


2017

Coluna do sabadão

  A nova fase da Bolsa-Família

O Governo Federal deve lançar na próxima semana um novo programa social, cujo objetivo é elevar a renda de 1 milhão de famílias para que elas possam deixar o Bolsa Família em 2 anos, segundo o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra. Batizada de Progredir, a ação oferecerá cursos de qualificação profissional, ajudará na seleção de oportunidades de trabalho e disponibilizará R$ 3 bilhões em microcrédito para famílias de baixa renda, inscritas no Cadastro Único dos programas sociais do governo federal, explicou Terra.

“É um programa vinculado ao público do Bolsa Família, a população mais pobre do Brasil, que visa criar oportunidade de emprego e renda para essa população. Não é um programa para tirar as pessoas do Bolsa Família”, disse o ministro. Apesar disso, o ministro trata o novo programa do governo como uma “forma de emancipação” do Bolsa Família. “Ninguém pode passar fome, mas o Bolsa não deve ser um projeto de vida”, afirmou Terra ao G1.

Terra fechou detalhes do programa, ontem, em reunião com Temer, após o retorno do presidente de Nova York. Segundo ele, o programa será voltado para jovens e adultos da cidade e do campo. O universo de pessoas que poderão ser atendidas pode ir além das 13,4 milhões de famílias que recebem o Bolsa Família atualmente, já que há mais de 28,2 milhões de famílias inscritas no Cadastro Único.

"Ninguém pode passar fome, mas o Bolsa não deve ser um projeto de vida. "A expectativa de Terra é lançar o Progredir na próxima semana, em cerimônia no Palácio do Planalto com Temer. A solenidade está pré-agendada para a próxima terça-feira. Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o Progredir terá ações conjuntas com outras pastas, como Educação; Trabalho; Indústria, Comércio Exterior e Serviços; e Ciência e Tecnologia, e será dividido em três eixos.

EMANCIPAÇÃO– Os beneficiários do Bolsa Família terão prioridade nas ações do Progredir, garante o secretário-executivo do MDS, Alberto Beltrame. De acordo com ele, é uma discussão corrente nas Nações Unidas (ONU) o “próximo passo” dos programas de transferência de renda. "Especialmente em momentos de crise econômica, é preciso ir além da transferência de renda pura e simples, modelo que se esgota. É preciso buscar no desenvolvimento humano, na qualificação profissional, no emprego e na geração de renda repostas para o combate à pobreza e a emancipação das pessoas”, disse o secretário-executivo.

O grito de Tavares – O presidente da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (Aesbe) e da Compesa, Roberto Tavares, participou em Brasília da primeira reunião realizada pelo Ministério das Cidades com vistas a revisão do Plano Nacional de Saneamento Básico. Apesar de parabenizar a iniciativa, Tavares fez duras críticas à falta de enfrentamento aos problemas estruturais do setor de saneamento por parte do Governo Federal. Dentre os pontos abordados, Tavares destacou o cenário exageradamente otimista que foi adotado pelo plano nacional, que previu um crescimento anual do PIB de 4% anuais, quando os índices registrados foram de -3,8% e -3,6 %, nos dois últimos anos, e a falta de previsão legal para a garantia de recursos onerosos e não onerosos para investimento perene que viabilize a melhoria e a universalização dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário.

Só a Prefeitura emprega– Na pacata Bom Jesus da Serra, no interior da Bahia, 9 em cada 10 trabalhadores com carteira assinada são funcionários da Prefeitura. Com renda fixa e estabilidade, eles são a pequena elite da cidade de apenas 10,5 mil habitantes. Quem não tem emprego na gestão municipal, trabalha no comércio ou tem como principal fonte de renda o Bolsa Família ou o Bolsa Safra, concedido aos agricultores que não conseguem fazer sua plantação, de feijão ou milho, vingar. O comércio é pequeno, formado por padarias, botecos, pequenas lojas de roupas e mercados. Para conseguir uns trocados, tem estabelecimento que vende até Wi-Fi: R$ 1 por 24 horas.

Tudo pela Chesf– O governador Paulo Câmara (PSB) está capitaneando uma ação contra a privatização da Eletrobrás. Câmara prepara o lançamento de uma campanha de comunicação com o mote “Não vamos ficar calados”, em que contesta a desestatização proposta por Michel Temer. O ponto central defendido por ele é a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), de grande importância para o Estado. Câmara afirma que a venda da companhia irá prejudicar os cofres pernambucanos. E que o esforço fiscal para colocar as contas do Estado em dia terá sido em vão.

Lula só pensa nele – Lula ainda mexe no tabuleiro como se acreditasse que será candidato ao Palácio do Planalto no ano que vem. No momento, ele se concentra na montagem de seus possíveis palanques. O ex-presidente já avisou a Gleisi Hoffmann que deseja vê-la candidata à reeleição ou à Câmara. Ela cogitava dedicar-se exclusivamente à presidência do PT. Outros parlamentares que planejavam voos mais tímidos também já estão sendo encorajados a sonhar grande. A estratégia revela que Lula não está preocupado com o futuro dos aliados, ameaçados de ficar desempregados em 2019. Lula pensa apenas em si próprio, como sempre.

CURTAS

FEIRA DO LIVRO– A Secretaria da Mulher de Pernambuco está presente na III Feira Nordestina do Livro (Fenelivro) que acontece até, amanhã, das 9h às 21h, no Centro de Convenções, em Olinda, com entrada franca. O estande oferece cultura e empreendedorismo. A Secretaria está disponibilizando para o público uma exposição com todo seu acervo. Para acessar as obras, basta entrar no site: www.secmulher.pe.gov.br e baixar o livro de sua preferência, gratuitamente. No estande também estão sendo comercializados livros com a temática de gênero.

DESFECHO– Está marcada para a próxima quarta-feira, em Brasília, a reunião da executiva nacional do PMDB que selará o destino do diretório pernambucano. Em pauta, a proposta da sua dissolução pedida por um aliado do senador Fernando Bezerra Coelho. O relator da matéria é o deputado Baleia Rossi (SP), que deve dar seu parecer favorável, o que, na prática, leva FBC a tomar o comando do partido no Estado do deputado Jarbas Vasconcelos.

Perguntar não ofende: A dissolução do diretório do PMDB pernambucano será por unanimidade dos integrantes da executiva nacional?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Prepare-se! Preços da gasolina e diesel vão subir neste sábado. Disseram que tudo ia melhorar quando Dilma saísse

Nehemias

Por que a Venezuela aparece todos os dias no noticiário? Porque tem um ditador no poder? Não - há diversos ditadores no mundo como no Camboja, Camarões, Chade, China etc. Em nenhum deles o ditador foi eleito democraticamente. Na Venezuela há eleições democráticas. Porque está à beira do descalabro? Não - há vários outros países a beira do colapso como Mauritânia, Argélia, Etiópia, Nigéria etc. Porque há pessoas morrendo de fome? Não - há inúmeros outros países com muitíssimo mais gente morrendo de fome, como Burundi, Eritreia, Comoros, Sudão etc. Porque é de ideologia esquerdista? Não - há diversos países com ideologia de esquerda como China, Cuba, Suécia, Noruega etc. E qual é o motivo pelo qual a Venezuela vive no noticiário? Porque é o país que possui a maior reserva de Petróleo do mundo, e os Estados Unidos, responsáveis pela propaganda mundial anti-venezuelana, estão somente esperando para que trouxas, como você, forneçam o aval mundial para que o país possa ser, finalmente, invadido pelos EUA, através de um procedimento idêntico ao feito com o Iraque, feito com a Líbia, com a Síria etc...Metam os peitos! KKKK

Nehemias

EXÉRCITO É PARTE DO CAOS, E NÃO GARANTIA CONTRA ELE. Alguém poderia explicar à população de qual delírio saiu a crença de que as Forças Armadas brasileiras têm alguma moral para prometer redenção moral do país? Que se saiba, quando seus pares tomaram de assalto o Palácio do Planalto, cresceram à sua sombra grandezas morais do quilate de José Sarney, Paulo Maluf, Antonio Carlos Magalhães: todos pilares da ditadura. Enquanto eles estavam a atirar e censurar descontentes, o Brasil foi assolado por casos de corrupção como Capemi, Coroa Brastel, Brasilinvest, Paulipetro, grupo Delfin, projeto Jari, entre vários outros. Isso mesmo em um ambiente marcado pela censura e pela violência arbitrária. De toda forma, como esperar moralidade de uma instituição que nunca viu maiores problemas em abrigar torturadores, estupradores, ocultadores de cadáveres, operadores de terrorismo de Estado, entre tantas outras grandes ações morais? As Forças Armadas brasileiras nunca tomaram distância dessas pessoas, expondo à nação um mea-culpa franco. São uns cagões.

Nehemias

Para que serve Postafen: Indicações de Postafen. Inapetência, magreza. Alergias cutâneas, respiratórias, gastrintestinais. Enjôos de viagens.

Nehemias

PT não é responsável pela crise ética, afirma General Eduardo Villas Bôas.


Versão Mata Sul

22/09


2017

Coluna da sexta-feira

  Lula sondado para vice

Dentro do arco da aliança que está sendo concebida no chamado G-4, o grupo dos quatro partidos que se unirão num projeto de oposição ao governador Paulo Câmara, dois importantes prefeitos da Região Metropolitana já fecharam um prévio entendimento: Anderson Ferreira (PR), de Jaboatão, e Lula Cabral (PSB), do Cabo. Em encontro recente, depois de terem recebido em seus gabinetes o senador Fernando Bezerra Coelho, que saiu do PSB para o PMDB, eles decidiram caminhar juntos em 2018.

Anderson já integra o bloco oposicionista, embora ainda tenha cargos no Governo Câmara. Lula seria a grande novidade em termos de debandada da base governista. Fazendo a travessia para o outro lado do balcão, o prefeito do Cabo seria tratado a pão de ló, com o tapete vermelho estendido pelas principais lideranças do G-4. A ele, segundo o blog apurou, seria oferecida a vaga de vice na chapa do candidato a governador. Tanto poderia ser ele próprio o candidato quanto indicar um nome do seu grupo.

Já o prefeito de Jaboatão seria contemplado com a prerrogativa de indicar um dos dois nomes para o Senado. Na sua cabeça, seria o seu irmão, deputado estadual André Ferreira, do PSC. Sentindo que Lula está dando sinais de rebeldia, o governador Paulo Câmara escalou esta semana quatro secretários para o Cabo. Num despacho coletivo, anunciaram várias obras para o município no gabinete do prefeito que, mesmo assim, não ficou satisfeito.

Lula tem consultado muitos aliados nos últimos dias depois da longa conversa com o senador Fernando Bezerra Coelho. Fora do PSB, com chances reais de assumir o comando do diretório estadual do PMDB, FBC investe fortemente na busca de aliados na Região Metropolitana do Recife para fortalecer seu projeto de disputar o Governo do Estado.

A pessoas da sua confiança, revelou ter saído muito satisfeito do encontro com Lula Cabral, tendo colocado claramente que sua adesão ao G-4 seria extremamente valorizada. Em português claro, FBC disse que Lula seria o nome ideal para fechar a sua chapa como candidato a vice-governador. Mas o gestor cabense não tem pressa para decidir, seguindo a máxima do ex-senador Marco Maciel, que dizia em que política quem tem prazo não pode ter pressa.

REFORÇO POLICIAL– Agosto teve o maior número de homicídios, na comparação com o mesmo mês, nos últimos sete anos, segundo dados da Secretaria de Defesa Social (SDS). Sobre os índices da criminalidade, o governador Paulo Câmara reconhece que o Estado está com “muitos desafios na segurança”, mas descarta a necessidade de atuação da Força Nacional, pedida por deputados de oposição. “Ninguém está escondendo que nós estamos com muitos desafios na segurança, os números mostram isso. Nosso efetivo está sendo reforçado. Não é assim, chamando Força Nacional, que não tem nem esse contingente, que vamos resolver”, afirmou. Câmara participou, ontem, da cerimônia de formação de mais 1,5 mil policiais militares para reforçar o policiamento nos grandes focos da violência.

A força de Sebastião – O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, assina, hoje, em Petrolina, a ordem de serviço para a adequação da travessia urbana da cidade na rodovia BR-428 e faz o anúncio da certificação operacional do aeroporto. O ato está marcado para às 10 horas no antigo Centro de Abastecimento de Petrolina, com a presença do governador Paulo Câmara (PSB) e do secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira (PR), além do prefeito Miguel Coelho e do senador Fernando Bezerra Coelho. Mais tarde, por volta das 15 horas, já no Recife, o ministro assina a ordem de serviço do início das obras de contorno da BR-101, no Km 55,6, em frente à distribuidora Disbec. Quintella é do mesmo partido de Sebastião, na foto, que teve um papel decisivo para alavancar recursos para ambos os projetos. Só na requalificação da BR-101, ele conseguiu investimentos da ordem de R$ 198 milhões. A buraqueira, enfim, está com os dias contados num dos trechos mais movimentados da BR-101.

Carro pipa em Pombos– O deputado Jorge Côrte Real (PTB) conseguiu com o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Renan Newton Ramlow, a continuidade da Operação Carro Pipa em Pombos. O serviço iria ser encerrado no início do próximo mês. De acordo com o parlamentar, manter carros pipas, neste momento, é de extrema importância para a região, que ainda sofre com os efeitos da seca. “É minha obrigação, como deputado, cuidar dos interesses dos pernambucanos e a continuidade do fornecimento de água é de total interesse da população. Quando o prefeito de Pombos, Dr. Marcos, me informou que a operação seria cancelada, prontamente solicitei a reunião com o secretário", disse o parlamentar.

Boa notícia– O Brasil abriu 35.457 vagas de emprego formal em agosto, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados, ontem, pelo Ministério do Trabalho. O resultado decorre de 1.254.951 admissões e 1.219.494 demissões. Este foi o 5º mês de saldo positivo do indicador. O número apresentado pelo Ministério ficou abaixo da mediana das estimativas positiva de 60.600 postos, apurada pela pesquisa do Projeções Broadcast, mas dentro do intervalo da pesquisa, que ia da criação de 16.718 vagas a 80 mil postos. No acumulado dos oito primeiros meses deste ano, foram abertas 163.417 postos de trabalho. Nos últimos 12 meses, no entanto, o resultado ainda é negativo, com o fechamento de 544.658 vagas.

Alckmin no Recife – Após Lula (PT), Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PSC) e João Dória (PSDB), agora é a vez do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), pré-candidato ao Palácio do Planalto em 2018, vir a Pernambuco, segundo maior colégio eleitoral do Nordeste. O tucano participa, na próxima segunda-feira, às 8h30, do Fórum Nordeste 2017 – Desafios e Oportunidades nos Setores de Biocombustíveis, Etanol e Energias Limpas, que acontece no Arcádia Paço Alfândega, no bairro do Recife, promovido pelo Grupo EQM, do empresário Eduardo Monteiro. No Recife, o tucano vai poder se reunir com políticos e empresários. A princípio, estarão presentes os governadores Paula Câmara (PSB) e Renan Filho (PMDB), de Alagoas, além dos ministros Mendonça Filho (Educação), Bruno Araújo (Cidades) e Fernando Filho (Minas e Energia).

