PSDB critica ambigüidade de Lula em relação às Farc

 O presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), criticou, em nota, declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia . “Se o presidente Lula preza a democracia e a liberdade, como os brasileiros prezam, não pode deixar de condenar, de forma clara e segura, as ações das Farc”, reclamou Guerra.

No programa semanal de rádio Café com o Presidente, transmitido na última segunda-feira (14), Lula comemorou a libertação das reféns Clara Rojas e Consuelo González e pediu ao presidente colombiano Álvaro Uribe que negocie com os dirigentes das Farc a libertação de mais reféns. No mesmo dia, porém, mais seis pessoas foram seqüestradas pelo grupo.

“É vergonhoso para o Brasil que seu presidente peça ao governo da Colômbia para negociar com os narcoguerrilheiros, sem uma palavra sequer de solidariedade a essas vítimas e outras, mais de 700, que são mantidas acorrentadas na selva colombiana”, afirmou Guerra. Do Portal G1.

Publicado em: 15/01/2008