"Pernambuco precisa cuidar das mulheres", diz MarĂ­lia

Em meio à pandemia, a deputada federal Marília Arraes (PT-PE) tem demonstrado preocupação com a situação das mulheres grávidas que vivem em Pernambuco. Segundo a parlamentar, que é pré-candidata à Prefeitura do Recife, mais de 300 gestantes precisaram de internamento devido à Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com forte suspeita de Covid-19. "Até o último dia 04 de julho, 313 gestantes precisaram de internação. Pernambuco precisa cuidar melhor das mulheres e crianças", afirma. 

Marília se apoia em dados do Ministério da Saúde, que mostram que Pernambuco é o segundo estado brasileiro com o maior número de mulheres grávidas hospitalizadas pela SRAG. Um dos projetos apresentados pela parlamentar na Câmara dos Deputados garante o afastamento do trabalho, com todos os direitos assegurados, de mulheres grávidas ou que tenham dado à luz há pouco tempo (puérperas) no período da pandemia.
 
"Esse momento de reabertura de atividades exige de toda a sociedade o cuidado redobrado com estas mulheres. Elas não podem se expor ao risco e também expor os seus filhos", prossegue. Marília relembra também que o próprio Ministério da Saúde já havia incluído grávidas e puérperas no grupo de risco de contaminação da Covid-19.

Publicado em: 11/07/2020