 

 

CURTAS

MELHORAS– Novo boletim médico com o estado de saúde de Alexandre Farias mostrou que o jornalista está apresentando "evolução satisfatória". A informação foi divulgada na manhã de ontem. O apresentador está internado desde o sábado quando foi vítima de bala perdida no Alto do Moura, em Caruaru. Conforme consta no boletim, os médicos começaram a reduzir os sedativos que mantém Alexandre em coma induzido, e ele segue apresentando reações espontâneas, "como respiração voluntária".

MORTE– O prefeito de Dormentes, no Sertão do São Francisco, Geomarco Coelho (PSB), de 51 anos, morreu no início da noite de ontem, em Recife. De acordo com familiares, o prefeito morreu durante uma cirurgia cardíaca, realizada no Real Hospital Português. Grande liderança política na região, Geomarco governou o município por quatro mandatos.

Perguntar não ofende: Quantos prefeitos vão aderir ao PMDB depois que Fernando assumir o comando do partido?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Foi você quem me atacou primeiro. Lembra? Eu estou rebatendo. A melhor defesa é o ataque. Correto?

marcos

Nehemias esse é um Blog político, vamos expor nossas ideias políticas. Não devemos levar para o lado pessoal. Faça seus comentários políticos e respeite os comentários políticos dos outros. Afinal vivemos ou não em uma democracia?

marcos

Nehemias esse é um Blog político, vamos expor nossas ideias políticas. Não devemos levar para o lado pessoal. Faça seus comentários políticos e respeite os comentários políticos dos outros. Afinal vivemos ou não em uma democracia?

marcos

Fora Temer e Cadeia para Lula.

Nehemias

Depois desses comentários a pergunta que fica é a seguinte: Será que esse marco Camaragibe conheceu o seu pai?


Versão Sertão do Pajeú

21/09


2017

Coluna da quinta-feira

 De onde veio a bala que atingiu o jornalista?

A violência chegou a níveis absurdos. Em Pernambuco e no Brasil inteiro. Leio notícias de jornais do Ceará que apontam aumento assustador nos homicídios em Fortaleza (74% de fevereiro a junho e continua crescendo). Natal é a cidade mais violenta do Brasil e a décima mais violenta do mundo. Belém e Aracaju vêm logo em seguida. O Rio de Janeiro, nem se fala. É chocante olhar o noticiário da televisão e constatar que se tornou natural os jornalistas irem às ruas vestindo coletes à prova de bala - imagem antes vista apenas em coberturas de guerra.

Esse preâmbulo foi para me associar a todos que lamentam o sofrimento do companheiro Alexandre Farias, da TV Asa Branca, atingido por uma bala disparada por bandidos em fuga na cidade de Caruaru, no último final de semana. Alexandre não estava trabalhando, nem se vestia para guerra. Voltava para casa dirigindo seu carro quando foi alvejado. Os bandidos dispararam várias vezes contra a viatura que os perseguia. Acertaram o jornalista, que continua entre a vida e a morte numa UTI.

Pelo menos, a polícia já prendeu quatro homens envolvidos no crime. Outro foi morto em confronto. Os policiais que perseguiam os bandidos estavam apenas realizando seu trabalho. Identificar um carro roubado e abordá-lo é o que se espera das autoridades. A bala que atingiu o jornalista Alexandre Farias não foi culpa da ação dos policiais, como alguns querem fazer crer. A culpa é tão somente desses marginais, que por sinal não são sequer pernambucanos, vieram do Rio Grande do Norte assaltar em Caruaru.

Tudo Isso que falei só demonstra que o problema da segurança é nacional. O Brasil não produz o crack, essa droga que é uma verdadeira praga. O Brasil não produz fuzis AR15, modelo preferido por traficantes, assaltantes a banco e crime organizado em geral. Tudo isso vem de fora, pelas imensas porteiras abertas na nossa fronteira. A violência no Brasil todo só vai ser reduzida quando o Governo Federal assumir seu papel na defesa das nossas fronteiras. E quando estados e municípios se unirem para combater a criminalidade na ponta, cada um fazendo o que pode e deve ser feito.

MELHORAS– O novo boletim médico com o estado de saúde de Alexandre Farias mostrou que o apresentador apresentou "ótima evolução clínica". A informação foi divulgada na manhã de ontem. O jornalista está internado desde o sábado passado quando foi vítima de bala perdida no Alto do Moura, em Caruaru. Conforme consta no boletim, os médicos começaram a reduzir os sedativos que mantém Alexandre em coma induzido, e o apresentador apresentou reações espontâneas, "como soluços e respiração voluntária". As pressões intracranianas (PIC) e de perfusão cerebral (PPC) permanecem normais, assim como as funções renais, pulmonares, hepáticas e cardíacas.

Poderia ter sido pior – Se a pesquisa de avaliação da gestão municipal de Caruaru tivesse isso a campo terça-feira e quarta-feira últimas, depois das declarações desencontradas da prefeita Raquel Lyra (PSDB) sobre o episódio da bala perdida que atingiu o jornalista Alexandre Farias, certamente o Instituto Opinião teria identificado um quadro muito mais adverso para a tucana do que os apresentados no levantamento postado abaixo, no qual sua gestão tem reprovação da maioria do eleitorado, sendo a questão da segurança pública o ponto mais reclamado por parte dos entrevistados. Na avaliação geral da pesquisa, seu Governo não está agradando nem mesmo aos então mais devotados eleitores e até aliados.

Fundo eleitoral– O líder do governo no Senado, senador Romero Jucá (PMDB-RR), entregou, ontem uma proposta alternativa para a criação de um fundo eleitoral com dinheiro público. Pelo texto, que seria votado ainda ontem no Senado, Jucá inclui a previsão de utilizar, "no mínimo", 50% do valor destinado no Orçamento às chamadas emendas de bancada para custear as campanhas. Neste ano, foram destinados R$ 6,1 bilhões neste tipo de emenda. Além das emendas de bancadas, a proposta de Jucá tem outras duas fontes de recursos. A primeira prevê a transferência para o fundo dos valores da compensação fiscal cedidos às emissoras de rádio e televisão que transmitem os programas partidários. Ou seja, esses programas deixam de existir e os recursos são destinados para as campanhas.

Violência em Itapetim– O prefeito de Itapetim, Adelmo Moura (PSB), foi recebido em audiência, ontem, no Palácio do Campo das Princesas, pelo secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, a quem reivindicou reforço policial para o município. Durante a audiência, que foi acompanhada pelo prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira (PSB), pela prefeita de Brejinho, Tânia Maria (PSB), pelo deputado estadual (e secretário de Agricultura) Nilton Mota (PSB) e pelo chefe de gabinete do governador Paulo Câmara, João Campos, o prefeito fez um relato para o secretário sobre o aumento da violência em seu município, onde já foram registrados assaltos às agências do Banco do Brasil, Bradesco e Sicoob (Cooperativa de Crédito)  “Todas elas estão fechadas, sendo que o gerente da Sicoob, Evaldo Campos, já nos informou na Prefeitura que só irá reabri-la se houver aumento do efetivo policial”, declarou.

Avanço na Educação – O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Educação, foi um dos vencedores do Ranking de Competitividade dos Estados 2017, anunciado, ontem, em São Paulo, pelo Centro de Liderança Pública (CLP), em parceria com a Tendências Consultoria Integrada e a Economist Intelligence Unit, uma empresa do grupo controlador da revista britânica The Economist. O programa pernambucano vencedor da categoria “Boas Práticas” foi o Pacto Pela Educação. O prêmio foi recebido pelo governador Paulo Câmara. “Temos que olhar para o futuro e não olhar apenas para a agenda do presente, que é a agenda financeira. Sei que todos os governadores, nos últimos três anos, têm feito o dever de casa. Pernambuco, por exemplo, manteve o padrão de despesas no mesmo nível”, afirmou.

CURTAS

FILIAÇÃO– O Avante, novo partido, acolheu, ontem, o deputado federal e candidato à reeleição, Adalberto Cavalcanti (ex-PTB), uma das lideranças políticas do Sertão do São Francisco. Ex-prefeito de Afrânio, por dois mandatos (2000 e 2004), ex-deputado estadual (2010), nas eleições de 2014 Adalberto foi eleito deputado federal. O seu ingresso foi oficializado em reunião conduzida pelos também deputados federais, Sílvio Costa (PE) e Luis Tibé (MG), respectivamente presidentes estadual e nacional do partido.

RELATORIA– O senador Armando Monteiro (PTB) foi escolhido relator do projeto de lei criando o fundo de financiamento de campanha eleitoral do próximo ano, que se estima deve ficar em torno de R$ 3,5 bilhões, e disciplinando a propaganda das eleições na Internet. Pelo projeto, que substitui o projeto de lei 206/2017, de autoria do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), o Fundo Especial de Financiamento de Campanha será formado por duas fontes: metade das emendas das bancadas ao Orçamento da União e o valor da compensação fiscal dada às emissoras de rádio e tevê pela propaganda eleitoral veiculada em 2016, corrigido pela variação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

Perguntar não ofende: Quanto vai custar ao contribuinte a rejeição pela Câmara da segunda denúncia contra Temer?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Depois desses comentários a pergunta que fica é a seguinte: Será que esse marco chola de Camaragibe conheceu o seu pai? Procura a cura gay. Mizeravi.

Nehemias

Desemprego: 2002 (FHC) 10,5% - 2010 Lula) 5,3% - 2014 (Dilma) 4,3% - 2016 (golpe) 10,2% - 2017 (Temer) 13,7%. Mizeravi, gay;

marcos

Quem quebrou o Brasil?...Lula....Acertou Mizeravi.

marcos

Qual foi o Governo que deixou 13 milhões de desempregados?....Lula..PT...Acertou Mizeravi.

marcos

Quem é mais Bandido e Ladrão: Aécio, Lula, Temer ou Fernandinho beira mar? Lula.......Acertou mizeravi.



20/09


2017

Coluna da quarta-feira

   A influência de Anderson no G-4

A consolidação do G-4, o grupo dos quatro partidos que estão na oposição ao Governo Paulo Câmara (PTB-PSDB-DEM e PMDB, se este ficar de fato sob o controle do senador Fernando Bezerra Coelho), passa pela inserção de uma liderança na Região Metropolitana do Recife. É por isso que o senador Armando Monteiro, os ministros Bruno Araújo e Mendonça Filho, além do próprio Fernando Bezerra, investem fortemente para atrair o PSC, do grupo Ferreira, liderado pelo prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira, que está tentando, também, retomar o controle do PR, hoje com o secretário de Transportes, Sebastião Oliveira.

Além de administrar o segundo maior colégio eleitoral do Estado, Anderson é produto do segmento evangélico, o que mais cresce no País. Quando deputado federal, dois anos antes de ser eleito prefeito, teve mais de 150 mil votos e seu irmão André Ferreira, mais de 74 mil votos para deputado estadual. A família elegeu ainda o vereador Fred Ferreira, com mais de 14 mil votos. Votações e tanto, diga-se de passagem, em se tratando de uma única família.

São fatores que numa discussão para montagem da chapa majoritária do G-4 devem influenciar bastante. Por isso, não está descartada a possibilidade do deputado André Ferreira ser indicado candidato a senador. Atuando no bloco de oposição, tendo na sua eleição em 2016 o apoio do senador Armando Monteiro, Anderson já pode ser considerado, desde já, a noiva mais cobiçada do pleito de 2018, sendo paparicado por ambos os lados da disputa.

Afinal, não está descartada a possibilidade de o governador Paulo Câmara buscar o seu apoio e, consequentemente, de olho também do mundo evangélico. Mas como tem sido tratado a pão e água pelo Governo, segundo aliados fazem questão de enfatizar, a tendência nacional é ficar onde está, trabalhando para o fortalecimento da oposição no Grande Recife.

Interlocutores do prefeito garantem que Anderson já vem assumindo um papel preponderante na consolidação do G-4. “Na verdade, as costuras para montagem e ampliação deste grupo começaram no gabinete do prefeito”, garante um aliado do gestor, adiantando que as chances do grupo Ferreira indicar um dos candidatos a senador são reais.

LULA NA LIDERANÇA– O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria as eleições presidenciais em todos os cenários, segundo pesquisa CNT/MDA divulgada, ontem, pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT). O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) aparece em segundo lugar em todos os cenários testados. Segundo o levantamento, Lula teria hoje com 20,2% das intenções de voto espontânea para presidente, ante 16,6% no levantamento CNT/MDA divulgado em fevereiro deste ano. Em seguida, aparecem Bolsonaro, com 10,9% (ante 6,5% em fevereiro); seguido pelo prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), com 2,4% (ante 0,3% em fevereiro).

Paraíba na frente - O Estado da Paraíba está entre os dez finalistas do Ranking de Competitividade dos Estados 2017, realizado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), que analisa 66 indicadores, agrupados em 10 pilares. Em 2016, a Paraíba já havia ficado em segundo lugar na categoria infraestrutura, ficando atrás apenas de São Paulo, e em sexto lugar no quesito potencial de mercado. O governador Ricardo Coutinho (PSB) participou, ontem, em São Paulo, do evento no qual será divulgado o ranking dos estados brasileiros que estão conseguindo melhorar os serviços públicos, mesmo em condições adversas. O secretário de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão, Waldson Souza, aponta como principal responsável pela melhoria dos índices a solidez fiscal da Paraíba, mesmo em tempos de crise.

Mudança na Lava Jato– A nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, oficializou em portarias a troca no grupo de trabalho da Operação Lava Jato.  A nova equipe composta por Raquel para conduzir as investigações na PGR é formada por oito procuradores, sendo que apenas dois já estavam no grupo do ex-procurador-geral Rodrigo Janot. Além disso, Raquel estabeleceu um prazo de 30 dias de transição nos quais cinco integrantes do grupo de Janot ajudarão nos trabalhos da Lava Jato, entre eles o último coordenador da equipe, promotor Sérgio Bruno.  As portarias foram publicadas no Diário Oficial de ontem.

Dória se aproxima do DEM– O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), convidou integrantes da cúpula do DEM para um jantar, amanhã, em sua residência, na capital paulista. O convite é mais um gesto político do tucano em busca de apoio para viabilizar uma eventual candidatura sua à Presidência da República em 2018. O presidente nacional do DEM, senador Agripino Maia (RN), confirmou o convite. "Esse jantar está previsto, sim", afirmou. O parlamentar potiguar, porém, disse que não poderá comparecer, pois está de licença do Senado para tratamento médico. Outros democratas, como o prefeito de Salvador, ACM Neto, porém, já confirmaram presença.

Crescendo feito rabo de cavalo – O presidente Michel Temer (PMDB) registrou a pior aprovação pessoal e de governo da série histórica da pesquisa CNT/MDA, divulgada, ontem, pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). Do ponto de vista de avaliação de governo, a série histórica da pesquisa começou a ser registrada pela CNT em julho de 1998, durante o segundo mandato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. De lá para cá, Temer é o presidente da República com a pior avaliação. Segundo os dados do levantamento, a avaliação negativa do peemedebista alcançou 75,6% neste mês de setembro. Até então, o pior desempenho era da ex-presidente Dilma Rousseff, que teve índice de 70,9% em julho de 2015.

