Onze de setembro: ameaças e oportunidade

Os atentados de 11 de setembro chocaram os americanos e o mundo. Todavia, foram o esteio para a afirmação política do ex-Presidente Bush, e de seus falcões comandados pelo seu Vice-Presidente Dick Cheney e pelo Secretário de Defesa Donald Rumsfeld. Oriundo de uma eleição contestada e com a popularidade em baixa, o Governo Bush ansiava por uma oportunidade para se afirmar perante a população americana.

Nos porões do poder, os falcões gestavam alternativas para tirar o governo da letargia política e administrativa. E o Iraque, já era visto como alvo bélico. Nesse ambiente de ansiedade, os ataques do Al-Qaeda foram a oportunidade política que faltava para se estabelecer, desde então, as bases para a reeleição de Bush e justificar a invasão do Iraque forjada no argumento da existência de armas de destruição em massa.

Do ponto de vista geopolítico, a estratégia da invasão era a única alternativa para
a manutenção do controle das fontes de petróleo no Golfo Pérsico, considerando a ameaça permanente de invasão da Arábia Saudita pelas forças de Saddam Hussein. Afinal, a instalação emergente de bases militares americanas em terras sauditas, foi inspirada na fragilidade de defesa dos seus poços de petróleo.

De outra parte, a invasão no Afeganistão a pretexto de procurar Bin Laden e por fim ao regime autocrático e medieval dos Talibãs, além da vingança do fundamentalismo do governo, foi a possibilidade de manter o controle político sobre as suas fontes de gás natural.

Num espaço de insegurança, paranoia e medo, foi instalada a guerra contra o
terrorismo. O ambiente de terror permitiu todo tipo de atrocidade política e de
desrespeito aos direitos individuais do cidadão.

Afinal, todo muçulmano é suspeito. Era tudo o que os falcões conservadores queriam para impor as suas idéias sobre as pessoas e sobre o próprio Parlamento. A integra deste artigo, do professor Carlos Alberto Fernandes, que escreve aqui às segundas-feiras, você confere no menu Opinião. Vale a pena!

Publicado em: 12/09/2011