Mendonça: É fundamental ampliar a proteção ao meio ambiente

O candidato a prefeito do Recife pelo DEM, Mendonça Filho, afirmou, durante uma live promovida pelo movimento “Muda Pernambuco”, no YouTube, que pretende criar uma nova Região Político Administrativa Ambiental (RPA), com baixa densidade construtiva e populacional, controle urbanístico e proteção absoluta. “Criaremos a RPA-7, que será a RPA Verde, na Guabirada, fundamental para ampliar a proteção ao meio ambiente na nossa capital. Nossa proposta consiste na preservação daquela área e seus mananciais com a participação da sociedade”, disse.

A criação de uma nova RPA irá proteger uma área de 50 km² de Mata Atlântica, no limite do Recife com as cidades de Camaragibe, Paulista e Olinda, com mananciais dos rios Beberibe e Morno. Além disso, vai conter a expansão urbana clandestina nas regiões da Guabirada, Paratibe e Aldeia. No bate-papo virtual, Mendonça Filho destacou que o plano de governo elaborado para gerir o Recife irá promover ações que, em articulação com as áreas do saneamento e habitação, resgatem e fortaleçam ações de sustentabilidade em toda cidade.

Além da nova RPA, o democrata afirmou que dará atenção especial às áreas verdes da capital. Para ele, o Recife não tem como desprezar a adoção de uma política ambiental séria, atrelada ao planejamento municipal que ofereça à população uma cidade mais sustentável. A proposta para o setor também inclui projetos de recuperação e construção de novos parques, para desafogar outros equipamentos que estão em condições precárias e com um número de usuários acima do suportável.

O democrata também garantiu que o plano de governo dará atenção especial às Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS), com projetos que agilizem a execução dos planos de urbanização, bem como a intensificação da fiscalização da Lei do Uso do Solo e a redução da poluição. O candidato pontuou, ainda, que vai ampliar programas de acessibilidade aos passeios públicos e calçadas do Recife, adotando medidas colaborativas de identificação e reorganização desses meios.

Publicado em: 25/09/2020