CURTAS

PRISÃO– Foi preso na tarde de ontem o quinto homem suspeito de envolvimento no crime que vitimou o jornalista e apresentador da 2ª edição do ABTV Alexandre Farias, 39 anos. O homem estava escondido em uma casa no bairro José Carlos de Oliveira. Com o suspeito foram apreendidos um revólver e uma pistola. O preso foi levado para a Diretoria Integrada do Interior 1, em Caruaru, no Agreste, onde os delegados deram explicações à imprensa sobre a prisão.

PROTESTO- Taxistas do Recife realizaram protestos, na manhã de ontem, para pedir que o aplicativo de transporte Uber seja regularizado pelo poder público. Dois sindicatos que representam a categoria promoveram duas carreatas, uma saindo do Centro de Convenções, em Olinda, e a segunda do Cais José Estelita, na área central da capital.

Perguntar não ofende: Lula será candidato, mesmo sendo condenado em segunda instância?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

SUBPROCURADORA PEDE QUE STJ ANALISE SUSPEIÇÃO DE MORO NOS CASOS CONTRA LULA. Foto de juiz com Aécio em festa da Istoé é citada em parecer.

Nehemias

Os pagamentos foram comprovados pela Receita Federal. Agora o juiz deveria explicar: por que sua esposa recebeu pagamentos do doleiro da Odebrecht na mesma época em que ele diminuiu R$ 13,9 bilhões da multa que a empresa deveria pagar ao governo?

Nehemias

A pergunta que não quer calar...Por que o doleiro da Odebrecht fez pagamento à esposa de Sérgio Moro?

Nehemias

Para começar marco, Se a cura gay for pelo SUS tu vai morrer viado.

marcos

Para 2018 é melhor JAIR se acostumando.


fenelivro 2017

19/09


2017

Coluna da terça-feira

  Dodge recebe corte dividida   

Raquel Dodge assumiu, ontem, a Procuradoria-Geral da República em um momento de divisão da principal instituição responsável por investigar a corrupção da cúpula política do Brasil. A cerimônia de posse da nova procuradora-geral foi testemunhada por dezenas de parlamentares e pelo presidente e investigado Michel Temer (PMDB), deixando ainda mais claro esse racha. Seu antecessor no cargo, Rodrigo Janot, e alguns de seus assessores não compareceram ao evento, algo incomum nesse tipo de solenidade no Ministério Público Federal.

Ele alegou não ter sido convidado. Ao que ela diz que o cerimonial o chamou, sim. Seu primeiro desafio será tentar unificar os procuradores e blindar sua equipe da influência de Janot, de quem ela é adversária política. Alguns dos aliados dela dizem que Raquel Dodge até poderia abrir uma apuração interna para apurar a conduta de seu antecessor.

Janot ficou marcado no fim do mandato por apresentar duas denúncias criminais contra o presidente Temer, por ter revogado um dos mais bombásticos acordos de delação premiada (o feito pelos executivos da JBS) e por também ter agido contra um procurador, Ângelo Goulart Vilela, e um ex-procurador, Marcelo Miller. Ambos já foram do grupo mais próximo do ex-chefe do Ministério Público.

Vilela chegou a ser preso sob a suspeita de receber propina da JBS para repassar informações sobre apurações – o que ele nega. Já Miller, pediu exoneração do Ministério Público e é investigado por ter orientado os executivos da mesma empresa a gravarem autoridades para assinarem a delação premiada. Um sinal de mudança de rumo foi dado antes mesmo de Dodge assumir a função.

Assim que foi escolhida por Temer para a função, ela anunciou que previa alterar o organograma da instituição, criando quatro novas secretarias e trocar ao menos dois procuradores membros da Lava Jato: Rodrigo Telles de Souza e Fernando Alves de Oliveira Júnior. Outros três, com experiência em operações como Zelotes, Mensalão e Greenfield, ocuparão funções em seu gabinete. Sua escolha, foi vista por analistas políticos como uma resposta de Temer aos avanços da operação Lava Jato.

A CARTA DE JANOT– Em carta de despedida enviada aos colegas, Janot desejou sorte à sua sucessora e afirmou que não estaria na posse por questões protocolares. Sem citar nomes, o ex-procurador-geral afirmou que escroques ainda ocupam cargos no País e que é necessário acreditar que o combate à corrupção sirva como inspiração para todas as gerações. "Precisamos acreditar nessa ideia e trabalhar incessantemente para retomar os rumos deste país, colocando-o a serviço de todos os brasileiros, e não apenas da parcela de larápios egoístas e escroques ousados que, infelizmente, ainda ocupam vistosos cargos em nossa República”, afirmou.

É o que dá governar com o fígado!Um dos mais modernos, avançados e eficientes centros administrativos do Nordeste, o da Prefeitura de Caruaru, construída na era do ex-prefeito José Queiroz (PDT), virou pó, literalmente, por uma ação de desmonte inaceitável, inexplicável e surpreendente da prefeita Raquel Lyra (PSDB). Por muitos anos, a área foi utilizada pela gestão anterior para reuniões de monitoramento, gabinete de despacho e até de pequenos eventos. O que se diz em Caruaru é que a tucana está governando o município com o fígado e não com a cabeça.

Interligação de bacias– A Câmara de Salgueiro promove, na próxima sexta-feira, audiência pública para apresentação do Projeto de Lei que trata sobre as obras de interligação do rio Tocantins com o São Francisco. O evento, que começa às 9h e é proposto pela vereadora Paizinha Patriota (PSB-PE), terá participação do deputado Gonzaga Patriota (PSB), o qual apresentará mais detalhes da proposta. Salgueiro será a segunda cidade a sediar uma audiência pública sobre o PL, criado há mais de 20 anos e já aprovado pelo Ministério da Integração Nacional. O projeto visa a compensar o suprimento hídrico do manancial, melhorar o volume de água no Lago do Sobradinho, aumentar a disponibilidade aquática no semiárido e gerar energia a partir da queda d’água na divisa de Tocantins com a Bahia.

Estado grave– Sobre o estado de saúde do apresentador Alexandre Farias, da TV-Asa Branca, de Caruaru, vítima de bala perdida, o neurocirurgião Ronaldo Neves garante que o jornalista foi operado em tempo hábil. "O tipo de trauma craniano que ele sofreu é grave. O dano cerebral é bem difuso, ele chegou em uma escala de coma bem rebaixado. Ainda há viabilidade neurológica. Nesta fase, vamos deixar ele dormindo sedado para o cérebro descansar e diminuir o metabolismo cerebral, já que o cérebro foi agredido e está inchado. A expectativa é positiva. Não vamos perder a esperança", afirmou.

Buíque limpa o nome – O prefeito de Buíque, Arquimedes Valença (PSB), conseguiu, e está comemorando, a regularidade do Município junto ao CAUC, o SERASA da Municipalidade. E janeiro, quando tomou posse, segundo ele, a Prefeitura se encontrava com mais de uma dezena de apontamentos junto ao sistema de inadimplentes da União, decorrentes das inúmeras falhas deixadas pela gestão passada, o que a impedia de firmar convênios e obter recursos junto ao Governo Federal para o desenvolvimento do Município. A situação já se arrastava há vários anos sem que tivessem sido tomadas as medidas adequadas para a regularização.

CURTAS

MORENO– Os ministros Raul Jungmann (Defesa) e Osmar Terra (Desenvolvimento Social) estiveram, ontem, em Moreno, onde conheceram o programa Moreno em Ordem, que prevê uma série de ações de prevenção com ampla participação social com o objetivo de reduzir os índices de violência no município. O programa trabalha dentro de três eixos: salubridade, segurança e tranquilidade. De acordo com o especialista em planejamento de segurança pública e privada, Júlio Cezar Costa, a segurança continua sendo responsabilidade do Estado, mas as ações podem ser complementadas pelo município.

ATO DE ELITE- O ato de desagravo ao deputado Jarbas Vasconcelos, ontem, no Recife, por estar ameaçado de perder o controle do diretório do partido no Estado, até atraiu muita gente, mas o que mais chamou a atenção dos presentes não foram os acalorados discursos, mas o local escolhido: o suntuoso e luxuoso prédio do JCP, na Zona Sul da cidade.

Perguntar não ofende: O que muda na Lava Jato com a troca de Janot por Raquel Dodge?  


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Malafaia diz que adoradores de Bolsonaro são homossexuais enrustidos. Será KKKK http://www.diariodocentrodomundo.com.br/video-malafaia-diz-que-adoradores-de-bolsonaro-sao-homossexuais-enrustidos/

Nehemias

Depois desses comentários a pergunta que fica é a seguinte: Será que esse marco conheceu o seu pai? Procura a cura gay. Mizeravi.

Nehemias

Não tá longe o dia em que Lula tornar-se-á réu por ter nascido.

Nehemias

marco vai procurar a cura gay Mizeravi Baitola enrustido.

marcos

Você votaria em um Criminoso Condenado e Réu em SETE Processos?


Flamac - 2

18/09


2017

Coluna da segunda-feira

   Em PE, o PMDB minguou  

Os aliados de Jarbas Vasconcelos promovem, hoje, um ato de desagravo contra a decisão do PMDB nacional de interferir na executiva estadual, passando o seu controle para o senador Fernando Bezerra Coelho. Independentemente do que o grupo do senador possa fazer, o fato é que o PMDB em Pernambuco encolheu na última década, atingindo patamares que não refletem a grandeza nacional da legenda. Os números falam por si mesmos.

Em 2006, último ano da segunda gestão de Jarbas Vasconcelos, o partido elegeu três deputados federais: Carlos Eduardo Cadoca, Raul Henry e Edgar Moury Fernandes. Quatro anos mais tarde, o mesmo Jarbas disputaria sua quarta eleição para governador. O PMDB saiu das urnas como o grande derrotado em nível estadual, conseguindo eleger apenas um representante para a Câmara Federal, entre as 25 vagas existentes.

Já em 2012, aliado à Frente Popular, Jarbas tentou eleger o filho vereador do Recife. Mesmo tendo sido prefeito da cidade por duas vezes, não conseguiu sucesso eleitoral. Em 2014, mais um desempenho pífio, com a eleição de um único deputado federal, exatamente Jarbas. O PMDB de Pernambuco, que sempre teve uma forte presença metropolitana e já chegou a contar com as prefeituras de Recife, Olinda, Jaboatão e Paulista, minguou na cena política.

No ranking das prefeituras estaduais está na quinta posição, atrás de legendas como PR, PSD e PTB. Entre as principais cidades da RMR apresentou candidato apenas em Olinda, o deputado estadual Ricardo Costa, onde contou com míseros 3,91% dos votos. Uma distância abissal em relação ao desempenho nacional do PMDB, que ficou no segundo lugar no ranking brasileiro.

Tudo isso comprova que o PMDB de Pernambuco está em declínio. Do ponto de vista eleitoral, o desempenho dos atuais peemedebistas é notoriamente insuficiente. Não passa hoje de um satélite do PSB cujo propósito na reação à chegada de Fernando Bezerra e seu grupo é o de apoiar a reeleição do governador Paulo Câmara, exercitando, portanto, a posição de satélite socialista. Muito pouco para uma sigla do tamanho do PMDB.

DESAGRAVO– Amigos e admiradores do deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB) estão organizando, hoje, no Empresarial JCPM, às 18h, um ato de desagravo ao parlamentar, punido pelo partido por ter votado pelo prosseguimento das investigações contra o presidente Michel Temer. Com isso, acabou perdendo o controle do PMDB em Pernambuco para o senador Fernando Bezerra Coelho. O governador Paulo Câmara (PSB) confirmou presença no ato. Na convocação, é dito que a “atuação séria, coerente e transparente na política de Pernambuco e do País” de Jarbas não pode ser “desrespeitada”.

A cata de aliadosMesmo sem ter a certeza de que vencerá a batalha contra o grupo jarbista, o senador Fernando Bezerra Coelho faz movimentação de pré-candidato a governador para atrair forças das mais diversas tendências para o seu palanque. Na sexta-feira passada, além de ter uma longa conversa com o prefeito do Cabo, Lula Cabral, que é do PSB, mas não está satisfeito na legenda, recebeu no seu escritório político no Recife o prefeito de Agrestina, Thiago Nunes (PMDB), que que saiu de lá informando que a pauta seria administrativa, mas, na verdade, está ligada ao pleito de 2018.

Violência em Caruaru– O deputado Wolney Queiroz, presidente estadual do PDT e o seu pai José Queiroz, ex-prefeito de Caruaru, foram, ontem, ao governador Paulo Câmara relatar o drama da violência no município e pedir rigor na apuração do episódio em que o apresentador da TV Asa Branca, Alexandre Farias, foi vítima de bala perdida quando voltava para casa. Socorristas do SAMU também foram atingidos na perseguição entre bandidos e polícia. “O governador se comprometeu a anunciar nos próximos dias medidas de emergência e de grande impacto para combater a violência”, afirmou Wolney.

Com Sarney– O presidente Michel Temer chamou, ontem, o ex-presidente José Sarney no Palácio do Jaburu para discutir o cenário político em meio à segunda denúncia de Rodrigo Janot contra o presidente e a cúpula do PMDB. A conversa ocorreu após Temer se reunir nos últimos dois dias com aliados e advogados, em São Paulo e em Brasília, para discutir a estratégia jurídica contra a nova denúncia por obstrução de justiça e organização criminosa. Temer se aconselha com Sarney desde que assumiu a presidência e passou a enfrentar graves crises políticas.

Homem-bomba – Sob a ótica de amigos do presidente Michel Temer – que hoje dividem com ele a acusação de integrar uma organização criminosa – Geddel Vieira Lima vai delatar. Mas, se falar, vai delatar o quê? E quem? Geddel Vieira Lima é descrito por aliados como um político que aponta o dedo sempre que está encurralado em alguma situação delicada, no melhor estilo "eu posso até ter feito, mas ele também fez". Estratégia parecida com a de outro ex-político encrencado – e hoje preso – Eduardo Cunha. Quando Cunha estava na iminência de perder o mandato, encontrou-se com Michel Temer, então presidente em exercício, para pedir ajuda.

CURTAS

CAMARAGIBE– O senador Armando Monteiro (PTB) participou, ontem, dos desfiles cívicos dos municípios de Camaragibe e São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana. Ao lado dos prefeitos Demóstenes Meira (PTB) e Bruno Pereira (PTB), e dos deputados Jorge Corte Real (PTB) e Júlio Cavalcanti (PTB), o líder petebista acompanhou as comemorações e destacou a importância de exaltar o espírito patriótico, sobretudo para as futuras gerações. As celebrações marcaram os festejos do Dia da Independência.

POSSE- A nomeada procuradora-geral da República, Raquel Dodge, toma posse, hoje, às 8h. Ela substitui Rodrigo Janot, que deixa o cargo após quatro anos na chefia do Ministério Público Federal (MPF). Inicialmente, a posse estava prevista para às 10h30, mas o horário foi alterado para garantir a presença do presidente da República, Michel Temer, na cerimônia.

