Pelo menos um castigo, Bolsonaro merece

Caro Magno,

Concordo com você em relação ao comentário de hoje em sua coluna, condenando os mais exaltados nas redes sociais, que pedem a morte do presidente Bolsonaro depois do teste positivo dele para a Covid-19. Não deseje ao próximo o que não quer para si.

Até porque o mal por si só se destrói, mas Bolsonaro desobedeceu todas as regras da OMS e as recomendações da Ciência. Por isso, foi contaminado. Ao comparar o terrível coronavírus com a chuva, fenômeno da natureza de uma das estações do ano imprescindível à humanidade, ele demonstrou falta de humildade e soberba. Como cristão, também não desejo a morte dele nem de ninguém.

Mas como cidadão confinado em casa há quatro meses, gostaria que ele ficasse de castigo internado, vendo e sentindo o que é uma UTI. Quem sabe não desceria das tamancas e calçaria as sandálias da humildade. Serviria de exemplo a ele e a todas as pessoas que brincam de desafiar a morte.

Abraços,

Muciolo Ferreira – jornalista

Publicado em: 08/07/2020