Motivo malandro. O DNA da esperta Jaqueline Roriz

 Lauro Jardim desvenda, na sua coluna da Veja, a aparente resignação com sua sorte, da deputada Jaqueline Roriz, ao ''''desistir'''' de lutar contra sua condenação, após ser flagrada pondo dinheiro de suborno na bolsa, em Brasília:

''''A notória Jaqueline Roriz desistiu hoje do recurso que entregou à Comissão de Constituição e Justiça contra o pedido de cassação de seu mandato. Agora, o processo  segue para ser votado no plenário da Câmara. Jaqueline, que não carrega o sobrenome Roriz à toa no sobrenome, justificou a decisão como uma forma de “acelerar o julgamento final no plenário”. Não é nada disso.O motivo real é que, assim, a filha de Joaquim Roriz evitará que a votação no plenário seja pelo sistema do voto aberto. Jaqueline aposta que terá mais chance de manter o mandato se os deputados votarem no gostoso anonimato que lhes permitirá não se exporem à cobrança da opinião pública.''''

Publicado em: 15/07/2011