Itamaracá terá mais de R$ 6 milhões de investimentos da Compesa

O presidente da Compesa, Roberto Tavares,  anunciou que a  companhia vai investir mais de R$ 6 milhões em Itamaracá. Somente para a obra do Prored (Programa para o Fim do Racionamento e Redução de Perdas), a companhia está aplicando R$ 3,3 milhões na construção de dois reservatórios e na implantação de 3,8 mil metros de adutoras.  Em debate sábado na emissora de rádio Voz da Ilha, juntamente  com o  presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Guilherme Uchoa, e do Procurador Municipal, Francisco Rufino Tavares debateu o andamento das obras em execução  para melhorar o abastecimento de água e medidas que visam à melhoria da prestação dos serviços na Ilha.

Também vão ser instalados e substituídos quase três mil hidrômetros. Atualmente, está em andamento o processo de assentamento das tubulações e a limpeza do terreno no Forte para o início dos trabalhos do reservatório. As obras do Prored foram iniciadas no último mês de junho e devem ser concluídas em um ano.

Para a comunidade do Pilar, a Compesa está investindo R$ 450 mil na recuperação estrutural dos dois reservatórios existentes no local, cada um com capacidade para 200m³. Além disso, a companhia está implantando e substituindo 700 metros de rede distribuidora como parte das obras de setorização da ilha. Para esse trabalho, estão sendo investidos R$ 155 mil. Também está para ser licitada a perfuração de dois poços em Itamaracá (um em Jaguaribe e outro no Forno da Cal), no valor de R$ 2 milhões, para reforçar o abastecimento da região. Já os poços existentes na ilha estão sendo objetos de estudo por parte da Compesa com o objetivo de aumentar a sua vazão de exploração

“Enquanto durarem as obras em Itamaracá, iremos reforçar o abastecimento da ilha, inclusive deixando carros pipa nos finais de semana. Além disso, também vamos aumentar o número de equipes para os serviços de manutenção”, afirma o presidente da Compesa.

Publicado em: 12/09/2011