Coluna da quarta-feira

O risco de Lula trair Marília

Nem os mais próximos ao ex-presidente Lula acreditam na sua fidelidade canina à tese de candidatura própria em algumas capitais, entre as quais Recife, onde o PT tem uma longa e vergonhosa dependência do PSB, estando mais para sublegenda de aluguel. Por isso, não será surpresa se em algum momento antes das convenções, marcadas para o próximo mês, não tenha uma recaída de amor socialista e abandone o barco de Marília Arraes.

Segunda deputada federal mais votada no Estado, Marília, como se sabe, é pré-candidata do PT de Lula e cúpula nacional, não do PT local, que mantém fidelidade canina ao PSB como legenda alugada para o que der e vier. Quem esteve recentemente com Lula sentiu que ele não é mais aquela baraúna resistente que se apresentava aos apelos do PSB, que vão do governador Paulo Câmara ao prefeito Geraldo Júlio, passando, principalmente, pela viúva Renata Campos.

Nos últimos dias, na medida em que as eleições se aproximam, Renata vai mostrando que o legado do poder de Eduardo é seu, não transfere para ninguém. Fala com Lula na hora que quer e deseja. Interfere em decisões que julga prejudiciais ao projeto do filho João Campos de chegar à Prefeitura do Recife sucedendo a Geraldo Júlio, o poste eleito por Eduardo. Lula está sendo convencido por ela que Marília não é páreo para o filho e que tende a morrer na praia.

Sustenta-se na tese do voto de estrutura. O PSB detém as máquinas do Governo do Estado e Prefeitura do Recife, a maior bancada de vereadores e o maior número de candidatos a vereador, traduzido na linguagem de “um exército de cabos eleitorais” trabalhando dia e noite pela vitória de João e, conseqüentemente, a manutenção do PSB numa das maiores vitrines entre as capitais nordestinas.

Renata reprovou e deu um puxão de orelha no presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, que se fez gente lá atrás carregando a pasta do ex-governador Miguel Arraes. De forma açodada, o subalterno afirmou que o PT seria o vetor de divisão da esquerda nas eleições presidenciais, porque estava irredutível nas alianças municipais. Chegou a dizer que o PT não contasse com o apoio do PSB em nenhuma das capitais. O ataque provocou uma reação imediata do PT.

Mas não o suficiente para afastar Lula de vez do PSB. Renata, Câmara e Geraldo estão absolutamente convencidos de que Lula não foi contaminado e que estará no palanque de João Campos, porque tem chances de resgatar seus direitos políticos perdidos na prisão, para disputar a Presidência da República, mais uma vez, em 2022, com apoio velado do PSB.

Cunhado vermelho... – Nos bastidores da oposição no Recife ninguém consegue assimilar o comportamento do presidente estadual do Partido Solidariedade, Augusto Coutinho. Casado com a irmã de Mendonça Filho, pré-candidato do DEM, Coutinho, mesmo com tamanho parentesco, não está integrando o exército para eleger o cunhado, mas agarrado ao palanque do pré-candidato do PSB, João Campos, supostamente por causa de cargos. Recentemente, quando esteve com o presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, que pode decidir o acordo da oposição em favor de Mendonça, este ouviu uma cobrança sutil do apoio de Coutinho, que está fechado com os socialistas no Recife.

E traído em Olinda – O mais estranho em relação à postura de Augusto Coutinho se reporta à vizinha Olinda. Lá, o prefeito Professor Lupércio é do SD, partido de Coutinho, mas o PSB está caminhando para outro palanque, o do pré-candidato do PCdoB, João Paulo, levado pela vice-governadora Luciana Santos. Pelo acordo inicial, o partido de Coutinho só apoiaria João no Recife se o PSB em Olinda estivesse alinhado à reeleição de Lupércio, o que virou letra morta. Pelo jeito, lealdade e fidelidade não são práticas corriqueiras do PSB.

Ordem é tratorar – Em Jaboatão, o senador Fernando Bezerra Coelho não entende a razão de o MDB ter declarado apoio à candidatura a prefeito do vereador Daniel Alves. Ali, o partido não tem condições de eleger sequer um vereador, mas o que prevaleceu, na verdade, foi a vontade do Palácio de tratorar o prefeito Anderson Ferreira, do PL, candidato à reeleição, apoiado por FBC. Líder do Governo Bolsonaro no Senado, Bezerra chegou a emitir uma nota discordando da postura do seu partido, que tomou tal decisão por determinação do senador Jarbas Vasconcelos, fechado com João Campos, no Recife.

Aventureiro – O PSB tende a entrar numa aventura eleitoral em Gravatá, onde o prefeito Joaquim Neto (PSDB) lidera todas as pesquisas, com o padre Joselito Gomes. Estreando na política partidária, o padre não é nada fiel à bata como se imagina. Já casou, tem filhos e perdeu o respeito da população. Atualmente, exerce a função de Conselheiro Tutelar. Se não tiver renunciado, pode estar inelegível.  Publicamente, Joselito já manifestou seu apoio em torno de uma candidatura unificada pela oposição, que pode ser a do policial federal Darita.

CURTAS

MEGA OPERAÇÃO – A Justiça Federal em Pernambuco determinou, ontem, o seqüestro de sete aviões, cinco helicópteros, 42 caminhões e 35 imóveis urbanos e rurais ligados aos investigados por uma operação da Polícia Federal contra o tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro. Também foi ordenado o bloqueio judicial do valor de R$100 milhões. A Operação Além-Mar cumpriu 139 mandados de busca e apreensão e outros 50 de prisão, sendo 20 preventivas e outras 30 temporárias, em 12 estados e no Distrito Federal. A PF apontou que, mesmo diante da pandemia de Covid-19, o esquema criminoso não foi interrompido, tendo sido apreendidos entre os meses de março e julho mais de 1,5 toneladas de cocaína.

LIVE COM SANTA CRUZ – O convidado da live deste blog, hoje, é o presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, de família pernambucana, perseguida pelo regime militar. Na pauta, a crise política, o Governo Bolsonaro e sua relação com a categoria, especialmente o Judiciário, além das acusações de ter levado a Ordem para o campo do ativismo político de esquerda. Se você ainda não segue o Instagram do blog, anote o endereço: @blogdomagno.

Perguntar não ofende: Ainda tem operação da Polícia Federal esta semana dando bom dia na Prefeitura do Recife?

Publicado em: 18/08/2020