Coluna desta sexta na Folha

Impasse no aeroporto de Serra

O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), reagiu estarrecido à notícia espalhada nas redes sociais pelo deputado Sebastião Oliveira (PR), de que o aeroporto já estaria pronto para operações de pouso e decolagem pela companhia Azul. Sebá, como é mais conhecido, informou que esteve em Brasília com o titular da Secretaria de Aviação Civil, Eduardo Bernardi, que teria autorizado a homologação da Estação Meteorológica de Superfície Automática – EMSA.

Mas, segundo Duque, não é apenas a estação que está em atraso. Muitas obras de segurança exigidas pela Anac, como a construção do muro para impedir a circulação de animais em torno do aeroporto e a pista auxiliar de suporte, precisam primeiro serem autorizadas pela própria Anac e licitadas.

O ex-ministro dos Transportes, Valter Cassimiro, chegou a instalar em 2018 uma placa tratando da implantação da cerca patrimonial, com a promessa de inauguração em março deste ano, mas o tempo passou e nada saiu do papel.

Cabra da peste – Um dia após conduzir no Senado a vitória do Governo ante a MP da reforma administrativa, o líder na Casa, Fernando Bezerra Coelho (MDB), postou nas redes sociais, ontem, um texto eufórico de agradecimento a Bolsonaro. “Na seriedade do trabalho ou na intimidade do dia a dia sou mesmo um “cabra da peste”, presidente Bolsonaro”, escreveu.

Farra de diárias – Em Correntes, no Agreste, o prefeito Edmilson da Bahia (PSB) promove uma verdadeira farra de pagamento indevido de diárias. Documento em poder da coluna mostra que R$ 11 mil foram liberados durante três meses para a conselheira tutelar Leurene Bezerra dos Santos. O escândalo, felizmente, já foi denunciado à promotora de Justiça do município.

Ficou mudo – Embora sejam administradas pela Compesa, as barragens em risco no Estado não podem mais receber manifestações do presidente da estatal, Roberto Tavares. Ele foi obrigado a transferiu o abacaxi para a secretária de Infraestrutura, Fernanda Batista, a única autorizada a falar com os deputados que percorrem o Estado para inspecionar os reservatórios.

Túlio no MDB – Visto pela oposição como um nome para disputar a sucessão de Geraldo Júlio, o deputado Raul Henry abriu negociações com o deputado Túlio Gadelha para ele se transferir do PDT para o MDB e neste partido disputar a Prefeitura. Ninguém entende a postura traíra de Henry. Não fosse máquina do Estado moendo em seu favor não teria sido reeleito.

Papelão – A prefeita de Gameleira, Verônica Souza (PSB), prometeu aos servidores concursados que o TCE mandou anular a contratação lutar por todos, mas foi pilhada nas redes sociais numa fala com um secretário orientando-o a preservar apenas os seus fiéis eleitores.

LIMOEIRO – Tradicional festejo junino do Estado, Limoeiro anuncia grandes atrações para a grade deste ano. A programação será oficializada, amanhã, no Sal e Brasa da Avenida Recife. O prefeito Joãozinho (PSB) tem a confirmação da presença dos artistas Josildo Sá, Cristina Amaral, André Rio, Pegada do GB e Ribeiro Filho. Vai rolar muito forró das antigas.

Perguntar não ofende: Jarbas avaliza a decisão de Henry de filiar Tulio Gadelha ao MDB?

Publicado em: 30/05/2019