Democrata recomenda desfiliação de Edison Lobão Filho

O deputado federal e presidente do Democrata, Rodrigo Maia (RJ), recomendou hoje a desfiliação do empresário Edison Lobão Filho (MA) do partido. Ele é suplente do pai, senador Edison Lobão, que vai licenciar-se para assumir o Ministério das Minas e Energia na semana que vem.

Lobão Filho é acusado de sonegação de impostos e uso de laranjas. As acusações sobre ele comprometem a imagem ética que seu partido vem querendo externar à opinião pública desde a derrota eleitoral de 2006.

A questão política pesará na avaliação do DEM sobre a conveniência de manter em seu quadro do Senado o filho do ministro de Minas e Energia. Segundo Maia, a cúpula do DEM será rigorosa na análise da defesa de Lobão Filho, mas afirmou categoricamente que a saída é "o melhor caminho para os dois lados".

"Lobão Filho não é um suplente qualquer. É filho do ministro do Governo para o qual fazemos oposição. A relação não será tranqüila em momento nenhum. Acreditar que ele votará contra o Governo do pai é acreditar em conto de fadas", disse Rodrigo Maia. Da Agência Nordeste.

Publicado em: 18/01/2008