Uma zebra chamada hidroxicloroquina

Roberto Vieira*

É SIMPLES do ponto de vista contábil e midiático. Qualquer um pode entender a batalha bíblica entre Davi e Golias.
De um lado, um pobre e pequeno pastor de ovelhas e do outro o colossal guerreiro gigante favoritissimo nas casas de apostas.

De um lado drogas terceuromundistas e do outro a decantada ciência do terceiro milênio.

Um kit de Hidroxicloroquina com Azitromicina e zinco custa 80 reais. Ou 14 dólares, por aí. O kit precisa ser usado precocemente para surtir efeito. Caso seja utilizado em estágios avançados não funciona. Nesses casos temos os corticóides, antigos e baratos.

O tratamento não gera manchetes, holofotes ou Prêmio Nobel - os que tinha de ganhar já ganhou.

Do outro lado temos dois Golias. O primeiro é o Remdesivir da Gilead Sciences aprovado nos EUA e Europa, e agora no Brasil, para tratamento do covid-19. A empresa anunciou bons resultados com o uso da medicação que originalmente tinha como alvo o Ebola.

O custo do tratamento completo com Remdesivir?

Cerca de 15 mil reais.

Por último, a descoberta da solução ideal que será a vacina contra o coronavírus. Mais de duzentas patentes em disputa no planeta cada dia mais apavorado pela pandemia. A maioria delas utiliza as tecnologias mais caras possíveis, ignorando pesquisas antigas sobre o coronavírus feitas, por exemplo, pela Escola Nacional de Medicina Tropical no Texas.

Custo da nova vacina produzida nos super laboratórios? Segundo o Medscape:

'If a COVID-19 vaccine yields a price of, say, $500 a course, vaccinating the entire population would bring a company over $150 billion, almost all of it profit.'

150 bilhões de dólares. E não acreditem no que falam sobre vacina de graça. Não existe café da manhã de graça, já dizia Margareth Thatcher.

Relembrando os tempos da AIDS e ainda seguindo o Medscape:

'When AZT, the first effective drug for combating the virus that causes AIDS, was introduced in 1992, it was priced at up to $10,000 a year or about $800 a month. It was the most expensive prescription drug in history, at that time. '

O AZT foi a droga mais cara na história da Medicina e podem apostar que a nova vacina contra o coronavírus vai superar essa marca.

Portanto, para mídia e laboratórios, é melhor que esse kit da Hidroxicloroquina não sirva mesmo pra nada.

Não existe mais lugar para uma zebra chamada Davi no planeta Terra. Quanto mais uma zebra chamada Hidroxicloroquina...

Onde já se viu!

*Médico oftalmologista, escritor e pesquisador pernambucano.

Publicado em: 12/07/2020