Chesf é pioneira em novo módulo do SAP

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) iniciou, hoje, a utilização do módulo WCM do sistema ProERP SAP, para a gestão ativos de Operação de Manutenção. Esta é a primeira vez que o SAP terá essa propriedade no Setor Elétrico.

O evento de Go Live dessa etapa do projeto de implantação do WCM na Chesf foi realizado hoje, no Complexo Sede da Chesf, com a presença de toda diretoria e com os líderes do processo.

Entre os principais benefícios da implantação do WCM estão integração com agentes externos de controle, confiabilidade nas informações, maior segurança para processos, pessoas e equipamentos, eficácia nos serviços e maior transparência nos dados empresariais.

Segundo o coordenador da Implantação do SAP na Chesf, Sandro Maurício, foram feitos estudos de impactos no sentido de mitigar os riscos da vanguarda do uso novo sistema. A implantação do SAP na Chesf iniciou em janeiro, com os macroprocessos Finanças e Suprimento; em abril, entrou Recursos Humanos e, hoje, Gestão de Ativos, com os módulos PM (gerenciamento da Manutenção) e WCM (gerenciamento da Operação).

"O maior ganho do processo foi que a empresa trabalhou junta, ganhou em engajamento, passou a romper as caixinhas", disse Sandro Maurício destacando a unidade das equipes de diferentes diretorias.

O diretor de Operação, João Henrique Franklin, destacou que a empresa está dando esse grande passo com segurança. Ele afirmou que todas as premissas foram cumpridas e que o Go Live de hoje é o início de um processo longo e importante para a modernização da Chesf. "Foi uma estratégia de sucesso, com o compromisso de todos, mais de duas mil pessoas treinadas, e a certeza de que essa ferramenta vai propiciar ganhos", disse.

O diretor de Gestão, Adriano Soares, responsável pela implantação do SAP na Chesf, destacou o pioneirismo da Chesf, os ganhos da Empresa em ter, agora, sistemas de gestão de ponta para permitir melhor tomada de decisões. Soares ressaltou que o projeto SAP revelou grandes talentos da Chesf e reafirmou a qualidade do corpo técnico da Companhia.

"Teremos uma sala de situação com informações unificadas, com todos os dados, inclusive operacionais. Estamos numa Chesf vivendo grandes transformações, tornando-se mais competitiva", destacou.

O presidente da Chesf, Fábio Alves, afirmou que a Companhia sempre foi ousada e seus empregados atendem prontamente para tornar problemas em soluções. "Somos uma empresa que se assemelha a uma nação. Somos brasileiros e somos chesfianos", afirmou.

Publicado em: 02/12/2019