Amazônia: antes que fique independente ou anexada

 A Amazônia está entrando definitivamente na lista de prioridades nacionais. Até então, tinha sido uma preocupação exclusiva da Escola Superior de Guerra - único centro de pensamento estratégico no país nas últimas décadas.

Agora, entrou na agenda do governo, através dos Ministros Roberto Mangabeira Unger e Nelson Jobim.

Hoje foi manchete principal do Estadão (viva as manchetes relevantes!). Ontem, o Ministério da Defesa anunciou que irá fiscalizar as ONGs que atuam na região, por suspeitas de que muitas são fechadas para praticar a biopirataria.

Agora seria relevante acelerar os projetos integrados, com institutos tecnológicos e outras áreas, para começar a trabalhar de verdade a economia da região. Aí, sim, não haverá mais espaço para que seja invadida ou ameaçada.

Blog de Luiz Nassif

Publicado em: 24/04/2008