Ele diz que chegou onde pretendia

 “Cheguei onde pretendia e só   continuo momentaneamente  na vida política pela vontade de colaborar com a vida democrática. A literatura é  o  meu  mundo”. Essas declarações foram prestadas  a 12 de julho de 1982 por um senador que já havia sido governador e aos cinqüenta anos  anunciava seu desligamento das atividades  políticas, recém-eleito para a Academia Brasileira de Letras.  Em pleno desenvolvimento da abertura institucional promovida pelo então presidente João Figueiredo, o personagem repetia  a disposição de não   mais candidatar-se a cargos eletivos.

Pois é, o tempo passou, ele continuou senador por mais diversos mandatos, virou presidente da República  e aos oitenta anos   acaba de  repetir a promessa.  Seu nome: José Sarney...  (Carlos Chagas)

Publicado em: 13/09/2011