Casa de ninguém

caminhoneiro Wanderlei Alves (foto), conhecido como Dedeco, trocou socos com o sindicalista Carlos Alberto Litti Dahme dentro do Ministério da Infraestrutura.

Segundo Dedeco, ele foi buscar um convite para participar da entrega da medalha de Mauá, quando Litti o agrediu enquanto entrava no elevador.

Dedeco diz que o sindicalista tentou dar um soco nele, mas não conseguiu.

“E aí, quando vi, ele estava com o corpo metade dentro do elevador metade para fora, eu em cima dele, e as pessoas me segurando”, conta. (Painel)

Publicado em: 18/08/2019