Yeda aplaude fim dos impostores

Por Yeda Crusius*

Ao cassar o mandato de seis vereadores de Valença do Piauí, eleitos em coligações que contavam com candidatas mulheres laranjas, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Judiciário, mais uma vez, dá um passo importante para garantir o cumprimento da legislação eleitoral, que o PSDB-Mulher tanto preza e faz evoluir pelo trabalho de suas bancadas.

Até agora, nenhuma punição efetiva havia sido aplicada contra os partidos que tentam burlar a cota de 30% destinada a candidaturas femininas em eleições proporcionais.

Essa decisão pioneira feita pelo TSE deverá ser aplicada a outros casos semelhantes, reforçando em defesa do crescimento da participação feminina nos Legislativos e aumentando nossa responsabilidade de identificar novas lideranças femininas dispostas a ingressar na política feita com Ética e respeito às leis.

Temos de ficar atentas a qualquer tentativa de se penalizar essas mulheres, comprometidas com a mudança do país, com propostas em favor do fim da cota feminina de 30%, como vem se tentando desde que o TSE decidiu destinar 30% dos recursos do Fundo Eleitoral para as candidaturas femininas.

Mais do que nunca nossa união é fundamental. Foi ela que garantiu todos os nossos avanços na conquista do espaço que merecemos, seja na política, no mercado de trabalho ou onde quer que a gente queira.

*Presidente Nacional do PSDB-Mulher

Publicado em: 18/09/2019