População protesta na frente da Câmara de Jaboatão

Vereadores, lideranças políticas e moradores de Jaboatão dos Guararapes fizeram um protesto, hoje, em frente à Câmara de Vereadores do município. O objetivo do ato foi pressionar o presidente do Legislativo municipal, vereador Adeildo da Igreja, para que cumpra a determinação judicial e instale a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar o prefeito Anderson Ferreira, em relação às denúncias de superfaturamento no Contrato de Locação de Imóvel do Complexo Administrativo, onde funcionam diversas Secretarias municipais.

A juíza Valéria Maria de Lima Melo, em exercício cumulativo na 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Jaboatão dos Guararapes, negou, mais uma vez, um pedido da Câmara que tentou impedir o início dos trabalhos da CPI. A decisão foi publicada no Diário Oficial do último dia 27 de novembro.

Anteriormente, no dia 07 de novembro, o desembargador Jorge Américo Pereira de Lira já tinha negado o pedido de Tutela Antecipada, impetrado pela Câmara, que pedia a suspensão da abertura da CPI.  

Publicado em: 02/12/2019