Dilma impublicável

Na sua coluna de ontem, na  Veja, Lauro Jardim revela  momento de explosão da presidente Dilma, despejado em membros de sua equipe, que tiveram de ouvir tudo no lugar mais inusitado:

''''Ontem(anteontem) à noite, Gleisi Hoffmann foi a primeira tentativa de José Eduardo Cardozo e de Maria do Rosário para tentar bater o martelo sobre o acordo com a oposição em torno da Comissão da Verdade. Como não conseguiram, Cardozo e Rosário tiveram de telefonar a Dilma Rousseff nos EUA. É impublicável a sequência das palavras que Cardozo e Rosário ouviram de Dilma no banheiro de Marco Maia, após apresentarem os termos do acordo.
 
Líderes partidários que acompanharam a conversa ficaram impressionados com a atuação de Cardozo nas negociações com Dilma. É que Cardozo já havia empenhado a palavra aos líderes da oposição quando telefonou para Dilma. Encurralado e para não perder sua palavra, Cardozo “peitou a presidente”, definiu um líder governista.''''

Publicado em: 23/09/2011