Conflito: Jefferson sugere solução via Forças Armadas

Em entrevista gravada, há pouco, para o Frente a Frente, o presidente do PTB, Roberto Jefferson (RJ), aliado do presidente Bolsonaro que teve sua casa revistada pela Polícia Federal esta semana, a mando do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, sob a acusação de ofensas por parte dele aos ministros da corte suprema da justiça brasileira, defendeu que as Forças Armadas recorram ao Artigo 142, da Constituição Federal, e institua o Poder Moderador, para pôr fim a crise entre o Executivo e o Judiciário.

“Se o Supremo tiver razão no inquérito, que se afaste o presidente e assuma o vice Hamilton Mourão. Se, ao contrário, a razão estiver com o presidente, que sejam destituídos os 11 ministros do STF e nomeados igual número de substitutos”, pregou o líder trabalhista, adiantando ter plena certeza que essa causa será ganha pelo presidente da República, porque, segundo ele, o inquérito do ministro Alexandre de Moraes será arquivado por falta de provas e substância jurídica.

Sobre a invasão pela PF ao seu apartamento, no Rio, Jefferson disse que foi uma tentativa do ministro Alexandre de Moraes de intimidar, constranger e censurar, e mostrou-se disposição para brigar: “Ele, o Alexandre, bateu na porta errada. Se acha que vai me intimidar, está enganado. Para essa briga, já estou com a faca nos dentes e o machado nas mãos. Não é um trapo rasgado da toga dele que vai me calar”, disse, adiantando que o ministro comprou a contenda com o “cara errado”.

Roberto Jefferson disse, ainda, que Alexandre de Moraes é um ministro desmoralizado, que não impõe respeito a quem quer que seja. “Um cara que foi advogado do PCC, o maior grupo de meliantes e traficantes do País, não merece respeito. Vai apanhar duramente de mim”, afirmou. O ex-deputado disse que a operação da PF em sua casa foi humilhante.

“Entraram no close da minha mulher e mexeram até nas suas calcinhas e outras peças íntimas”, desabafou, adiantando que os agentes federais, achando pouco, também vasculharam a casa da sua ex-esposa, em Niterói, no Rio, de quem está separado há 20 anos. Imperdível, a entrevista vai ao ar às 18 horas pela Rede Nordeste de Rádio, formada por 37 emissoras, tendo como cabeça de rede a Hits 103,1 FM, no Grande Recife.

Se você deseja conferir a entrevista pela internet, duas opções: neste blog, basta clicar no botão Rádio acima ou baixar o aplicativo da Rede Nordeste de Rádio no Play Store.

E bom programa!

Publicado em: 29/05/2020