TCU: Jovair quer desistir, beneficiando Ana Arraes

Lia Rodrigues, correspondente em Brasília

Faltando uma semana para as eleições, o líder do PTB na Câmara dos Deputados Jovair Arantes (GO), candidato à vaga de ministro do Tribunal de Contas da União, afirma que ainda está ''pensando'' sobre sua permanência na disputa. Pesou para o parlamentar a falta de um apoio mais explícito do Planalto à sua candidatura. Ele alega que ''o momento é bom mas relativo'' e que está analisando uma série de coisas. Um dos pontos, destacados pelo deputado, é a situação da bancada, que ficaria exposta com uma troca de liderança nesse momento do governo.

''Você há de convir comigo que alguém que está sete ou oito anos com mandato eletivo acaba tendo uma toxina no sangue chamada virus político que balança quando você tem que deixar. É isso que impera neste momento'', afirma o deputado. Apesar da incerteza, Jovair Arantes garante que irá participar da sabatina a que todos os cadidatos serão submetidos. Para o deputado, ''a sabatina será um divisor de águas''.

Se ele sair vitorioso da disputa, a expectativa é de que o trabalho não mude muito. ''Lá é uma atividade parlamentar com foco mais especifico com relação a fiscalizaçao. Esse é o principal, nao é muito diferente daqui. Só nao faz leis. Aqui a gente discute leis, implementaçao, mudança de códigos processuais ...'', constata o parlamentar, responsável pelo diálogo de sua bancada com o Planalto. As eleições estão previstas para o próximo dia 21.

Publicado em: 12/09/2011