Deputado recusa entregar colegas que vendem emendas

 Depois de denunciar em entrevistas a existência de uma esquema de venda de emendas ao orçamento na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), o deputado estadual Roque Barbieri (PTB) afirmou nesta quinta-feira, em comunicado por escrito, ao Conselho de Ética da Casa que não vai revelar os nomes dos parlamentares envolvidos porque não ''é dedo-duro''. Mas apesar de livrar os colegas, Barbieri fez ameaças veladas ao governo estadual.

Barbieri afirmou em sua carta que optou por enviar a sua posição por escrito porque teve que acompanhar a sua filha que está internada em hospital do interior por ter nascido prematura. ''Aqui na Assembleia, a grande maioria dos senhores deputados é gente boa'', afirma. O deputado confirmou ter dito em entrevista a um jornal regional de Araçatuba haver ''notícias de que um pequeno grupo de deputados'' se utiliza do esquema de venda de emendas na Assembleia paulista.

Publicado em: 07/10/2011