Perguntar não ofende: O Palácio treme com uma possível delação de Geddel?  


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Caravana Lula pelo Brasil em Minas Gerais entre os dias 23 e 30 de Outubro!!!

Nehemias

Senadores denunciam: Lava Jato está blindando Meirelles, que foi chefe da JBS e sabia de tudo

Nehemias

Se sua religião faz com que você odeie alguém, você precisa de uma religião.

Nehemias

Silvio Santos doa 1,5 milhões de reais para ajudar Lula na presidência em 2018, e disse que Lula vencerá!

Nehemias

Depois desse comentário a pergunta que fica é a seguinte: Será que esse marco Bigênero conheceu pai?


Banner - Hapvida

16/09


2017

Coluna do sabadão

A integra do meu discurso, ontem, em Arcoverde, na Câmara de Vereadores, em agradecimento ao título de Cidadão Arcoverdense, o que muito me honra: 

Minhas senhoras, meus senhores

Rubens Alves, que comecei a ler na adolescência, um dos mais memoráveis e apaixonantes pensadores da atualidade, que nos deixou, há pouco, abrindo um grande vácuo na literatura nacional, dizia que aquilo que está escrito no coração não necessita de agendas, porque a gente não esquece. O que a memória ama fica eterno.

Arcoverde, que me acolhe hoje como cidadão, proposição da presidente desta Casa, Célia Almeida Galindo, aprovada por unanimidade, está eternizada em minha vida. Mais do que isso, está enraizada, lacrada nas minhas memórias de garoto. 
E o que está enraizado, dura para sempre. As memórias não fogem, elas ficam. Mas só permanecem jorrando felicidade quando são memórias de doces recordações. Diz o poeta que todo jardim começa com um sonho de amor. 

Lá, da minha Afogados da Ingazeira, ainda pequenina como um jardim florido num quintal, ouvia dizer que Arcoverde era a porta e a janela do Sertão. Isso me inquietava pela simbologia: a porta se abre para entrar. Eu sonhava em abrir a porta do berço do Cardeal Arcoverde, a velha Comarca do Rio Branco, a saudosa Olho d’água dos Bredos. Abrir e entrar, ver e sentir. 

Foi a partir daqui, desta cidade que respira ares de grandes centros urbanos, que matuto das brenhas da minha amada Afogados da Ingazeira, senti pela primeira vez o cheiro da civilização. Na pátria dos Sertões euclidianos, Arcoverde, já naqueles tempos em que civilização era palavra agressiva aos ouvidos de nós, tinha cara, forma e vocação de grandeza. 

Um cheiro impregnado a uma paisagem urbana que meus olhos enxergavam de longe, precisamente da janela de um trem que me levava para conhecer Recife, no colo do meu pai. O apito do trem, que depois inspirou poetas e trovadores, deu a sonoridade da despedida e foi nos levando. 

Arcoverde foi ficando para trás, um retrato que se põe na parede estava posto à minha frente, à frente da minha memória. A cada paisagem da primeira despedida, eu via prédios, comércios, avenidas, uma cara de cidade que se diferenciava do Sertão que vivi. 

O Sertão que vivi foi a da dor, da aflição, do sofrimento, do chão seco, esturricado. De gente esquálida, faminta. De canto triste, mas de poesia que brota na viola que ponteia e encanta. De fogão de lenha, onde se faz a comida sentindo o cheiro do orvalho da manhã.  O Sertão de terra quente, de povo valente, de sotaque que rima com oxente, orgulhoso de se dizer. É terra tão abençoada, que cada passarinho que canta faz nascer uma flor do jardim em que posa. 

Em tempos de seca, Sertão é deserto. Só de quando em quando passa uma borboleta com asas de azul e branco, para espantar a dor. Sou da terra do poeta Biu Gomes, que diz que o sabiá do Sertão faz coisa que comove: passa três meses cantando e sem cantar passa nove, como que se preparando para só cantar quando chove. 

Arcoverde, apesar da sua face urbana, também tem olhos e sangue sertanejos. Mas do olhar do trem, naquela manhã com o meu pai me levando para conhecer a capital, eu senti que a cidade era grande, era a porta, era a janela da civilização e do progresso do Sertão. 
Minha desconfiança se fez realidade. Arcoverde é, hoje, uma cidade que respira ares de grandes centros urbanos, com seu comércio pujante, polo médico nas mais variáveis especialidades, centro de educação, vocação universitária, diversificado calendário de festividades culturais tendo como grande símbolo o Cinema Rio Branco, o mais antigo em funcionamento do Brasil, de onde o povo deu o seu grito para conquistar a emancipação. 

Nem seus mais nobres cidadãos imaginavam que a igrejinha de Nossa Senhora do Livramento de Olho d’Água, da freguesia de Cimbres, doada como patrimônio num terreno de 100 braças de frente por uma légua de fundo, viesse a se constituir nesta Arcoverde cosmopolita, que nos enche de orgulho – a vocês filhos natos, a mim, filho adotivo, mas com o mesmo sentimento de amor e orgulho. 

E quantos filhos ilustres! A começar pelo Cardeal Arcoverde, o primeiro cardeal do Brasil e da América Latina, nascido na Fazenda Fundão, em Olho d’Água, que era vizinha à Fazenda Santa Rita, do seu avô materno, Leonardo Pacheco Couto. Doutor José Maria da Silva Paranhos Jr., o barão do Rio Branco, histórico chefe da diplomacia brasileira, também é memória de orgulho e saudade. 
No frontão de cada lado da pequenina estação da Great Western foi inscrito a denominação “Barão do Rio Branco”, em sua homenagem pelos esforços empreendidos para o transporte ferroviário. 

Impossível não citar Augusto Cavalcanti, que em 1917 trouxe a iluminação elétrica pública e particular, que, pouco tempo depois, foi responsável também pela inauguração do primeiro cinema do distrito, o Cine Rio Branco. O Coronel Antônio Japyassu, primeiro prefeito, deu o start do processo de civilização e a ele rendemos nossas graças. 

Outra figura exemplar e memorável foi o médico, deputado e escritor Luís Wilson, que escreveu com muito amor e talento a história e as histórias de Arcoverde. Também gostaria de lembrar o grande poeta, escritor, advogado, professor, vereador e fundador da Faculdade de Arcoverde, o mestre José Rabelo de Vasconcelos. 

Uma cidade é passado e presente, com gente que transforma sonhos em realidade. Num momento em que os políticos brasileiros estão na sarjeta, levados ao fundo do poço pelos escândalos, há de se reconhecer os que fizeram Arcoverde andar para frente. 
Eu destacaria a Família Bradley, o ex-deputado federal Airon Rios, o ex-prefeito Giovani Porto e a geração atual, começando pela prefeita Madalena Brito, que dá sequência à tradição da cidade de ter mulheres à frente dos destinos, era que começou com Erivânia Camelo e depois Rosa Barros, cujo marido, Rui Barros, também governou o município. 

E no comando da Câmara tem também a vereadora Célia Almeida Galindo, esta brava guerreira, a primeira mulher a ser eleita no município, pondo abaixo o machismo preponderante no Sertão. Também há se destacar o deputado Zeca Cavalcanti, que governou o município por dois mandatos, o seu irmão, o deputado Júlio Cavalcanti; o ex-prefeito Julião Guerra, o ex-deputado Israel Guerra; o deputado Eduíno Brito, o ex-senador Joel de Holanda e todos os vereadores que compõem esta Casa.  

Foi a ação política e o empreendedorismo da sua gente que foi dando a Arcoverde uma boa infraestrutura urbana, colocando-a numa posição privilegiada, mais importante centro expedidor e distribuidor de mercadorias para o Sertão, centro de abastecimento de produtos básicos demandados por cerca de 26 municípios próximos. 

A área comercial de Arcoverde tem hoje grande variedade de produtos, tanto nos setores de vestuário, móveis, eletroeletrônicos e construção, como nos setores de serviços, com clínicas médicas, escritórios de advocacias, oficinas, entre outras especialidades. A cidade é também um importante polo médico do interior do Estado, com hospitais públicos e privados, clínicas particulares e dezenas de consultórios médicos em todas as especialidades. 

Esta área médica e de serviços é hoje uma das principais atividades econômicas de Arcoverde. A cidade recebe diariamente cerca de cinco mil pessoas, vindas de várias cidades da região, em busca de tratamento médico, compras no movimentado comércio local e estudos, desde o nível infantil ao superior de ensino.

Na área de lazer, Arcoverde oferece durante todo o ano uma vasta programação de eventos e shows artísticos, destacando o São João, a Fenospe, a Exposição de Animais e a Festa do Comércio. Além do cinema mais antigo em funcionamento da América Latina, o Cinema Rio Branco, Arcoverde tem uma grande casa de espetáculos, o Coliseu, teatros, bares, danceterias e restaurantes que fazem das noites arcoverdenses uma das mais movimentadas do interior do Estado. 

Minhas senhoras, meus senhores

Todo mundo gostaria de se mudar para um lugar mágico. Mas são poucos os que têm coragem de tentar. Nas multifaces de Arcoverde, uma das suas magias é o samba de coco, que tem nos grupos Irmãs Lopes, Trupé e Raízes de Arcoverde seus maiores expoentes. 
A porta do Sertão também deu origem ao grupo Cordel do Fogo Encantado, que tinha à frente Lirinha e Cleiton Barros, e à Orquestra Super Oara do meu amigo Beto, que embalou muitas noites alegres e românticas na minha juventude e que permanece até hoje fazendo grande sucesso.

Arcoverde é berço de artistas, de gente famosa, como João Silva, um dos maiores compositores de Luiz Gonzaga; Paulinho Leite; Mazinho de Arcoverde; Preto; Gildo Moreno; Pablo Patriota; Neném; Maestro Josias Lima; Zezinho da Sanfona, dentre outros. 
Faço questão de aplaudir, louvar e enaltecer também duas figuras simbólicas da cidade que hoje me acolhe e que têm um relevante serviço prestado na área social e religiosa: os padres Airton e Adilson Simões, o primeiro dono de uma instituição filantrópica que rompeu as fronteiras do território nordestino e é referência nacional. 

Padre Airton gravou 180 CD’s com músicas de sua autoria e de pregações em retiros. Tem vocação para escrita, sendo autor de 90 livros. É presidente da Fundação Terra dos Servos de Deus desde o nascimento da entidade que atualmente direciona os trabalhos na área da saúde, educação e moradia, beneficiando mais de duas mil pessoas.

Com obra social tão profícua e abrangente, o Padre Adilson Simões é o Papa de Arcoverde, se assim podemos dizer, reconhecendo a sua misericórdia e suas missões salvadoras, à frente do Santuário da Divina Misericórdia, cuja missão, como ele próprio faz questão de destacar, é "Viver e Propagar para o mundo inteiro a misericórdia de Deus”. 

A cidade que hoje me adota também tem uma história de pioneirismo na radiofonia. A primeira rádio instalada no município, no dia 11 de setembro de 1964 (na época denominava-se Rádio Bandeirante - AM 1490) foi à Rádio Difusora Cardeal Arcoverde, da família de Áureo Bradley, uma das referências também no campo da política no município. Não poderia falar em rádio sem aplaudir referenciais, como João Ferreira, que retransmite aqui o Frente a Frente pela Rádio Itapuama. 

Ao final desta minha fala, não poderia deixar de reconhecer que esta plena cidadania arcoverdense, que me enche de orgulho e me deixa tonto de felicidade, é o reconhecimento aos meus 37 anos de jornalismo, tempo em que abracei as causas mais relevantes de minha nova pátria. Eu sempre repito que jornalismo é um fio que liga as pessoas ao mundo.

Não tenho a menor dúvida que estive na defesa de Arcoverde em todos os momentos em que ela precisou da minha trincheira, da minha pena dura e implacável em favor dos que não têm voz e são esquecidos pelos poderosos. Quero agradecer a vereadora Célia Almeida Galindo, autora da proposição, e a todos os vereadores que compõem esta Casa. Fiquem certos de que nunca faltarei a Arcoverde. Serei um filho vigilante, de espada nas mãos para todas as guerras.

Jornalismo é tirar a venda dos olhos de quem não conhece a verdade. Sem jornalismo, não há revolução. Jornalismo se faz com paixão, informação e credibilidade. A Imprensa é a voz dos oprimidos e o terror dos malfeitores. 

Muito obrigado!


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Por que o homem que carregou a mala de Aécio está preso e ele, que foi gravado pedindo o dinheiro, está solto?

Nehemias

Geddel é ameaçado por detentos e tenta fugir de possível estupro na prisão. O ex-ministro do governo de Michel Temer passa por situação inusitada dentro do Complexo Penitenciário da Papuda.

Nehemias

Primeiro, não é advogado. Para ser advogado teria que ter passado na OAB. Deve ser uma modalidade antiga, pena nem todos saibam como é por quê isso ocorre.

Nehemias

Como um advogado que é REPROVADO 5 vezes na OAB consegue ser juiz? Alguém sabe responder?

Nehemias

marco BiGÊNERO, você é muito idiota mesmo, não poderia não ser um BIGÊNERO , porra deixa de ser babaca cara, como tu defende essa QUADRILHA DA DIREITA só sendo uma coisa não existente. falar nisso, conhecesse teu PAI , em Camaragibe?


ArcoVerde

15/09


2017

Coluna da sexta-feira

  Na despedida, nova denúncia

A dois dias de entregar o cargo de procurador-geral da República, Rodrigo Janot apresentou, ontem, uma segunda denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) ao Supremo Tribunal Federal (STF) – acusando-o de integrar o “quadrilhão do PMDB”.  A denúncia foi baseada em inquérito aberto pelo STF para investigar o peemedebista por corrupção, obstrução de Justiça e organização criminosa, e em elementos da delação do corretor Lúcio Funaro.

Na sexta-feira passada, Janot denunciou políticos do PMDB pela formação de organização criminosa. São alvos da denúncia os senadores Edison Lobão (MA), Jader Barbalho (PA), Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR) e Valdir Raupp (RO), além dos ex-senadores José Sarney e Sérgio Machado – acusados de controlar nomeações de diretorias da Petrobras em troca de propina que chegou a R$ 864 milhões, além de terem causado um prejuízo de R$ 5,5 bilhões à estatal e de R$ 113 milhões à Transpetro.

Outra vertente do procurador-geral é a bancada do PMDB na Câmara: os deputados são acusados de terem recebido pelo menos R$ 350 milhões no esquema de corrupção da Petrobras. O alvo direto nesse caso também é Michel Temer, apontado como o líder da bancada, formada por seus principais aliados. De acordo com aliados do presidente, assim que a denúncia for apresentada ao STF, Michel Temer fará um pronunciamento político. A ideia é repetir a tese de que Lúcio Funaro mente e não merece credibilidade, assim como as gravações dos empresários da JBS.

Janot também deve ser alvo, em razão da divulgação de uma foto em que ele aparece sentado à mesa em um bar de Brasília ao lado do advogado Pierpaolo Bottini, que atua para a JBS. Temer repetirá, com essa estratégia, o que fez por ocasião da primeira denúncia contra ele. No fim de junho, ele afirmou que a acusação era uma "ilação" da Procuradoria e mirou no ex-procurador da República Marcelo Miller, que auxiliava Janot e teve um pedido de prisão negado pelo Supremo, dizendo que recebera "milhões" para sair do Ministério Público e trabalhar na defesa do frigorífico JBS.

