Filhos de *** asterisco implantam ditadura

Por José Adalbertovsky Ribeiro*

MONTANHAS DA JAQUEIRA – Hoje eu tô invocado. Incorporei o espírito da reunião ministerial em Brasília.

O jornal O Globo contou, como parte do jornalismo investigativo, 42 palavrões cabeludos e de grosso calibre durante a reunião do presidente da República no Palácio do Planalto e na Esplanada dos Monastérios. O Capitão disse que alguns prefeitos filhos de *** asteriscos estão implantado uma ditadura no Brazil. Prefeitos e governadores estrumes querem ver a hemorroida do governo.

As mulheres do grelo duro e os marmanjos do sexo flex da seita vermelha e derivados ficaram horrorizados com os *** asteriscos. Audácia do bofe, disseram.  Só não ficavam horrorizados com as peças financiadas pela Lei Roaunet em que os andróginos chamavam, sem asteriscos, Jesus Cristo de gay. Diziam que era apenas liberdade de expressão.

Seria ótimo se o jornalismo investigativo de O Globo pesquisasse os decretos de dispensa de licitação, os superfaturamentos e a farra de centenas de milhões de reais dos cofres públicos em nome da pandemia. Que tal investigar a pandemia de corrupção nas prefeituras e governos de Estado de todo o País?! 

Falar asteriscos e palavrões é o de menos. Sempre com palavras amáveis, os goelas estão esfolando o coração do Brazil, para não usar outra palavra do vocabulário presidencial.  

Exemplo: o prefeito de uma cidade lendária editou um decreto para contratações sem licitação de bens e serviços contendo R$ 650 milhões de palavrões e asteriscos socialistas. Somente em referência a respiradores veterinários, havia R$ 11,5 milhões de asteriscos cabeludos. E mais, lançou o IPTU do futuro com 2021 palavrões.

A Polícia Federal deu um baculejo na prefeitura da cidade lendária para saber dos contratos sem licitação de centos milhões de reais. Bonito pra você, prefeito!

Quando eu encontrar com tal prefeito numa esquina da vida ou nas montanhas da Jaqueira eu direi a ele: “Seu Julho, com todo respeito, você é um síndico, aliás, você é um cínico, aliás, você é um asterisco”. 

O maior palavrão do ano foi dito pelo bode rouco corrupto, semianalfabeto e demagogo ao celebrar a criação do maldito vírus comunista chinês. O bode rouco é um #]***¨¨’(_¨:;; Entendeu?!

Sabemos que o objetivo da Tv Globo é *** a vida do Capitão do governo. O padrão de qualidade global é baseado nas surubas das novelas e do Big Brother, teleaulas sobre trairagem, roubalheira, bandidagem, mudanças de sexo, pilantragem, fuleragens em geral. Atores, atrizes, apresentadores e estrelas globais são criaturas virtuosas que usam cintos de castidade e jamais pronunciam asteriscos.

*Jornalista

Publicado em: 25/05/2020