Bolsonaro e governadores se reĂșnem no Conselho da Sudene

Blog da Folha

Após a visita ao acervo do Instituto Ricardo Brennand (IRB), na Várzea, na manhã de hoje, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) já participa de reunião do Conselho Deliberativo da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste - Sudene (Condel), realizada no próprio IRB, na Zona Oeste do Recife.

Estão presentes o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), os ministros Osmar Terra (Cidadania), general Santos Cruz (Secretaria da Presidência), General Heleno (GSI), além dos governadores Rui Costa, Flávio Dino, Romeo Zema, Camilo Santana, João Azevedo, Wellington Dias, Fátima Bezerra, Renan Filho e Belivaldo Chagas. O governador Renato Casagrande (ES) não foi citado na apresentação.

Antes de apresentar o Plano de Desenvolvimento do Nordeste, o presidente fez questão de vincular o sucesso dessa medida à proposta de reforma da Previdência que tramita no Congresso. "Sem a reforma da Previdência não podemos sonhar nem botar em prática parte do que estamos propondo nesse momento", afirmou. Antes da reunião, Renan Filho (MDB) havia criticado justamente a prioridade desta pauta em detrimento de outras agendas para o país.

O prefeito Geraldo Julio fez uma fala em nome dos gestores municipais do país, pedindo uma revisão do Pacto Federativo. "As prefeituras também vivem essa crise e também a dificuldade de receita e têm pressões e necessidade de apresentação de mais serviços. Um exemplo disso é que aqui no Recife a gente recebeu das escolas particulares mais de 12 mil alunos que vieram para a escola pública. É mais professor, mais sala de aula, mais fardamento e mais merenda. A mesma coisa com o SUS. Aqui no Recife, pouco mais de 110 mil pessoas saíram dos planos de saúde paro Sistema Único de Saúde", relatou. "O Brasil precisa muito de uma revisão do Pacto Ferativo", defendeu Geraldo Julio.

Publicado em: 24/05/2019