Eduardo compara Joice com nota de R$ 3

Após um dia de racha dentro do PSL, os ataques entre membros do partido continuaram, hoje, pelas redes sociais. O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) atacou a colega de legenda e ex-líder da sigla no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP) pelas redes sociais. Usando uma foto com o rosto da parlamentar em uma nota de R$ 3, o filho do presidente Jair Bolsonaro disse que Joice trabalha contra "o cara que a elegeu".

"Se acha a dona de tudo, 'porque EU aprovei', 'porque EU isso', 'EU aquilo', 'EU sou mais filha do que os filhos do presidente', 'EU sou a Bolsonaro de saias', mas correu a noite coletando assinaturas para termos Delegado Waldir de líder, pessoa que irritada com o Presidente orientou obstrução à MP 886, botando em risco uma pauta nacional devido a um problema pessoal", escreveu Eduardo em seu perfil no Instagram e no Facebook.

"Ou seja, final das contas estão todos trabalhando contra o cara que os elegeu, mas pela frente dizem que estão com Bolsonaro e postam fotos com ele - se não precisavam de Bolsonaro por que se filiaram ao partido dele na eleição?", afirmou.

Com essas investidas, a parlamentar recebeu a imagem da nota de R$ 3 com seu rosto e, antes da publicação de Eduardo, compartilhou a montagem para rebater as críticas. No post, Joice diz não temer a "milícia digital".

"Olha só mais um 'presentinho' da milícia digital para mim. Anota aí: NÃO TENHO MEDO DA MILÍCIA, NEM DE ROBÔS!", concluiu.

Publicado em: 18/10/2019