Prefeito assume que usou dinheiro de máfia

Depois de negar envolvimento com a máfia das ambulâncias superfaturadas no esquema das sanguessugas, o prefeito de Afrânio, no Sertão do São Francisco, Adalberto Cavalcanti (PSDC), divulgou nota, hoje, anunciando que com o dinheiro recebido comprou  uma unidade móvel no formato microônibus e uma ambulância simples para o município. O engraçado é  que os dois veículos  só apareceram agora.

Publicado em: 29/09/2006