PF joga pesado no relatório contra bando do turismo

 O relatório final da Operação Voucher está pronto.

Pede o indiciamento de todos os 35 elementos do Ministério do Turismo presos no arrastão da PF.

Tem acusação para todo gosto.

O petista Mário Moysés, por exemplo, será indiciado por estelionato; o número 2, Frederico Silva da Costa, por formação de quadrilha; e o peemedebista Colbert Martins, por peculat.

(Lauro Jardim - Veja)

Publicado em: 29/08/2011