DERRROTAS– No campo jurídico, Temer sofreu duas derrotas no STF: a Corte rejeitou declarar como suspeito o procurador-geral Rodrigo Janot e adiou para a semana que vem a suspensão de uma eventual segunda denúncia. Com isso, a Justiça deixou aberta uma janela para que Janot denuncie Temer novamente antes do fim de seu mandato na PGR. Temer participa da solenidade de posse da nova procuradora-geral, Raquel Dogde, na manhã da próxima segunda-feira, antes de viajar para os Estados Unidos. Assessores de Temer dizem acreditar que Janot tentará vincular as declarações de Funaro a de outros delatores para acusar Temer de atuar, de forma contínua, em uma organização criminosa.

Nem valeu a canseira da estradaO secretário-estadual do PSB, Adilson Filho, não convenceu o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, a passar a ser um dos defensores da retomada da aliança PSB-PT no Estado. Três dias após andar 400 km para tomar o café frio na casa do petista, Gomes leu, ontem, desapontado, neste blog, uma calorosa defesa de Duque pela candidatura própria do PT ao Governo do Estado. O prefeito está empolgadíssimo com a pré-candidatura da vereadora Marília Arraes, líder da oposição na Câmara do Recife.

 

Boa notícia– om base em relatório da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), o ministério da Saúde informa que empresas já podem oferecer os chamados "planos de saúde acessíveis". Em agosto, a pasta pediu à agência uma consulta técnica sobre a viabilidade da proposta. O relatório final com as respostas sobre a consulta foi publicado na noite desta quarta-feira (13) pela ANS. Nele, a agência sugere que não haveria necessidade de uma regulamentação de alguns itens desses planos, embora parte dos pontos apresentados necessite de maior detalhadamento.

Na pauleira– A estratégia do PMDB estadual adotada para tentar segurar o controle da legenda no Estado, com agressões verbas ao senador Fernando Bezerra, está errada. O entendimento se constrói pelo diálogo. Mas não é assim que pensam os deputados Tony Gel, Gustavo Negromonte e Ricardo Costa, que em discursos, ontem, no plenário seguiram Jarbas e Raul Henry no estilo canelada. Quanto mais agridem o senador, mais argumentos ele tem em mãos para se fortalecer na votação do pedido de dissolução do diretório, já marcada para a próxima reunião da executiva nacional.

Por que não expulsam? – Ao invés de dar ultimatum aos filhos de Fernando Bezerra, novo comandante do PMDB no Estado, o PSB poderia optar por uma decisão mais radical: a expulsão do ministro Fernando Filho (Minas e Energia) e do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (na foto), herdeiros políticos do senador. Mas, segundo o blog apurou, o partido blefa com o ultimatum, porque teme se esfacelar na Câmara e no Senado. São 15 deputados federais e dois senadores respondendo a processo de expulsão no Conselho de Ética porque não seguiram orientação partidária nas votações contrárias aos interesses do Governo.

CURTAS

IGARASSU– O deputado estadual Alberto Feitosa esteve, ontem, em Igarassu, com o prefeito Mário Ricardo e sua vice, Elcione Ramos, visitando as obras do Museu Histórico da Cidade e da Casa do Artesão. Responsável pelo início do andamento das obras, o ex-presidente do Prodetur, Salo Bortman, também acompanhou a visita. As obras do Museu Histórico de Igarassu e da Casa do Artesão, ambos localizados no Sítio Histórico da cidade, tiveram início na gestão de Alberto Feitosa quando secretário de Turismo de Pernambuco.

SOLIDARIEDADE- Vários deputados ocuparam a tribuna da Assembleia Legislativa, ontem, em solidariedade ao deputado Jarbas Vasconcelos, que está ameaçado de perder o controle do PMDB. O deputado Waldemar Borges, do PSB, também foi no ataque. “Fui presidente da juventude do PMDB nos anos 80 e digo, que, apesar de em alguns momentos discordar de caminhos tomados pelo partido, são inquestionáveis a decência e a honestidade de propósitos que sempre embasaram as decisões tomadas por Jarbas Vasconcelos, Raul Henry e tantos outros expoentes do partido”.   

Perguntar não ofende: Janot tem credibilidade para, ao fechar o ciclo da sua gestão, abrir novo processo contra Temer?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

O que vocês acham do caso Geddel, ele vai: a) Denunciar o Temer b) ser estuprado ou c) vão apagar o cara?

Nehemias

Aliado de Temer diz: ’ele deu calote nos deputados e vai cair por isso’. Presidente não pagou tudo o que prometeu para aprovar reformas e salvação da primeira denúncia

Nehemias

Além do estupro, outro inusitado problema surge em relação a Geddel no presídio! Como Geddel está acima do peso, uma fonte teria vazado que seus colegas de cela estariam com medo, do treliche em que ele dorme desabar e machucar todo mundo. A saída apontada seria cortar pela metade a alimentação do baiano ou então forçá-lo a dormir no chão, até que ficasse menos rechonchudo. É de fato um problema, esse golpista!

Nehemias

Ascensão de Lula desespera antipetistas. Desde que, durante as prévias das eleições de 2014, Aécio Neves preanunciou, em cadeia nacional no debate com Dilma Rousseff, que o plano era acabar com o PT, o Brasil foi dividido ao meio. Não geograficamente, mas antes apenas fosse.

Nehemias

Pelo menos o Geddel tá pedindo proteção pro fiofó dele. Pior é que tem alguns brasileiros da direita que tá levando quieto, sem reclamar. KKKKKKKKKKKKKKKKKKK


Supranor 1

14/09


2017

Coluna da quinta-feira

Garantido o financiamento público

A comissão da Câmara que analisa propostas de reforma política aprovou, ontem, projeto de lei que cria um fundo público destinado a financiar campanhas eleitorais e define as regras de distribuição dos recursos. O texto-base da matéria já previa a criação do fundo. Havia, porém, divergências sobre a validade desse dispositivo no caso de rejeição de uma emenda à Constituição que também cria o fundo e pode ser votada em plenário nesta quarta.

De acordo com o deputado Vicente Cândido (PT-SP), relator do texto, embora o projeto institua o fundo eleitoral, há um acordo para que esse trecho seja eliminado se a PEC não for aprovada em plenário. Portanto, trata-se de um acerto que tem como base a palavra dos deputados.

Durante a votação, os membros da comissão retiraram do texto a previsão de que partidos políticos possam arrecadar fundos com a realização de jogos, como bingos e sorteios. O texto seguirá para a análise do plenário principal da Câmara.

Os deputados também aprovaram várias outras regras, entre as quais: Perdão de até 90% da dívida dos partidos com multas eleitorais; Limitação para divulgação de pesquisa eleitoral;

Limites para doações de pessoas físicas para campanhas e teto para os gastos dos candidatos.

A proposta não trata de financiamento de empresas para campanhas políticas, modelo proibido desde 2015 por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). O texto, no entanto, prevê novas regras para doações de pessoas físicas.

Para 2018, cada pessoa física poderá doar até 10% do rendimento bruto declarado no ano anterior, limitado a 10 salários mínimos para cada cargo em disputa. Poderá haver doação para candidatos ao mesmo cargo assim como para os respectivos vices e suplentes.

Isso significa que, no ano que vem, uma pessoa, poderá doar esse valor máximo para cada um dos cinco cargos em disputa (presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual).

FUNDO ESPECIAL – O texto institui Fundo Especial de Financiamento da Democracia (FFD). Esse fundo será abastecido com dinheiro público e financiará as campanhas eleitorais. Os deputados afirmam que fizeram um acordo para este trecho ser excluído se a PEC que cria o fundo não for aprovada.

No caso de criação do fundo, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, aprovada em julho, já prevê que recursos de emendas de bancadas poderão ser direcionados para campanhas eleitorais. O valor hoje previsto para 2018 nessa rubrica é de R$ 4,4 bilhões, mas pode aumentar por opção do Congresso.

O nocaute de Fernando – No discurso que fez, ontem, do Senado, rebatendo a pauleira que sofrera do deputado Jarbas Vasconcelos, no dia anterior, o senador Fernando Bezerra Coelho, que chega para assumir o comando do PMDB no Estado, insinuou que o ex-governador não ruge mais eleitoralmente como um leão, referindo-se de forma indireta, mesmo sem citar o nome de Jarbas, a lideranças que não conseguem eleger herdeiros políticos. Foi uma indireta à derrota de Jarbas Filho quando tentou, em 2012, elegê-lo vereador do Recife.

PT ainda reina – Cadê o poder da caneta do ministro de Cidades, Bruno Araújo, que permite que petistas ainda continuem ocupando cargos no Metrorec, instituição vinculada à sua pasta. O blog tem informações de que há filiados ao PT percebendo altos salários, alguns deles chegando a R$ 15 mil. Enquanto isso, os aliados do ministro no Estado continuam reclamando que estão a pão e água. E o mais grave é que essa situação já chegou ao conhecimento do ministro com as devidas provas, mas fecha os olhos.

Autor da dissolução – É de Petrolina, já foi ligado ao ex-prefeito Júlio Lóssio e hoje está assessorando o prefeito do município, Miguel Coelho, o autor do pedido de dissolução do diretório estadual de Pernambuco: Orlando Tolentino. Seu nome foi confirmado ontem durante o encontro da executiva nacional do PMDB, no qual o presidente estadual, Raul Henry, contestou juridicamente a medida. No final do encontro, o presidente Romero Jucá acatou o pedido de Tolentino e designou o deputado Baleia Rossi, do PMDB de São Paulo, como relator.

CURTAS

PROCESSO – Do presidente do PMDB, Romero Juca, sobre o processo do diretório em Pernambuco: "Enviei [o pedido] para ele [Baleia Rossi] que é um homem experiente que vai tratar essa questão, para que possamos construir um entendimento e não seja necessária a dissolução. É muito importante o ingresso de novos parlamentares, assim com o senador Fernando Bezerra Coelho, e outros que virão para o PMDB, e também a manutenção do deputado Jarbas Vasconcelos (PE) e do deputado Kaio Maniçoba (PE). Então estamos aguardando entendimentos e vamos aguardar que tudo dê certo".

CHESF – O deputado estadual Lucas Ramos (PSB), presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Chesf na Assembleia Legislativa de Pernambuco, participou, ontem, de audiência na Câmara de Vereadores de Petrolina para discutir os efeitos da privatização da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco na utilização dos recursos do Velho Chico. "Vender a Chesf é vender o São Francisco. Não podemos deixar que a companhia vá para as mãos da iniciativa privada, colocando o controle do rio nas mãos de empresários e pondo em risco os usos múltiplos das águas”, argumenta Lucas.

Perguntar não ofende: Fernando ou Jarbas, quem vencerá a batalha no PMDB?


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Todo líder amado pelo povo é odiado pela elite. Morador de Camaragibe marco Bigênero

marcos

PALOCCI ENTREGOU DINHEIRO VIVO A LULA....... Antonio Palocci, que negocia sua delação premiada com a força-tarefa da Lava Jato, admitiu ter entregue propina a Lula em dinheiro vivo. De acordo com o relato da revista, o ex-ministro da Fazenda afirmou que ele próprio era encarregado de fazer pequenas entregas de propina pessoalmente ao ex-presidente. Palocci teria narrado pelo menos cinco episódios em que entregou dinheiro diretamente a Lula, em pacotes de R$ 30 mil, R$ 40 mil e R$ 50 mil, para que o ex-presidente pagasse despesas pessoais. A CASA CAIU. BOIOLA DO CABO DO NEGÃO

Nehemias

Todo líder amado pelo povo é odiado pela elite. Morador de Camaragibe Bigênero.

Nehemias

Lula - Aliás o Sr. se baseia no Globo Dr. Moro. na minha condenação o Sr cita o jornal o Globo 15 vezes. vocês estão reféns da imprensa diz Lula Moro!!! Lula é FODA. Bigênero.

Nehemias

A Petrobras anunciou hoje (14) um reajuste de 1,6% no preço do diesel e de 1,3% no preço da gasolina nas refinarias. Os novos valores vão vigorar a partir de amanhã (15). Bate panela que passa. KKKK



13/09


2017

Coluna da quarta-feira

   A pauleira de Jarbas em FBC

Da tribuna da Câmara, o deputado Jarbas Vasconcelos fez um grande desabafo, ontem, sobre a intervenção da executiva nacional no diretório estadual. Bateu duro no senador Fernando Bezerra Coelho, a quem o comando nacional quer entregar o partido no Estado. Abaixo assinalei alguns trechos mais contundentes do pronunciamento do paramentar.

“A manobra ardilosa que pretende me atingir está sendo maquinada pelo senador Fernando Bezerra Coelho que diz está seguindo orientação da presidência nacional do PMDB”.

“Fernando Bezerra Coelho tem uma história marcada por adesismos de ocasião. Era do PDS, mas quando viu a possível vitória de Arraes, dele se aproximou. Depois foi para o PMDB com Orestes Quércia e posteriormente passou pelo PPS quando a candidatura de Ciro Gomes se consolidou. Voltou para me apoiar quando venci a disputa pelo governo de Pernambuco. Foi para o PSB com Eduardo Campos e virou ministro de Dilma. Agora, seu filho é ministro de Temer”.

“Lutei contra a ditadura militar em seus tempos mais sombrios. Tenho mais de 50 anos de vida pública, uma vida da qual me orgulho e não tenho absolutamente nada a esconder. Fui deputado estadual, deputado federal, prefeito do Recife duas vezes, governador de Pernambuco duas vezes, senador e mais uma vez deputado federal”.

“Minha história confunde-se com a história do PMDB. Não a história destes que negociam espaços com Fernando Bezerra Coelho. O meu PMDB tem o DNA de homens como Ulysses Guimarães e Pedro Simon”.

“Durante todo o período dos governos do PT, estive na oposição. E a bem da verdade é que a maioria dos que hoje pretendem me expulsar do PMDB apoiou os governos que hoje criticam”.

“Não há improvisação no PMDB de Pernambuco. Há seriedade e transparência. Fui a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff e apoiei desde o início o Governo do presidente Michel Temer. Fiz isso sem interesse algum em cargos, emendas do Orçamento ou benesses governamentais. Sou a favor e continuarei sendo das reformas que o País tanto precisa”.

“Em várias situações, exatamente por conta do meu pensamento e da minha coerência, fui atacado dentro do meu próprio. Do partido que ajudei a criar. Mas mesmo diante das divergências nunca houve uma ação voltada para me expulsar ou punir. Sempre houve o respeito às diferenças. Respeito! Condição primária para a convivência em qualquer ambiente e que faltou e está faltando a Fernando Bezerra Coelho”.

“Em poucos dias, porém, percebi que Fernando Bezerra está trabalhando para intervir no PMDB de Pernambuco. Ao meu gesto cordial de elogiar a ele e ao seu filho ministro, o senador Fernando Bezerra Coelho respondeu com desrespeito e prepotência. O ato dele tem nome: traição”.

