Chefe da Secom da PresidĂȘncia detĂ©m assaltante

Poder 360

O secretário de Comunicação da Presidência, Fabio Wajngarten, foi vítima de uma tentativa de assalto, hoje, no bairro dos Jardins, área nobre de São Paulo. Ele estava armado quando foi abordado e reagiu à ação do assaltante.

Wajngarten havia saído de uma Mercedes blindada para cumprimentar os pais, que o aguardavam na porta do prédio em que moram. Nesse momento, a família foi abordada pelo assaltante, que exigiu o relógio e demais pertences de valor do secretário.

“O assaltante estava de moto, desceu do veículo e me abordou. Ele não viu nem que eu estava de relógio, nem que eu estava armado, porque eu vestia um blazer. Mesmo assim, chegou bem perto e me mandou ‘passar o relógio’. Eu disse que não havia entendido. E ele repetiu ‘passa o relógio’. Foi, então, que saquei a arma, apontei para ele e ele começou a correr. Eu corri atrás gritando ‘pega ladrão’”, disse o chefe da Secom ao jornal Metrópoles.

Wajngarten tem porte de arma e estava armado com uma pistola do modelo Sig Sauer 380 no momento da tentativa de assalto. A perseguição durou poucos minutos e o assaltante foi parado pelo secretário e por outro pedestre.

O suspeito afirmou repetidamente que era “inocente” e que trabalhava como instalador de antenas. Wajngarten passou um sermão ao homem até que a polícia chegasse ao local. “Impressionante a certeza do assaltante de que ia levar o meu relógio. Uma situação patética, que ninguém aguenta mais neste país”, disse.

Publicado em: 06/08/2020