Senador: "Se MP 870 voltar para a Câmara cai"

O líder do MDB no Senado, Eduardo Braga, fez um aviso para os senadores que tentarão modificar o texto da reforma administrativa aprovado na Câmara: “Se voltar para a Câmara, cai”, disse o emedebista para o Estadão. A sigla, maior bancada do Senado, promete votar pela manutenção do texto na próxima terça-feira, ou seja, com o Coaf fora das mãos de Sergio Moro

Já o presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira, 24, que deve sancionar a franquia mínima de bagagem, regra incluída na MP aprovada nesta semana no Congresso que permite capital estrangeiro em empresas aéreas brasileiras.

“Afinal de contas, com aquela isenção da franquia da bagagem, meu coração manda sancionar, porque quando começou cobrar a bagagem, as passagens não caíram, pô! Não adiantou nada, está certo?”, disse ele, em entrevista no Recife, segundo o Estadão. A medida vai contra recomendação da equipe econômica, pautada por políticas liberais.  (Estadão)

Publicado em: 25/05/2019