“O PMDB de Pernambuco foi uma trincheira de resistência democrática ao regime ditatorial. Vamos resistir e vamos recorrer a todas as instâncias políticas e legais para impedir que o partido se transforme numa extensão familiar dos interesses de Fernando Bezerra Coelho e companhia”.  

FRAUDE EM OLINDA– O presidente estadual do PMDB, Raul Henry, negou, ontem, que tenha usado dos mesmos recursos da executiva nacional para dissolver a executiva municipal de Olinda, na eleição passada, excluindo do seu comando o grupo da ex-prefeita Jacilda Urquiza. “O que ocorreu em Olinda foi uma grotesca fraude do resultado da convenção”, disse. Hoje, em Brasília, ele participa da reunião da executiva nacional para contestar a decisão de entregar ao senador Fernando Bezerra Coelho, recentemente filiado ao PMDB, o comando do partido no Estado.

Torcida palacianaNa tentativa de reconquistar o PSDB para sua base, o governador Paulo Câmara não torce apenas pela vitória do ex-prefeito de Jaboatão, Elias Gomes, na disputa pelo comando do diretório estadual tucano. Tem emissários palacianos garimpando votos entre os que delegados que elegerão o novo presidente da legenda no Estado, em substituição a Antônio Moraes, que é, também, diga-se de passagem, governista de carteirinha.

 

Rebaixamento da Compesa– Da deputada estadual Priscila Krause (DEM) ao denunciar, ontem, o rebaixamento da nota de crédito da Compesa pela agência de classificação de risco Standard and Poors (S&P): "Nós estamos falando de uma relação que passou a ser muito conturbada desde o início desse atual Governo, porque é uma relação resumida, por um lado, entre cliente e prestador de serviço, e do outro, controlador e empresa subordinada. Se o governo não trata isso de forma separada, passa a influenciar negativamente o balanço contábil da empresa, que é o que está ocorrendo”.

Portas fechadas– Um dia após o senador Fernando Bezerra procurar o prefeito de Olinda, Professor Lupércio (SD), o presidente do PSB, Sileno Guedes, definiu com o gestor uma participação mais efetiva do partido na administração municipal. Na prática Lupércio fechou a portas para um entendimento com o grupo de Bezerra, que trabalha pelo fortalecimento da candidatura do seu filho, o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, ao Governo do Estado. Só não se sabe ainda o tamanho do espaço que o PSB ocupará em Olinda.

O isolamento de Adilson– O bate-palmas do secretário-geral do PSB, Adilson Gomes, na foto ao lado, ao ingresso do senador Fernando Bezerra Coelho no PMDB, não agradou à direção socialista no Estado. Para o presidente do diretório estadual, Sileno Guedes, a manifestação de Gomes foi pessoal, longe de representar o pensamento do partido, que, segundo ele, é de solidariedade ao deputado Jarbas Vasconcelos. “Não podemos de estar solidário a um PMDB que tem história, a um político da envergadura de Jarbas. Mais do que isso, tememos que o partido no Estado, referência nacional, vire o partido dos escândalos e da Lava jato”, afirmou.

CURTAS

RECUPERAÇÃO– O senador Fernando Bezerra Coelho quer evitar a falência de trabalhadores, dando-lhes a oportunidade de firmarem acordo judicial para o pagamento de débitos e o retorno ao mercado de trabalho. Por meio de projeto de lei, defende que sejam dadas condições de replanejamento da dívida e insolvência civil de devedores (pessoa física) em situação de vulnerabilidade financeira (endividamento que ultrapassa ou ameaça superar o valor de bens penhoráveis), a exemplo do que a legislação permite a empresas que entram com processo de falência para a recuperação judicial do empreendimento.

CUSTÓDIA- O deputado Rodrigo Novaes (PSD) questionou, ontem, o comportamento do poder Judiciário a respeito das audiências de custódia. Ele afirmou que já deu entrada no requerimento à Comissão de Constituição de Justiça e Cidadania para promover um debate com representantes das execuções penais, do Tribunal de Justiça de Pernambuco, da OAB/PE e especialistas em Direito penal. Ele deu como exemplo um caso que aconteceu em Floresta, onde dois bandidos trocaram tiros com policiais, foram presos em flagrante com drogas e dinheiro, e após a audiência de custódia foram soltos.

Perguntar não ofende: Qual partido restará para Jarbas, caso perca a contenda com o PMDB? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Depois desses comentários a pergunta que fica é a seguinte: Será que esse marco Bigênero conheceu em Camaragibe, o famoso bandido Biu do olho verde seu pai? Fonte Washington Post.Tenho dito. Mizeravi

marcos

Moro a Lula, o senhor Roubou ou não Roubou?

marcos

Lula o Alcoólatra que faz piadas com o nome de Deus.

marcos

Doutor Moro a Lula, por que você era tão pobre e agora é milionário?

Nehemias

Temer e Cunha tramavam diariamente queda de Dilma, diz Funaro em delação


Mobi Brasil 1

12/09


2017

Coluna da terça-feira

   Uma briga que promete

De volta da Ásia, onde esteve em missão oficial, o vice-governador Raul Henry ocupou espaço, ontem, em várias emissoras de rádio, na condição de presidente estadual do PMDB, para anunciar que o diretório estadual vai judicializar o processo de dissolvição anunciado pelo presidente nacional da legenda, Romero Jucá (RR). Há dez dias, conforme este blogueiro antecipou e o deputado Jarbas Vasconcelos negou, a cúpula nacional do PMDB resolveu entregar o partido no Estado ao senador Fernando Bezerra Coelho.

Bezerra assinou a ficha de filiação ao seu novo partido depois de um longo período no PSB, legenda pela qual foi eleito senador da República em 2014, na semana passada. Jarbas não foi a Brasília alegando problemas de saúde e Henry, que estava no exterior, alegou que em nenhum momento fora informado do ingresso do senador. “Ninguém imaginava que na impossibilidade de Jarbas conversar, acometido de uma forte sinusite, que sequer foi a Brasília, eu numa viagem de trabalho a Ásia, que o senador fosse entrar no partido dizendo que estava entrando para ser o comandante estadual do PMDB”, afirmou Henry.

Para acrescentar: ”Que história é essa? Que falta de respeito é essa? Que violência é essa contra a nossa história, contra toda uma trajetória que nós temos, contra a liderança de Jarbas, querendo atropelar, querendo desmoralizar a liderança de Jarbas? Não vamos aceitar isso por hipótese nenhuma". Para ele, Fernando foi desleal. “Uma articulação do senador absolutamente desleal, traiçoeira, indigna da parte dele, mas não vamos aceitar. Me parece que com essa só confirma a fama de traidor que ele conseguiu cultivar aqui em Pernambuco. Não vamos admitir, nós vamos para a luta e para o enfrentamento", enfatizou.

Henry está muito confiante na reversão do quadro, mas a direção do PMDB em Brasília ratifica que as chances do senador Fernando Bezerra não assumir o controle do diretório estadual são próximas a zero. Em contato com o blog, o senador Romero Jucá disse que não tem sentido Bezerra entrar no partido na condição de pré-candidato a governador sem ter o controle do partido no Estado. “Isso é página virada”, afirmou.

CORRUPÇÃO PASSIVA– O Ministério Público Federal (MPF) denunciou, ontem, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-chefe de gabinete da Presidência da República, Gilberto Carvalho, por corrupção passiva, em um dos processos da Operação Zelotes. Os procuradores do caso também acusam mais cinco investigados de beneficiar montadoras de veículos por meio da edição de medidas provisórias. De acordo com a denúncia, as empresas automobilísticas teriam prometido R$ 6 milhões a Lula e Carvalho, como propina, em troca de benefícios para o setor. O dinheiro seria direcionado às campanhas do PT.

Mais uma trapalhadaEm Caruaru, os próprios aliados da prefeita Raquel Lyra (PSDB) dizem que ela não consegue passar uma semana sem cometer uma bobagem. A mais recente, postada ontem pelo portal global G-1, foi a anulação do processo licitatório para contratação de uma empresa especializada em manutenção preventiva e corretiva do sistema de iluminação pública. Mas a decisão chega tarde. A empresa já embolsou R$ 1 milhão autorizados pela tucana e como o valor será ressarcido se a concorrente levar a melhor?

Henry interveio em Olinda– Sem querer entrar direto na contenda com o presidente estadual do PMDB, Raul Henry, que o chamou de “traidor”, o senador Fernando Bezerra Coelho escalou o vereador Raimundo Nonato, da bancada do partido na Câmara de Olinda, para rebatê-lo. “É muito estranho que Henry venha classificar a decisão do PMDB nacional de violenta, porque esta tem sido a prática dele próprio, desde que assumiu a presidência do PMDB. No ano passado, ele transformou o diretório municipal do PMDB de Olinda – que funcionava desde 1988 – numa comissão provisória, para impedir a candidatura de Isabel Urquiza à Prefeitura”.

Sondagem para 2018– Na conversa que teve, ontem, com o senador Fernando Bezerra Coelho, o prefeito de Olinda, Professor Lupércio (SD), não foi tão explícito, mas o novo comandante do PMDB estadual saiu de lá animado. Acha que o prefeito pode estar no palanque da oposição em 2018, mas o Solidariedade, legenda de Lupércio, está sob o controle do deputado federal Augusto Coutinho, já praticamente fechado com a reeleição do governador Paulo Câmara ou com um projeto majoritário em faixa própria do ministro da Educação, Mendonça Filho.

Rigidez com os açougueiros - A futura procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que assume o cargo na semana que vem, será rígida na eventual reavaliação da delação dos executivos do grupo J&F, que foi suspensa por ordem do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). A gestão de Rodrigo Janot, o atual procurador-geral, corre quanto o tempo nesta última semana para terminar a investigação da colaboração. Se conseguir, os benefícios concedidos com a delação podem ser – de acordo com fontes da atual gestão – totalmente cancelados ou reduzidos, e as penas, aumentadas. Integrantes da equipe de Raquel Dodge, contudo, afirmam que a futura procuradora-geral sempre foi crítica do perdão total concedido ao empresário Joesley Batista e seus executivos.

CURTAS

CABROBÓ– O prefeito de Cabrobó, Marcílio Cavalcanti, entregou os novos kits uniformes do Programa AABB Comunidade para as crianças participantes do projeto. A entrega ocorreu na Câmara de Vereadores e contou ainda com o presidente da casa, Ramsés Sobreira; o secretário de Assistência Social, Paulo Gonçalves; e o representante do Banco do Brasil, Kenison Alves. Cerca de 90 kits de fardamento, compostos por camisa, bermuda, boné, meia, tênis, calção de banho, toalha e mochila, foram entregues aos pequenos através da parceria Banco do Brasil e Secretaria Municipal de Assistência Social.

VISITA - O presidente da Codevasf, Avelino Neiva, acompanhou, ontem, o ministro da Integração, Helder Barbalho, em vistoria às obras da primeira etapa (1N) do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco – que passa pelos estados do Ceará e de Pernambuco. A comitiva técnica, da qual também participou o gerente de Operação do PISF na Codevasf, Danielson Araújo, passou por Cabrobó, onde acompanhou os serviços na primeira estação de bombeamento (EBI-1), responsável por impulsionar as águas do rio por 43,9 quilômetros subsequentes até chegar ao reservatório Terra Nova, no mesmo município.

Perguntar não ofende: O que Marília Arraes está achando do namoro do PT, o seu novo partido, com o PSB, sua velha casa? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Ministro do STF autoriza novo inquérito contra Temer. O procedimento vai apurar suspeitas de que Temer atuou , durante o mandato, para beneficiar empresa que atua no porto de Santos, no litoral de São Paulo, por meio da edição de um decreto de regulamentação do setor. O ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), flagrado pela Polícia Federal recebendo uma mala com R$ 500 mil na investigação envolvendo a JBS, também será investigado.

Nehemias

Depois desses comentários a pergunta que fica é a seguinte: Será que esse marco conheceu em Camaragibe, o famoso bandido Biu do olho verde seu pai? Tenho dito. Mizeravi

marcos

PGR denuncia Lula mais uma vez. Começou a disputa entre Sérgio Cabral e o Cotó pra ver quem é mais Ladrão.

marcos

O PT está tentando esconder o segundo depoimento de Condenado Lula ao juiz Sergio Moro. O partido convocou menos mortadelas do que no primeiro depoimento. E não há toda aquela balbúrdia para filmar as mentiras do condenado. Lula vai repetir seu discurso surrado de perseguido político, mas o fato é que o pacote de propinas denunciado por Antonio Palocci cortou as pernas de sua defesa. O melhor para o Condenado , neste momento, é que ninguém veja seu vergonhoso depoimento. Não querem levar nem os Paneleiros.

Nehemias

Depois desse comentário a pergunta que fica é a seguinte: Será que esse marco conheceu em Camaragibe, o famoso bandido Biu do olho verde seu pai? Tenho dito. Mizeravi


Asfaltos

11/09


2017

Coluna da segunda-feira

   PT não reduziu desigualdades

Caiu mais uma falácia da era petista: a desigualdade de renda no Brasil não caiu entre 2001 e 2015 e permanece em níveis "chocantes", de acordo com um estudo feito pelo World Wealth and Income Database, instituto de pesquisa codirigido pelo economista Thomas Piketty, conhecido por seus estudos sobre desigualdade com a obra "O Capital no Século 21". Segundo a pesquisa, os 10% mais ricos da população aumentaram sua fatia na renda nacional de 54% para 55%, enquanto os 50% mais pobres ampliaram sua participação de 11% para 12% no período.

Esse crescimento foi feito às custas de uma queda da participação de dois pontos percentuais dos 40% que estão entre os dois extremos (de 34% para 32%). O crescimento econômico observado no Brasil no período teve pouco impacto na redução da desigualdade porque foi capturado principalmente pelos 10% mais ricos, que ficaram com 61% da expansão observada no período. Já a metade mais pobre da população foi beneficiada com apenas 18% desses ganhos.

"Em resumo, a desigualdade total de renda no Brasil parece ser muito resiliente à mudança, ao menos no médio prazo, principalmente em razão da extrema concentração de capital e seus fluxos de renda", conclui o estudo. O estudo do World Wealth and Income Database, assinado pelo economista Marc Morgan, vai na contramão de indicadores como o índice de Gini, que mostra a desigualdade, o qual indicou que houve uma melhora do cenário no Brasil, atribuída às políticas de redistribuição de renda dos governos do PT, como o Bolsa Família, e à política de valorização do salário mínimo, cujo valor real aumentou cerca de 50% no período.

Com base nesses indicadores, os governos Lula e Dilma defenderam que houve redução na desigualdade durante suas gestões –o que o estudo questiona. Os resultados mais recentes estão em linha com os observados pelos pesquisadores Marcelo Medeiros, Pedro Souza e Fábio de Castro, da Universidade de Brasília, que identificaram uma estabilidade no nível de desigualdade entre 2006 e 2012.

