Comerciantes da orla de Jaboatão têm acesso a crédito

Comerciantes que atuam na orla de Jaboatão dos Guararapes, nos bairros de Piedade, Candeias e Barra de Jangada, já começaram a ter acesso à linha de crédito de até R$ 10 mil, que foi intermediada pela Prefeitura em parceria com o BNB. O anúncio do microcrédito foi feito no início do mês, com o objetivo de apoiar os 250 comerciantes que passaram cinco meses sem exercer suas atividades por conta da pandemia do novo coronavírus.

Para auxiliar no processo, a Prefeitura de Jaboatão disponibilizou a Sala do Empreendedor da Regional 6, em Piedade, para que um representante do Banco do Nordeste pudesse receber os trabalhadores interessados para realizar a triagem dos documentos. Severino da Silva, um dos 18 comerciantes já aprovados, assinou, ontem, o contrato para a liberação de R$ 8.500. “Ter esse crédito aprovado é a chance de um retorno digno, porque quando compramos fiado em algum estabelecimento, ficamos impossibilitados de uma série de coisas. Ter dinheiro em mãos nos permite negociar e voltar a ter um negócio rentável”, pontuou.

Os recursos garantidos pela linha de crédito poderão ser investidos para a compra de estoque de alimentos, itens para melhoria de cada empreendimento, além de equipamentos de EPI e saneantes - necessários neste momento para ajudar a conter a pandemia da Covid-19.

“Além de todos os danos emocionais e perdas causadas pela Covid-19, essa pandemia atingiu a economia mundial pelas costas. Passar cinco meses sem saber de onde você vai tirar o sustento da sua família é desesperador. Durante este período, nossa gestão trabalhou no sentido de dar um alicerce aos comerciantes da orla”, comentou o prefeito Anderson Ferreira.

O gestor público lembrou que um dos incentivos aos empreendedores informais da orla foi a distribuição de cestas básicas realizada pela Prefeitura durante a quarentena. Para o retorno das atividades, todos os comerciantes da praia precisam seguir o protocolo de contenção da Covid-19, como uso obrigatório de máscaras e distanciamento entre barracas.

Publicado em: 26/09/2020