Coluna desta sexta na Folha

Sem sair das páginas policiais

Camaragibe amanheceu, ontem, sem prefeito. Eleito sob os ventos da mudança, o trabalhista Demóstenes Meira sucedeu ao tucano Jorge Alexandre, que também havia se complicado num processo da Polícia Federal sobre fraudes em licitações para compra de medicamentos. Cidade sem sorte.

Em dois anos e meio, Meira não disse a que veio em Camaragibe. Além da prisão, havia antes se envolvido numa trapalhada com uma cantora brega, secretária de sua gestão, com quem se envolveu afetivamente. Empossada, ontem mesmo, interinamente, a vice-prefeita Nadegi Queiroz (DC) sentou na cadeira de prefeita com uma lupa graduada para tentar enxergar o tamanho do buraco deixado por Meira.

O afastamento do prefeito não é definitivo, porque cabe recurso, mas é bom Nadegi se preparar para descascar um grande abacaxi. E cuidar, urgentemente, de instalar uma auditoria para medir o tamanho do buraco.

Secretários escaparam – Nenhum dos secretários responsáveis pelas licitações fraudulentas em Camaragibe foi preso na operação Harpalo II deflagrada, ontem, no município, culminando com a prisão do prefeito Demóstenes Meira (PTB). Junto com o trabalhista, passaram a ver o sol nascer quadrado dois casais de empresários. A Polícia Civil chegou na casa deles, surpreendentemente, bem cedinho.

Xingamento – Nervosa na condução do depoimento do ministro da Justiça, na última quarta-feira, a presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Simone Tebet (MDB-MS), chamou Sérgio Moro por duas vezes de senador. Percebendo o ato falho, pediu desculpas, mas ficou mal na foto. Dizem que Moro achou que estava sendo xingado.

Politicagem – Em Arcoverde, a oposição, liderada pelo ex-deputado Zeca Cavalcanti (PTB), festejou, ontem, a decisão do Tribunal de Contas do Estado pela rejeição das contas da prefeita Madalena Brito (MDB) referentes ao exercício de 2015. O parecer foi o conselheiro Carlos Porto, endossado pelos conselheiros Dirceu Rodolfo e João Carneiro Campos.

Fora da lei – O presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, Fausto Pinato (PP-SP), é um tremendo cara de pau. Desrespeita a Alei Antifumo e as regras do Congresso. Na última quarta-feira foi visto com cigarro aceso em sua sala no Colegiado.

Haja dinheiro – Toda semana o líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB), leva um ministro a Petrolina para despejar dinheiro na gestão do filho, o jovem Miguel Coelho, ainda sem partido. Nunca dantes na história deste Estado se viu algo igual, como diria Lula da Silva.

MEDALHA – O advogado Walber Agra, que comenta todos os dias no Frente a Frente, programa que ancoro pela Rede Nordeste, tendo a Rádio Folha como cabeça de rede, foi escolhido entre os homenageados com a medalha Mérito Acadêmico da Escola Judiciária de Pernambuco.

Perguntar não ofende: Quanto tempo Nadegi ficará no poder em Camaragibe?

Publicado em: 20/06/2019