Uso eleitoreiro do Bolsa Família denunciado em Brasília

 Reunido ontem com deputados da bancada nordestina, o ministro do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias, foi alertado de que prefeitos da região, em campanha pela reeleição, estão fazendo uso eleitoreiro do Bolsa Família. Segundo parlamentares, a irregularidade acontece em cadastrar moradores com a promessa de que receberão o benefício a partir de janeiro, no início do novo mandato dos prefeitos. O deputado Paulo Rubem Santiago (PDT-PE), que disputa a prefeitura de Jaboatão dos Guararapes (PE), vizinha a Recife, pediu que o ministro faça pronunciamento em rede nacional para coibir a irregularidade. Santiago denunciou o atual prefeito, Newton Carneiro (PRB), candidato à reeleição:

— Há duas semanas, houve chamada pública para o cadastramento no Bolsa Família. Estão vendendo a ilusão de que essas pessoas vão receber o dinheiro a partir de janeiro.

Sandra Rosado (PSB-RN), cuja filha Larissa disputa a prefeitura de Mossoró, relatou problema semelhante no estado. Patrus reagiu com indignação, mas não anunciou uma providência específica. Dos 11,1 milhões de beneficiários do Bolsa Família, 5,6 milhões são do Nordeste.(O GLOBO)

Publicado em: 14/08/2008