O blog errou

Nunca deixei de reconhecer um erro na minha trajetória, o que faço rotineiramente. Hoje, postei que o líder do Cidadania, Daniel Coelho, votou contra o fundo eleitoral numa postura surpreendente e incoerente pelo fato de já ter sido beneficiário do mesmo fundo na eleição passada quando recebeu quase R$ 1,5 milhão de ajuda partidária na campanha. 

Na verdade, Daniel não votou contra o fundo eleitoral. Votou a favor do texto aprovado no Senado excluindo brechas para subterfúgios, como, por exemplo, a volta da prática do caixa dois e a possibilidade de pagar advogados com recursos do mesmo fundo.

O texto discutido pela Câmara ontem incluía essas malandragens e os deputados só votaram as emendas do seu interesse para alterar o texto do Senado. A votação do fundo e seu aumento de R$ 1,7 para R$ 2,7 bilhões ainda vai à votação. 

Minhas desculpas ao deputado.

Publicado em: 19/09/2019