O AI-19 lacrou. É a ditadura horizontal

Por José Adalbertovsky Ribeiro*

MONTANHAS DA JAQUEIRA – Ditadura de esquerda, ditadura de direita, que bicho é este? A bordo do maledeto vírus chinês, a nova onda é a ditadura horizontal, o AI-19.

“Nada do que foi será/ de novo do jeito que já foi um dia/ tudo passa, tudo sempre passará”, decretou o filósofo Lulu Santos.

Ditaduras do passado? Atos Institucionais?! Tanques de guerra. Isto são vírus do passado. AI-5 é tipo um Covid-Zero. Caducou, como uma onda no mar.

No momento em que o mundo civilizado adota precauções científicas para retomar, gradualmente, as atividades econômicas, o Brazil segue na linha do mais fácil, lacrar o máximo possível e aprofundar a recessão.

Por decisão do STF os governadores e prefeitos mandam mais que o presidente da República. Quem é funcionário público e tem emprego garantido, aproveita o descanso prolongado, e o mais, comércio, serviços, que se exploda.

A novidade é editar o AI-19, por conta do estado de emergência, pra torrar dinheiro em contratos sem licitação, espionar a vida dos cidadãos e manter a ditadura do confinamento horizontal.

À moda das tropas nazistas e da KGB, a polícia prendeu, humilhou e algemou um cidadão pelo “crime” de estar sentado, sozinho e desarmado, num banco no calçadão da Av. Boa Viagem. Dizei, governador truculento Paulo Câmara: o nome disto é o que? Democracia?! Estado de Direito?! Se for corrupto, bandido ou ladrão, não poderá ser preso e nem em terceira instância.

Dirão que não foi preso, foi apenas detido. Algemado,  humilhado, agredido e conduzido até a delegacia debaixo de tapas e beijos, pero sem perder la ternura jamais.Cinismo.  

Que tal editar o AI-19 numa ilha turística de 3.500 habitantes?! Os ilhéus estão sendo obrigados a preencher um requerimento, à moda da ditadura cubana, ao sair de casa para fazer compras na padaria ou na farmácia. Se deixar de preencher o formulário será preso e humilhado em primeiríssima instância. Faz lembrar o Grande Irmão-Big Brother de George Orwell no livro “1984”. “O Grande Irmão está te observando”, dizia o ditador. O livro foi inspirado na figura sinistra do ditador soviético Joseph Stalin.     

Há muito tempo Pernambuco vivencia uma pandemia de tiros, facadas, acidentes de carros e de motos, diabetes. Não de agora, há muito tempo foi decretado, com trânsito em julgado, o colapso do Hospital da Restauração, do Hospital Oswaldo Cruz, das unidades de saúde no geral que atendem pelo SUS. 

Sempre haverá em Pernambuco, numa população de 10 milhões de habitantes, 200 ou 300 casos de doenças respiratórias. E sempre haverá uma centena de mortes por doenças no pulmão, tuberculose ou infecções do gênero. A depender destas estatísticas, nunca mais o comercio regular de Pernambuco será reaberto.

A China Continental que exportou o vírus também construiu a Grande Muralha, uma das sete maravilhas do mundo, bem lembrado pelo nosso amigo, o querido deputado Inocêncio Oliveira. Digo eu, precisamos construir muralhas bioquímicas contra o novo coronavírus e também contra o novo arbítrio da ditadura horizontal.

*Jornalista

Publicado em: 20/04/2020