Tião do Gesso dá sua versão sobre operação do MPT

O empresário Tião do Gesso, cujas empresas foram fiscalizadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego, na última quarta-feira, e pelo Ministério da Defesa, ontem, afirma que nenhuma de suas empresas foi fechada ou multada por irregularidade. As operações, segundo ele, são rotineiras, chegando a três por ano e não ocorrem mediante denúncias e sim para acompanhamento das atividades do setor e prevenção.

“Os autos lavrados na fiscalização estão disponíveis à imprensa e ao público em geral. Eles atestam a legalidade e regularidade das operações. Os documentos exigidos pelo exército com abertura de prazo para apresentação estão todos em dia e encontram-se na sede da empresa”, diz o empresário.

Por fim, o empresário Tião do Gesso esclarece que suas empresas continuam funcionado, gerando emprego e renda. “Para tristeza de quem torce contra o progresso e, sobretudo contra aqueles que saíram do andar de baixo para ocupar lugar ao sol no ramo empresarial, envio breve filme de máquinas operando para extrair o “Ouro Branco do Araripe”. Esta é a nossa rotina. Trabalhar duro, gerar empregos e desenvolver nossa terra. Fazer de Araripina um lugar mais feliz e próspero é a nossa missão e dela não arredaremos jamais”, concluiu.

Publicado em: 06/12/2019