"A redistribuição que houve nos anos 2000 foi sobretudo na base da pirâmide, pelo aumento do salário dos trabalhadores menos qualificado por meio da valorização do salário mínimo e demanda maior por esses trabalhadores nos setores de serviços e construção naqueles anos", diz a economista da USP e colunista da Folha Laura Carvalho. "Os mais ricos continuaram se apropriando de uma parcela muitíssimo elevada da renda, que pode ser explicada pela alta concentração de riqueza financeira e não financeira no Brasil, além dos juros altos", completa.

Segundo o estudo, a participação do Bolsa Família e do Benefício da Prestação Continuada (BPC) na renda total nacional foi de 1%, em média, nesses 15 anos. Apesar da contribuição total pequena, esses programas elevaram a taxa de crescimento da fatia dos 50% mais pobres de 9% para 21%. Uma das explicações para a discrepância é a metodologia adotada. O estudo do World Wealth and Income Database leva em conta dados da Receita Federal e das contas nacionais no cálculo, o que minimiza o problema de pesquisas com base em declarações de entrevistados, como a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad, do IBGE), nas quais os mais ricos tendem a omitir sua renda.

Esther Dweck, assessora econômica do Ministério do Planejamento entre 2011 e 2016, afirma que não é possível medir se a situação de quem estava abaixo da linha da pobreza melhorou pelo estudo. "A renda dos mais miseráveis não é medida pelo Imposto de Renda, porque eles não declaram. Esse é um estudo que capta bem a situação do 1%, que não ganha com trabalho."

"De fato, pela Pnad, os números pareciam melhores. O estudo mostra que, no Brasil, não conseguimos fazer uma política de redistribuição na riqueza de forma mais estruturante", diz Dweck. Assim, o levantamento chegou a uma média de renda anual de US$ 541 mil (R$ 1,6 milhão) entre o 1% mais rico da população (cerca de 1,4 milhão de pessoas) em 2015 —superior à renda média do top 1% francês (US$ 450 mil a US$ 500 mil). Ao mesmo tempo, a renda média dos 90% mais pobres no Brasil equivale à média dos 20% mais pobres da França.

Os mais ricos no Brasil têm, então, uma renda superior aos mais ricos da França, enquanto a maioria dos brasileiros têm renda equivalente aos franceses mais pobres. Para Carvalho, são os dados comparativos com outros países os resultados mais chocantes da pesquisa. Outra diferença é que a renda considerada no estudo é aquela antes da incidência do Imposto de Renda. Em geral, estudos sobre desigualdade consideram a renda efetivamente disponível, portanto aquela após ser tributada. A justificativa de Morgan pela renda antes da incidência de impostos é que ela captaria melhor recursos de capital e propriedades recebidos.

Um exemplo são os lucros não distribuídos de empresas fechadas, que cresceram a uma taxa três vezes superior à remuneração de empregados entre 2000 e 2015 (231% vs. 74%). Isso mostra que embora tenha ocorrido uma melhora na igualdade salarial, os recursos concentrados entre a população mais rica expandiram-se a uma velocidade muito maior. "Nossos resultados levam a uma revisão acentuada para cima das estimativas oficiais de desigualdade no Brasil, ao mesmo tempo em que as tendências de queda na desigualdade são revertidas de acordo com a nossa série de dados", afirma Morgan no estudo.

DEFESA PETISTA– Na avaliação do PT, legenda que esteve no comando do País durante a maior parte do período coberto pelo levantamento, o estudo subestima a redistribuição de renda durante o período. Isso porque os cálculos foram feitos com base no IR, que, na avaliação do secretário de comunicação nacional do partido, Carlos Henrique Árabe, não é um bom indicador da renda da população mais pobre, pois boa parte da população pobre nem sequer declara. Na resposta, Árabe diz que o sistema tributário "espelha uma dinâmica de desigualdade". "O sistema tributário espelha uma dinâmica de desigualdade em grande medida alimentada pelo próprio sistema tributário".

Batom na cuecaO procurador chefe do Ministério Público Federal, Rodrigo Janot, não tem como explicar o encontro com o advogado de Joesley Batista, Pierpaolo Bottini. O local não poderia ser mais apropriado: um botequim. Janot tem sérios problemas com bebidas alcoólicas e se aparecer algum áudio do encontro, o procurador vai justificar dizendo ”conversa de bêbado”. A imagem é esclarecedora e revela os interesses obscuro do Judiciário e MPF.

 

G-4 no Agreste– Pré-candidato a governador, o senador Armando Monteiro (PTB) prestigiou, ontem, a tradicional Missa do Vaqueiro de Canhotinho, que atraiu também outras lideranças que estarão no campo da oposição ao Governo estadual em 2018, como o ministro das Cidades, Bruno Araújo, do PSDB; o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, do PSB, e seu pai, o senador Fernando Bezerra Coelho, além dos deputados estaduais Álvaro Porto (PSD), Silvio Costa Filho (PRB) e Priscila Krause (DEM). Na prática, se deu ali uma reunião do G-4, o grupo dos quatro partidos de oposição que podem se unir para enfrentar o governador. Eles foram recepcionados pelo prefeito Felipe Porto (PSD), sobrinho de Álvaro Porto.

De propósito– Na galeria dos ex-prefeitos de Flores, no Sertão do Pajeú, a 400 km do Recife, inaugurada no último fim de semana pelo prefeito Marconi Santana (PSB), a pequenez política se sobrepôs à história do município: a ex-prefeita Soraya Murioca (PR) foi “esquecida” propositadamente da relação. É sabido que o radicalismo político nos embates no município não pode ser ignorado por quem conhece a história de Flores, mas incluir todos os ex-prefeitos numa área pública omitindo a antecessora é algo tacanho e beira ao ridículo.

PSB a um passo de se unir ao PT - De passagem, ontem, por Serra Talhada, o secretário-geral do PSB, Adilson Gomes, teve uma longa conversa com o prefeito Luciano Duque, principal liderança do PT no Sertão. Em pauta, a retomada da aliança estadual PSB-PT. Duque resiste. “Adilson sondou o prefeito sobre a possibilidade do realinhamento do PT ao PSB”, confirma o chefe-de-gabinete do prefeito, Ronaldo Melo, uma das principais lideranças do PSB no município. “Duque está reticente, mas pelo que percebi de Adilson, o governador está muito confiante e certo de que o PSB e o PT vão caminhar juntos. Contudo, não acredito que haverá essa união devido a oposição de Sebastião Oliveira”, disse Melo.

CURTAS

AGRESTINA– Funcionários da Prefeitura de Agrestina e seus parentes de primeiro grau terão desconto de 30% em cursos de graduação e pós-graduação da Uni Nassau, graças a convênio assinado pela autarquia de ensino superior com o prefeito Thiago Nunes. Também serão dados 15% de descontos no ensino a distância e 20% de descontos para pós-graduação com aulas presenciais.

POSSE - O Palácio do Planalto solicitou à Procuradoria-Geral da República (PGR) para antecipar o horário de posse da nova procuradora-geral, Raquel Dodge, no próximo dia 18, que ocorrerá na sede do órgão. Dodge vai substituir Rodrigo Janot no comando do Ministério Público. Temer quer participar ainda no dia 18 de um jantar nos Estados Unidos com o presidente Donald Trump e outras autoridades, antes da data de abertura da Assembleia Geral da ONU, no dia 19 de setembro, tradicionalmente feita pelo Brasil. Após a consulta do Planalto, a cerimônia de posse de Dodge foi antecipada das 10h30 para às 8h.

Perguntar não ofende: Aliados PT e PSB no plano estadual, Humberto Costa disputa a reeleição para o Senado? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Deu Washington Post. Depois desse comentários a pergunta que fica é a seguinte: Será que esse marco conheceu em Camaragibe, o famoso bandido Biu do olho verde seu pai? Tenho dito. Mizeravi

marcos

O PT convida seus Burros Encantados para a Caravana em defesa da Corrupção para Curitiba no próximo dia 13/09 (quarta feira). Serão oferecidos 25 reais e um pão com Mortadela. Imperdível.

Nehemias

IMPRENSA AMERICANA TRATA LULA COMO O MAIOR PRESIDENTE DA HISTÓRIA. O crescimento econômico ocorridos durante os dois períodos de seu governo. O jornal The New York Times.

marcos

anemia, vai sentar no colo do Negão do ZAP .

Nehemias

CHORÃO! Geddel chora novamente em depoimento à PF.


Bm4 Marketing 7

09/09


2017

Coluna do sabadão

   O gatuno Geddel

Preso, ontem, em Salvador, onde a Polícia Federal descobriu R$ 51 milhões guardados num apartamento, dinheiro desviado dos cofres públicos quando vice-presidente da CEF no Governo Dilma, o ex-ministro Geddel Vieira Lima era, também, um dos homens fortes do presidente Michel Temer (PMDB).  Ocupou na gestão atual o cargo de ministro da Secretaria de Governo até novembro de 2016, quando foi acusado pelo ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, de tê-lo pressionado a liberar uma obra na Ladeira da Barra, área nobre de Salvador.

O peemedebista era o responsável pela articulação política do governo Temer com deputados e senadores. Ele ficou no primeiro escalão de Temer por apenas seis meses. Depois de ter sido um crítico ferrenho de Lula no primeiro mandato do ex-presidente, Geddel baixou as armas quando o petista foi reeleito e assumiu o comando do Ministério da Integração Nacional entre 2007 e 2010. Na pasta, encampou a transposição do Rio São Francisco.

Entre 2011 e 2013, ele se tornou vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa na cota de cargos de Michel Temer. Ele se desligou do banco público pedindo exoneração pelo Twitter à então presidente Dilma Rousseff. Formado em administração de empresas pela Universidade de Brasília, é natural de Salvador, onde foi assessor da Casa Civil da Prefeitura da capital baiana entre 1988 e 1989. Em 1990, filiou-se ao PMDB, partido pelo qual foi eleito cinco vezes deputado federal.

Na terça-feira passada, a PF apreendeu cerca de R$ 51 milhões em um apartamento que seria utilizado por Geddel em Salvador. O dono do imóvel afirmou à PF que havia emprestado o imóvel ao ex-ministro para que ele guardasse pertences do pai, que morreu no ano passado. A Polícia Federal contabilizou no apartamento R$ 42.643.500 e US$ 2.688.000 (R$ 8.387.366,40, segundo a cotação do dia, de US$ 1 dólar = R$ 3,1203). A soma dos valores em dólares e reais é de R$ 51.030.866,40.

Segundo a decisão de Vallisney que determinou a nova prisão de Geddel, o dono do apartamento disse à PF que emprestou o imóvel ao deputado Lúcio Vieira Lima, irmão do ex-ministro. A informação foi confirmada pela administradora do condomínio, Patrícia dos Santos. O superintendente da PF na Bahia havia dito que, segundo o proprietário, o imóvel foi emprestado com o intuito de guardar bens do pai de Geddel, morto em 2016.

SEGUNDA PRISÃO– Ex-articulador político do presidente Michel Temer, Geddel já tinha sido preso preventivamente pela Polícia Federal, em julho, acusado de agir para atrapalhar investigações da Operação Cui Bono. As investigações da Cui Bono apontam que o peemedebista, valendo-se de seu cargo na Caixa, "agia internamente, de forma orquestrada", para beneficiar empresas com liberações de créditos dentro de sua diretoria e fornecia informações privilegiadas para os outros integrantes "da quadrilha que integrava", entre eles o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Nem o pai é ouvidoA prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), tem cometido um erro atrás do outro. O que se diz na cidade e nos bastidores dos próprios aliados é que ala não ouve ninguém, nem muito menos o pai, o ex-governador João Lyra Neto, que de tão aborrecido não deu às caras no palanque oficial da parada militar da última quinta-feira. Também se fala que o vice-prefeito Rodrigo Pinheiro, figura decorativa no Governo, está se afastando, tendo preferido passar o feriadão longe da aliada, que ficou sozinha no desfile do 7 de Setembro.

Virou rotina– Depois de Triunfo, no Sertão, e Feira Nova, na Zona da Mata, criminosos explodiram um carro-forte na manhã de ontem no distrito de Tapiraim, em São Caetano, no Agreste. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o crime ocorreu na BR-423. Segundo a Polícia Militar, ninguém foi preso. Equipes da PM e PRF estão no local. Ainda não há informações se alguém ficou ferido. O caso está sendo apurado pela Polícia Civil, que não conseguiu ainda identificar a nova quadrilha que atua no Interior do Estado.

Roubo de combustíveis– Já os donos de postos de combustíveis no Sertão perderam o sono e tranquilidade com a onda de assaltos a carros-tanques abastecidos. Uma quadrilha especializada, que a polícia ainda não tem sequer pistas, concentra entre os municípios de Pombos e Vitória de Santo Antão a área de atuação para o roubo de combustíveis. Segundo um proprietário de posto de derivados de petróleo no Sertão, mais de 80 caminhões-tanques já foram roubados nos últimos meses. Ele próprio já foi vitima e se mostra apreensivo com a falta de ação do Governo. “Eles atuam entre Vitória e Pombos, o Governo sabe disso e não toma nenhuma providência. Estamos em tempo de enlouquecer”, afirmou.  

O candidato é o filho -  O senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) reafirmou que o grupo Coelho terá candidatura ao Governo de Pernambuco em 2018 e apontou o seu filho, ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, ainda no PSB, como potencial postulante, em oposição ao governador Paulo Câmara (PSB). Ele disse que há a articulação de uma frente de oposição, que passa por DEM, PSDB e PTB, como o próprio convocou há dez dias, em Caruaru. Com processos no Supremo Tribunal Federal (STF), Bezerra Coelho vê suas chances de disputar o governo estadual minarem, mas confirmou que existe a alternativa de Fernando Filho disputar o governo estadual. “É um quadro muito promissor pelo trabalho feito a frente Ministério e Minas e Energia e creio que o nome dele vai estar posto dentro desta frente política que deve oferecer a melhor proposta para Pernambuco”, declarou ele à Rádio Jornal.

CURTAS

IRMÃO ENVOLVIDO– A Polícia Federal apontou que existem "fortes indícios" de que o dinheiro encontrado em um apartamento em Salvador nesta semana seja do ex-ministro Geddel Vieira Lima. A afirmação faz parte do pedido de prisão preventiva do peemedebista que foi encaminhado à Justiça Federal. Policiais e procuradores apontam ainda a ligação do imóvel onde foram encontradas as malas de dinheiro com o irmão de Geddel, o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA).

CABROBÓ - Em meio às festividades do aniversário de 89 anos de emancipação política de Cabrobó, na próxima segunda-feira, a cidade vai comemorar a data com inauguração de obra, desfile, shows, homenagens e a presença do ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho. Na Barragem do Tucutu, o ministro religa a primeira estação de bombeamento (EBI-1) para abertura das comportas e visita as obras da Meta 1N do Eixo Norte do projeto de Integração do Rio São Francisco.

Perguntar não ofende: Palocci enterrou a candidatura de Lula? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Depois desse comentário a pergunta que fica é a seguinte: Será que esse alquimista Bigênero conheceu pai?

