Coluna desta quarta na Folha

FBC pode substituir Lorenzoni

Bastou ser reconhecido como peça fundamental nas duas últimas vitórias do Governo no Senado para o líder governista na Casa, Fernando Bezerra Coelho (MDB), passar a ser visto como o sucessor do ministro Onyx Lorenzoni, na Casa Civil. Articulado e com bom trânsito em todos os partidos no Congresso, inclusive de oposições, FBC, como é mais conhecido, seria o nome talhado para oxigenar a relação do Governo com a Câmara e o Senado.

Experiente, ex-ministro da Integração Nacional, o senador pernambucano ganhou a confiança de Bolsonaro quando fez o Senado votar o mesmo texto da MP da reforma administrativa aprovada na Câmara, na semana passada.

E, na última segunda-feira, dia em que as sessões não são realizadas por falta de quórum, colocou mais de 70 senadores em plenário para votar a MP do pente fino no INSS. FBC é cobra criada e Onyx não articula nada com o Congresso, acumulando grande desgaste.

Prêmio falacioso – O suposto prêmio da ONU recebido pelo prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira (PR), não é obra dele próprio nem é como ele difunde pelas redes sociais. Na verdade, trata-se do programa de coleta de resíduos sólidos, iniciado, faça-se justiça, ainda na gestão do ex-prefeito Elias Gome, em 2009, quando o PV estava à frente da Secretaria de Meio Ambiente.

Pernas para o ar – Depois de ternurar o deputado Túlio Gadelha, estendendo o tapete para ele migrar do PDT para o MDB, o deputado e presidente estadual do MDB, Raul Henry, deu um pulo ali na Alemanha, porque, afinal, ninguém é de ferro. Nas hostes emedebista, entretanto, o flerte com o namorado de Fátima Bernardes provocou ruídos extravagantes.

Rei do outdoor – De tanto espalhar outdoors por Olinda, o presidente da Câmara, Jorge Federal, pré-candidato do PR a prefeito da Marim dos Caetés, acabou tendo um vídeo viralizado nas redes sociais com a seguinte chacota: “Quero propor nesta Casa um projeto de lei meu outdoor, minha vida”. Não há uma via de movimento que não tenha propaganda ele.

Duplicação – Pleito antigo do Agreste Meridional, a duplicação da BR-423, que liga São Caetano a Garanhuns, volta à ordem dia em audiência convocada pelo deputado Sivaldo Albino (PSB). Está marcada para o próximo dia 17, às 10 horas, no auditório Sérgio Guerra, na Alepe.

Nadando em dinheiro – A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, não tem razão de berrar por falta de apoio do Estado. O São João deste e do próximo ano já estão patrocinados. Só a cervejaria Schin comprou uma cota de R$ 10 milhões, isso sem falar na Cielo, no Bradesco, na Jeep e na Coqueiro.

JOÃO CAMPOS – Sobre o comentário de ontem desta coluna, o prefeito Geraldo Júlio diz que o candidato do PSB à sua sucessão é o deputado João Campos. “Não há outro nome em discussão”, enfatiza ao negar a alterativa Alexandre Rebelo, secretário estadual de Planejamento.

Perguntar não ofende: Quando o prefeito de Jaboatão vai inventar outro prêmio?

Publicado em: 04/06/2019