PatrĂ­cia nega fim da pasta da Cultura e ataca blog de novo

Nota da coligação Mudança Já

Nós da coligação Mudança Já (Podemos e Cidadania), da Delegada Patrícia e Leo Salazar, repudiamos a campanha de mentiras promovida pelo blogueiro Magno Martins. Nossa gestão não vai extinguir a pasta da Cultura no Recife. O que o programa de governo prevê, na verdade, é transformar a Secretaria de Cultura em uma supersecretaria. Vamos unir a pasta com as áreas de Turismo, Esporte, Lazer, Desenvolvimento Econômico, Empreendedorismo e Economia Criativa. 

Esse modelo irá oxigenar o setor, integrando áreas afins para projetos em conjunto que fomentem a atividade cultural. O projeto para a área da cultura da coligação Mudança Já foi pensado e aprovado por artistas, produtores culturais, de eventos e representantes do trade turístico. 

Entramos com seis representações contra Magno Martins, que terá de responder na Justiça pelas mentiras publicadas. O blogueiro tem o hábito de negar o direito de resposta à nossa coligação. Caso isso ocorra novamente, outro processo será aberto contra ele. Magno vem enganando os seus leitores que ainda acreditam que o seu blog é uma fonte confiável de informação. Nós não vamos tolerar qualquer mentira ou fake news.

Resposta do blog: 

O programa de governo da candidata do Podemos é bastante claro quando trata de extinção de pastas. "Preliminarmente, sugere-se a redução 19 (dezenove) para 14 (quatorze) Secretarias Municipais, ficando o descritivo das atribuições a ser apresentado posteriormente, por ocasião da redação da proposta de reforma administrativa, para que a Câmara Municipal também possa participar do aperfeiçoamento dos mecanismos de gestão. A reforma administrativa a ser proposta aponta para uma redução de mais de 20% (vinte por cento) do quantitativo de cargos comissionados".

Em momento algum, chega a falar em fortalecimento da pasta da Cultura. Pelo contrário, considera que há um excesso de autarquias e cita a Fundação de Cultura do Recife entre estes "excessos": "A Prefeitura da Cidade de Recife tem hoje, além do Gabinete do Prefeito, 19 (dezenove) Secretarias Municipais e ainda conta com algumas autarquias (CTTU, Fundação de Cultura do Recife, Instituto da Cidade Pelópidas Silveira p.ex.) e empresas públicas (Emprel, Emlurb, URB, CSURB)."

"Na esteira da austeridade com os recursos públicos e da inafastável melhoria na prestação dos serviços à população, a gestão 'Mudança Já' promoverá uma reforma administrativa, que racionalize as atividades de cada Secretaria, evitando a sobreposição de atribuições, reduzindo a quantidade de cargos em comissão e privilegiando os servidores de carreira da Prefeitura", prossegue. 

Na nota enviada ao blog, afirma que seu projeto de governo "foi pensado e aprovado por artistas, produtores culturais, de eventos e representantes do trade turístico". A vaga declaração não deixa claro por quais artistas, produtores culturais e trade turístico teria sido aprovado. Conversou com todos os cineastas e músicos recifenses, por exemplo? Com todos os artistas de rua ou só com uma ínfima fração que não representa os diversos setores?  

A coligação "Mudança já" diz ainda que o titular do blog "tem o hábito de negar o direito de resposta". Nova inverdade, uma vez que somente neste sábado, o blog abriu espaço duas vezes para que a candidata se manifestasse, como nesta postagem. Também acusa o blog de "fake news".

É fake news noticiar com base em diversos documentos, compartilhados com os leitores do blog, que Leonardo Salazar, vice de chapa da delegada Patrícia, comandou o Comitê de Gestão do São João de Caruaru e que por ele passavam todas as contratações de eventos? Que ele era vice da Fundação de Cultura e Turismo caruaruense entre 2017 e 2019? Que o Ministério Público de Contas e o MPPE denunciaram irregularidades na contratação de artistas e de empresas para o São João enquanto Leonardo Salazar esteve por lá?

É fake news que o Tribunal de Contas do Estado chegou a instaurar uma auditoria em 2017 depois que houve o cancelamento do pregão presencial para fazer a montagem da infraestrutura da festa de São João em Caruaru? Também é mentira que houve sobrepreço de milhões na contratação? Que tudo isso contou com a anuência de Salazar, vice da Fundação de Cultura da cidade desde janeiro de 2017?

São várias perguntas para Leonardo Salazar responder. Para quem quiser ler as duas matérias do blog sobre o caso, com a documentação que comprova as denúncias, é só clicar abaixo:

Delegada perde o controle e ataca o blog

Vice da delegada envolvido em investigações do MP e TCE

Também há matérias de outros veículos para apreciação: 

Blog de Jamildo: Procurador pede rejeição de contas de Raquel Lyra pelo São João 

G1: Auditoria do TCE vai acompanhar atos relativos ao São João 2017 de Caruaru

Rádio Jornal: Estrutura do São João de Caruaru custou mais de R$ 8 milhões

Metropolitana FM: Vice-presidente é presidente e presidente e vice; entenda como vai funcionar o Comitê do São João

NE10: MPCO pede rejeição de contas por causa do São João de Caruaru 2017

Rádio Cultura do Nordeste: Ministério Público instaura inquéritos relacionados a São João de Caruaru

Publicado em: 17/10/2020