Petrolândia: Pré-candidato denuncia calote em seu hospital

O PT de Pernambuco, liderado pelo senador Humberto Costa, já sinaliza que vai romper com o governador Paulo Câmara (PSB) de olho na sucessão estadual em 2022. O partido parece que já abandonou os afagos de 2018 e parte para cima do governador.

Enquanto Paulo Câmara tem enfrentado problemas no combate a Covid-19, os petistas começam a atacar o governo estadual e lançar candidatos em bases do PSB. Pelo visto, quem está encarregado disso é o deputado federal Carlos Veras, que articulou a ofensiva ao partido de Paulo Câmara em Petrolândia.

Quem usou a palavra para atacar o governador e acusar o Governo de Pernambuco de calote foi o médico João Lopes, durante uma live festiva e também em suas redes sociais. De acordo com o médico, o Estado não paga ao seu hospital há mais de 14 meses e que, ainda segundo ele, o deputado Carlos Veras está ajudando para o resolver o problema.

Publicado em: 01/06/2020