Votação já começou, mas foi no Japão

 As eleições brasileiras, que começam apenas às 8h de hoje (horário de Brasília) em território brasileiro, já começaram em solo japonês, onde 558 eleitores estão registrados e aptos a votar para o presidente da República. As urnas foram abertas às 20h de sábado (8h de domingo em território japonês). Estão em condições de votar 201 brasileiros em Nagoya e 357 em Tóquio.

O número de eleitores no Japão poderia ser muito maior, não fosse um problema de documentação. Mais de mil brasileiros que vivem no país solicitaram alistamento ou transferência do título dentro do prazo estipulado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas pediram registro utilizando um documento que não tem valor legal desde 2003 e que é disponibilizado na Internet pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), órgão responsável por tratar de questões eleitorais para estrangeiros. Por isso, ficarão impedidos de votar.

Ao todo, existem 86,6 mil brasileiros aptos a votar fora do território nacional. Na cidade japonesa de Nagoya, são 531 pessoas impedidas de votar e, em Tóquio, são 481. O número de eleitores aptos a votar nessas cidades é menor do que a quantidade de solicitações de alistamento e transferência recebidos de lá pela Justiça Eleitoral neste ano. As informações são do portal Terra.

Publicado em: 01/10/2006