Nehemias

Depois desses comentários a pergunta que fica é a seguinte: Será que esse marco conheceu seu pai, o famoso bandido Biu do olho Verde de Camaragibe? Tenho dito. Mizeravi.

marcos

Querido Brasil, Desculpem.

marcos

Lula o maior Bandido vivo em atuação no Brasil. Cadeia nesse cabra safado que quebrou o nosso querido brais. E leve junto com ele Temer, Dilma Jumenta, Jucá, Renan, Sarney, Aécio, Gleise, Humberto, FBC, FHC e a PQP.

marcos

Bem, não é do meu feitio, mas sendo difamado pela terceira vez só nos comentários de hoje, peço desculpas aos leitores: anemia vai procurar O Negão do Zap Zap e senta naquela Picona que o teu mal é falta de Rola viado cabra safado! Tenho dito.



08/09


2017

Coluna da sexta-feira

   Alívio no caixa dos municípios

As prefeituras recebem, hoje, o repasse do 1º decêndio do mês de setembro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O valor será de R$ 2.128.554.107,33, já descontada a dedução do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que, em valores brutos, isto é, incluindo a dedução do Fundeb, o montante repassado será de R$ 2.660.692.634,16.

De acordo com os dados do FPM, quando comparado o 1º decêndio de setembro de 2017 com o mesmo período do ano passado, o valor repassado apresentou crescimento de 14,80% em termos nominais, ou seja, levando em conta os valores sem considerar os efeitos da inflação. Na situação em que é considerada as consequências da inflação, o valor real da transferência do 1º decêndio de setembro em relação ao mesmo decêndio de 2016 apresentou crescimento de 12,14%.

Ainda de acordo com o que foi repassado ao longo de 2017, a CNM destaca que o montante do FPM transferido aos Municípios de janeiro até o 1º decêndio de setembro totaliza R$ 66,316 bilhões. Esse valor corresponde a um aumento de 11,65% em relação ao montante transferido aos Municípios no mesmo período do ano anterior, sem considerar os efeitos da inflação.

A entidade reforça que no cálculo desse montante é levado em consideração o repasse de 1% de julho, previsto na Emenda Constitucional 84/2014 que foi de R$ 3,999 bilhões repassados aos Municípios. No caso de considerar os efeitos da inflação, o Fundo acumulado em 2017 apresenta crescimento de 7,60 % em relação ao mesmo período do ano anterior.

Diante disso, a CNM ressalta que apesar dos números positivos para esse primeiro decêndio de setembro comparado com o mesmo decêndio do ano passado, os gestores devem ficar atentos às previsões nominais da Secretária do Tesouro Nacional (STN). Ela estima queda de 16% do FPM para o mês de setembro em relação ao mês de agosto deste ano. Essas previsões são nominais e, por isso, não consideram os efeitos da inflação. Contudo, como a sazonalidade do FPM no segundo semestre é inferior em relação aos resultados obtidos no primeiro semestre, a Confederação reitera que os prefeitos precisam ter cautela e boa gestão com os recursos municipais.

INQUÉRITO– O Supremo Tribunal Federal autorizou abertura de inquérito para investigar o deputado federal Fábio Faria (PSD-RN) e o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), em razão das delações premiadas da JBS. As suspeitas são de corrupção passiva e caixa dois, ou seja, fraude na prestação de contas ao deixar de declarar valores recebidos, crime previsto no artigo 350 do Código Eleitoral. O pedido foi feito no fim de junho pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que também solicitou ao ministro Luiz Edson Fachin, responsável pela homologação das delações da JBS, sorteio para novo relator por não ter relação com a Lava Jato.

Unidade da oposiçãoDos líderes do chamado G-4, alinhamento dos partidos de oposição ao governador Paulo Câmara (PSB), apenas o senador Armando Monteiro Neto (PTB) e o ministro das Cidades, Bruno Araújo, prestigiaram a filiação do agora potencial aliado Fernando Bezerra Coelho, também pré-candidato a governador. Na conversa com este blogueiro, o presidente nacional do PMDB, Romero Jucá (RR), reafirmou que Fernando é o candidato a governador, mas não descartou que possa ser analisado outro nome, como o de Armando, que vem insistindo na unidade do G-4.

Fumaça e espuma– Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) avaliam que ainda há muito "fumaça e espuma” impedindo o entendimento, com precisão, da reviravolta desta semana na delação da JBS. Para esses magistrados, ainda não está explicado o porquê de a nova gravação mostrando irregularidades na colaboração ter sido entregue, se por erro ou por ação deliberada.  Na avaliação desses magistrados, outra questão que precisa ser aprofundada é a compreensão de todo o papel realizado pelo ex-procurador Marcelo Miller na "produção" do acordo da JBS e em outras colaborações. Daí a importância dos depoimentos a serem realizados com os delatores da JBS e a oitiva do procurador Marcelo Miller, investigado agora pelo Núcleo de Combate à Corrupção do Ministério Público.

Grito dos Excluídos– Como acontece todos os anos no feriado de 7 de setembro, entidades populares, sindicatos, igreja católica e outras igrejas cristãs e não cristãs realizaram, ontem, o Grito dos Excluídos pelas ruas do Recife. A concentração se deu na Praça do Derby. De lá, os integrantes cruzaram a Avenida Conde da Boa Vista até a Praça da Independência. “Nosso objetivo é convocar a população para lutar pelos seus direitos e garantir os direitos conquistados. Estamos no momento mais difícil do País e a saída está nos mais pobres. Se não investir na base da sociedade, se não tiver diálogo com a população, certamente teremos dias piores”, disse Sandra Gomes, uma das organizadoras do ato.

Em defesa do São Francisco-  Para a deputada Laura Gomes (PSB), os governadores nordestinos deram o “Grito do São Francisco” e disseram não à privatização da Chesf com a carta divulgada após o encontro da última terça-feira, encaminhada ao presidente Michel Temer (PMDB) com posição contrária à entrega da instituição ao controle de grupos privados. “Tenho a convicção de uma forte atitude da população contra essa medida equivocada do Governo Federal, na medida em que as pessoas entendam com clareza os enormes prejuízos embutidos nessa descabida privatização. Ninguém vai aceitar, se bem conheço meu povo, a ameaça de aumento das contas de luz, venda apressada e barata de um patrimônio público e, o pior, a possibilidade concreta de entregar a grupos privados o controle das águas do Rio São Francisco, que são de múltiplo uso para milhões de nordestinos”, afirmou.

CURTAS

CRISE HÍDRICA– Sob a presidência do senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB), a Comissão Mista sobre Mudanças Climáticas, do Congresso Nacional, discute medidas para o enfretamento à crise hídrica no Vale do São Francisco e na região do reservatório da Usina Hidrelétrica de Sobradinho. Além de soluções de curto e médio prazos – como o uso de flutuantes e bombas de captação de água da barragem da usina, se necessário – Bezerra e especialistas defendem ações estruturantes e planejadas, como a preservação, recuperação e revitalização das nascentes dos rios que formam a bacia do São Francisco.

CICLOFAIXA - Começou, ontem, o trabalho de sinalização da ciclofaixa que está sendo implantada em Jardim São Paulo, na Zona Oeste do Recife. Os serviços serão feitos pela Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU). A pista exclusiva para bicicletas entra em operação hoje.  A ação terá início na Rua Senador Alberto Pasqualini, perto da Praça Jardim São Paulo.

Perguntar não ofende: Palocci também é golpista? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Depois desses comentários a pergunta que fica é a seguinte: Será que o marco conheceu seu pai? Mizeravi.

marcos

Você votaria em um candidato Criminoso, Condenado que recebeu da Odebrecht 300 Milhões e ainda Faz Piadas com o nome de Deus?

marcos

Simples assim: Acareação entre Lula e palocci!

marcos

Irmãos Batista são barrados nos EUA.... As autoridades americanas incluíram os irmãos Batista e demais delatores da JBS numa “hot list”. Eles podem ter seus vistos revogados em caso de perda da imunidade penal. É melhor entrega o chefe. Tio SAN detesta Corrupção.

Nehemias

Palocci foi ameaçado pela Lava Jato. Pena do ex-ministro seria dobrada se ele não delatasse Lula. Por este motivo, o novo depoimento de Palocci a Sérgio Moro sofreu alterações significativas que foram notadamente influenciadas pela possibilidade de ter sua liberdade antecipada.



07/09


2017

Coluna da quinta-feira

   Jucá já fala em dissolução

O presidente nacional do PMDB, Romero Jucá (RR), deixou claro, ontem, numa conversa com este blogueiro, que não passa pela sua cabeça intervir no diretório estadual da legenda, caso seus atuais comandantes insistam em apoiar a reeleição do governador Paulo (PSB). A intervenção deixaria aberta a possibilidade de um recurso por parte do diretório. O que o comando nacional fará, na verdade, será a dissolvição do diretório estadual.

“Não queremos chegar a tal ponto, mas se for necessário dissolveremos o diretório, o que não cabe recurso”, afirmou Jucá. Em nota oficial, a direção do PMDB em Pernambuco informou ter ficado surpresa com o ingresso do senador Fernando Bezerra Coelho no partido. A sua filiação se deu ontem em Brasília num ato prestigiado pelas principais lideranças nacionais da legenda.

“Foi com surpresa que a direção estadual do PMDB tomou conhecimento da filiação do senador Fernando Bezerra Coelho sem sequer uma conversa preliminar com essa instância partidária. Pelo elevado cargo que ocupa, o gesto do senador demonstra, no mínimo, falta de consideração e de respeito com as lideranças partidárias no Estado”, diz a nota do diretório estadual, para acrescentar:

“Em Pernambuco, nossa posição política é de apoio ao governo Paulo Câmara, que com transparência vem mantendo o Estado de pé mesmo diante da maior recessão da história e da insolvência do setor público no País. Integrar o PMDB de Pernambuco significa respeitar sua história, sua linha política e suas instâncias partidárias”.

Jucá leu a nota neste blog e afirmou que tratou da filiação de Bezerra com o deputado Jarbas Vasconcelos, semana passada, em Brasília. “Disse a ele, inclusive, que a prioridade do PMDB no Estado é ter candidato a governador e contar com Jarbas candidato a senador”, assinalou.

PSB DESCARTADO– Romero Jucá disse que a dissolução só será tomada como medida extrema se o partido no Estado não se submeter à orientação de fechar com a tese de candidatura própria a governador. “A nota do PMDB de Pernambuco reafirma apoio a Paulo Câmara. Sou amigo do governador, mas reafirmo que o nosso partido não tem projeto de se realinhar à reeleição do governador, mas disputar o Palácio das Princesas em faixa própria, no caso com a candidatura de Fernando Bezerra”, afirmou.

Aposta no diálogoNa entrevista que concedeu, ontem, após o ato de filiação ao PMDB, o senador Fernando Bezerra Coelho apostou no diálogo com o senador Jarbas Vasconcelos, o que parece ser letra morta. "Evidentemente que a proposta que a Executiva Nacional do PMDB concordou desenvolver em Pernambuco passa pela articulação de uma frente política que é distinta, a qual o PMDB participa. Vamos conversar. Aposto no diálogo e acredito que nos próximos 15 dias é possível que a gente possa construir um entendimento com as forças que hoje estão no PMDB", acentuou.

R$ 4 milhões em espécie– Os advogados de Antônio Palocci disseram, ontem, que, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, o ex-ministro afirmou que o PT tinha uma espécie de "pacto de sangue" com a Odebrecht e que o combinado era o partido receber R$ 300 milhões. Segundo os advogados, Palocci disse ainda que R$ 4 milhões foram dados em dinheiro para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Palocci também afirmou a Moro, segundo os defensores, que Lula sabia da compra de um terreno para o Instituto Lula e de um imóvel vizinho ao apartamento do ex-presidente, em São Bernardo do Campo.

Imóvel emprestado– O empresário Sílvio Silveira, apontado como dono do apartamento onde foram encontrados mais de R$ 51 milhões que seriam de Geddel Vieira Lima, se apresentou à Polícia Federal e admitiu ter emprestado o imóvel, localizado numa área nobre de Salvador, para o ex-ministro guardar documentos. A informação foi divulgada, ontem, pelo Superintendente da PF na Bahia, Daniel Madruga. Sílvio se apresentou espontaneamente na terça-feira passada após ser intimado, e, de acordo com a PF, disse, no entanto, que não sabia que o local estava sendo usado para guardar dinheiro em malas e caixas.

O tiro de Palocci em Lula-  O ex-ministro Antônio Palocci (fazenda/Casa Civil – Governos Lula e Dilma) incriminou o ex-presidente Lula em ação sobre propinas da Odebrecht. Palocci prestou depoimento, ontem, perante o juiz federal Sérgio Moro, em Curitiba, base da Operação Lava Jato. Nesta ação, Lula é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro sobre contratos entre a Odebrecht e a Petrobrás. Palocci confessou ter praticado crimes na Petrobrás. Ouvido como réu em um processo criminal da Operação Lava Jato, o petista citou R$ 300 milhões da Odebrecht para o esquema do partido.

CURTAS

PETROLINA– Em agenda, ontem, em Brasília, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), se reuniu com o ministro das Cidades, Bruno Araújo. No encontro, o gestor de Petrolina solicitou a liberação de financiamentos que somam R$ 88 milhões para obras em pavimentação e saneamento de diversos bairros da capital do São Francisco. Entre as intervenções previstas com esses investimentos está o esgotamento sanitário da Bacia do Dom Avelar e dos bairros Antônio Cassimiro I e II.

BARRAGENS– O secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota (PSB), e o prefeito de Vertente do Lério, Renato Sales (PMDB), autorizaram, ontem, o início da construção de quatro barragens no município. As intervenções vão beneficiar duas mil famílias das comunidades de Gambá, Lajes, Balança e Chã de Pavão. Orçadas em R$ 400 mil, as barragens serão construídas pelas Secretaria de Agricultura atendendo a uma solicitação do prefeito Renato Sales e da ex-prefeita Doutora Wellita.

Perguntar não ofende: Qual a opção partidária que restará a Jarbas Vasconcelos? 


Faça Login para comentar


Email
Cadastre-se
Esqueci minha senha

Comentários

Nehemias

Esse merda desse milico safado metido que enche o espaço dos comentários para balançar o saco do editor do blog, é um filho da puta precisa aprender que aqui não é lugar de milico safado pilantra . aqui é um lugar democrático Vai procurar tua corja verme. Milico safado entregador dos proprios colegas. Babão sem-vergonha!

LUIZ MAIA

Esse merda que enche o espaço dos comentários para balançar o saco do maior filho da puta que o Brasil já pariu precisa aprender que aqui não é lugar de pilantra não. Vai procurar tua corja verme!

Nehemias

Dilma caiu, porque teve a decência de não usar 14 bilhões para comparar os votos dos corruptos. Mizeravi.

Nehemias

Depois desses comentários a pergunta que fica é a seguinte: Será que o marco conheceu seu pai? Fica com Deus. Mizeravi.

marcos

Olha aí o bom Petista, sem argumentos parte para ofensa pessoal. Nemia contra fatos, provas, evidências, Depoimentos, Documentos não há defesa que se sustente. Fica com Deus Mortadela.


Coluna do Blog
TV - Blog do Magno
Programa Frente a Frente

Aplicativo

Destaques

Publicidade

Opinião

Publicidade

Parceiros
Publicidade
Apoiadores