Não estamos em 1964

Por Beto Albuquerque*

Não estamos em 1964! A imprensa séria, livre e democrática não vai apoiar golpe de estado, nem as forças armadas estarão unidas nesta atrocidade autoritária contra a liberdade, os governos estaduais não entrarão nesta onda antidemocrática como em 64.

Há 32 anos conquistamos a liberdade. Hoje 70% do povo brasileiro não está nessa! Beira o ridículo um governo eleito pregar ou desejar um golpe militar! 

Afinal, o primeiro a ser deposto é o próprio presidente! 

Em 2020, a sociedade livre não vai mais na conversa fiada da proteção a família e contra o comunismo!

*Vice-presidente de Relações Governamentais do PSB

Publicado em: 31/05/2020