Paulo Câmara não vai a ato de Bolsonaro no Sertão

O governador Paulo Câmara não estará na agenda que o presidente Jair Bolsonaro cumpre, hoje, em Pernambuco por um motivo: não recebeu convite para o ato. De acordo com a agenda presidencial, divulgada pelo Palácio do Planalto, o presidente participará da inauguração da segunda etapa do Sistema Adutor do Pajeú, em São José do Egito, no Sertão do Estado. As informações são da Folha de Pernambuco.

De Pernambuco, integram a comitiva do presidente, o líder do governo no Senado, senador Fernando Bezerra Coelho, e o deputado federal André Ferreira, líder do PSC na Câmara Federal.

André, inclusive, estava com a passagem de retorno ao Recife marcada para a manhã de ontem. Mas retardou a volta à capital pernambucana em função do convite do presidente para que ele viesse junto no avião.

Segundo informações do Palácio das Princesas, o governador Paulo Câmara não recebeu qualquer comunicado da agenda, realizada no Estado que governa. A programação oficial do governador para a manhã desta quinta prevê a visita à inauguração do Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa, no Recife. Na ocasião, Câmara participa da entrega da unidade de saúde, em cerimônia liderada pelo prefeito Geraldo Julio.

Não é a primeira vez que agendas do Governo Federal ocorrem sem a presença do governador por falta de comunicado. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, em meio ao problema do derramamento de óleo, também passou por Pernambuco sem entrar em contato com o chefe do Executivo estadual.

O presidente Jair Bolsonaro, por sua vez, já protagonizou atritos em ocasiões diferentes com o governador Paulo Câmara. O presidente já compartilhou vídeos em situações diferentes contendo provocações ao socialista, a quem chegou a tachar de "espertalhão" em discussão sobre o 13º do Bolsa Família. Também ironizou diagnóstico de Covid-19 do governador.

Publicado em: 01/10/2020