Alepe lança projeto para jovens que aguardam adoção

Numa iniciativa inédita no país, a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) lançou, ontem, o projeto “Alepe Acolhe” que visa promover a inclusão social e formação profissional de jovens em situação de extrema vulnerabilidade que estejam aptos à adoção. O programa será realizado em parceria com a 2ª Vara da Infância do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).

Idealizador do projeto e 1º secretário da Alepe, o deputado Clodoaldo Magalhães (PSB) destacou que a ideia é “reverberar a cultura da adoção com o apoio do Judiciário e de todas as entidades que buscam sensibilizar a sociedade para o amor envolvido nesse processo”.

Durante a solenidade de lançamento do “Alepe Acolhe”, o presidente da Assembleia, Eriberto Medeiros (PP), aproveitou a presença do vice-presidente da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais), Ricardo Barbosa, e sugeriu que a experiência de Pernambuco seja replicada nas demais assembleias do país.

Barbosa, que também preside a Assembleia Legislativa da Paraíba, elogiou a iniciativa e se comprometeu em estendê-la aos outros legislativos. “A Unale fez questão de se fazer presente no lançamento desse primoroso programa que, tenho certeza, se espalhará em outras casas legislativas do Brasil. Já providenciei para que comece pelo legislativo do meu estado”, concluiu.

Publicado em: 23/05/2019