Focada em inteligência, PF finaliza substituições

Hoje, assume em Pernambuco Carlos Henrique de Souza

Coluna do Estadão – Alberto Bombig

O diretor-geral da Polícia FederalMaurício Valeixo, conclui até o início de junho as substituições nas superintendências da corporação. Com as trocas, consolida uma gestão de perfil focado em inteligência. O escolhido para o Ceará, Dennis Cali, coordenou a Operação Hashtag, de combate ao terrorismo na Olimpíada. Hoje, assume em Pernambuco Carlos Henrique de Souza, o número 2 no Rio (também atuou nos Jogos).

No Pará, Valeixo promoveu Wellington Santiago, que participou do inquérito envolvendo os irmãos Wesley e Joesley Batista. A delegada Mariana Paranhos Calderon será designada para o Piauí. Haverá substituições ainda em Santa Catarina e Goiás.

Será publicada hoje no Diário Oficial da União a convocação dos 1.037 excedentes do último concurso da Polícia Federal. Foi um dos compromissos de Sérgio Moro para os primeiros cem dias de governo Jair Bolsonaro.

Publicado em: 24/05/2019