Coluna desta sexta na Folha

Antônio volta a ser adversário mais forte

Aliados do prefeito de Olinda, Professor Lupércio (SD), não levaram a sério a pesquisa do Instituto Opinião, apontando o advogado Antônio Campos, ainda sem filiação partidária, em segundo lugar, com 14%, enquanto o gestor lidera com 39%. Torcem o nariz em razão da fraca votação de Campos para deputado federal.

Candidato derrotado por Lupércio no segundo turno da eleição de 2016, Campos alega que não fez campanha para federal. Uma coisa, entretanto, não tem nada a ver com a outra. Na verdade, não se pode fazer comparações entre uma eleição proporcional com um pleito majoritário. São distintos.

Campos se situa entre os adversários mais competitivos para enfrentar o prefeito, porque seu nome ainda está vivo na memória do eleitor olindense da eleição passada, na qual disputou segundo turno e perdeu por vários fatores, entre os quais o de não ter atraído o conjunto da oposição para o seu palanque.

Nem aí – Enquanto Porto de Galinhas e o litoral de Ipojuca são agredidos pelo derrame de óleo cru, a deputada Simone Santana (PSDB) viaja pela Espanha, autorizada, oficialmente, pelo presidente da Assembleia, Eriberto Medeiros (PP). Se a população reagir na mesma proporção em relação à prefeita Célia Sales, vaiada na praia, a tucana que se cuide.

Chefe do Incra – O presidente Bolsonaro já carimbou o passaporte do novo presidente do Incra. É o economista Geraldo Melo Filho, filho do ex-governador do Rio Grande do Norte, Geraldo Melo, pós-graduado na Universidade de Brasília. Criador de gado zebu, estava batendo ponto no gabinete do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, por quem foi apadrinhado.

Saia justa – Na ânsia de agradar a gregos e troianos, o vereador Hélio Guabiraba (sem partido) entregou, ontem, na Câmara do Recife, o prêmio Liberato Costa Júnior a uma penca de ex-politicos, mas acabou esquecendo de homenagear muita gente importante. Foi tão criticado que acabou pagando o maior mico da Casa nos últimos anos.

O regresso – Ex-vereador do Recife, com passagem por ministérios em Brasília e atuação na área nuclear no Rio Grande do Sul, o engenheiro Roberto Andrade voltou a ocupar função pública na corte. Assessora o pernambucano Everardo Gueiros numa secretaria do GDF.

Brigona – A ex-líder do Governo no Congresso, Joice Hasselmann, é boa de briga. Engajou-se na batalha do presidente do PSL, Luciano Bivar, para expulsar do partido o deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente. O protocolo foi feito no Tribunal Superior Eleitoral.

RIFADO – Se a cacicada do PSB já não via com bons olhos a inserção do deputado João Paulo (PCdoB) na política de Olinda, para concorrer à sucessão do prefeito Lupércio, depois da pesquisa do Opinião, em que aparece com míseros 5%, foi aconselhado a tirar o cavalinho da chuva.

Perguntar não ofende: Quando o Governo vai ter a certeza de que o petróleo vazado é venezuelano?

Publicado em: 25/10/2019