Rio: bonde tinha arame no freio em lugar de parafuso

Portal IG

Foto: Anderson Ramos Ampliar

Molon mostra lugar onde arame substituía parafuso no bonde

O bondinho que descarrilou e tombou em Santa Teresa neste sábado, matando cinco pessoas e ferindo 57, tinha um pedaço de arame no lugar de parafuso debaixo da sapata do freio. Era, aparentemente, uma improvisação da equipe de manutenção da Central, empresa que administra o sistema de transporte sobre trilhos no bairro. O deputado federal Alessandro Molon (PT-RJ) mostrou a repórteres no local do acidente o “gatilho''.

“Isso é um grande indício de irresponsabilidade por parte da Central, empresa do governo do Estado que administra os bondes de Santa Teresa. Vou cobrar, acompanhar e responsabilizar criminalmente os responsáveis por esta tragédia”, afirmou o deputado.

 

Foto: Arte iG

Bondinho  estava superlotado, de acordo com as primeiras conclusões das investigações

O subsecretário de Transportes do Estado e presidente da Central, Sebastião Rodrigues, minimizou o comentário do Molon. “Somente a pericia pode informar se a falta do parafuso contribuiu para o acidente''. Segundo Rodrigues, a manutenção dos bondes é feita semanalmente.

Publicado em: 28/08/2011